sergiotoledo

sergiotoledo

2 de agosto de 2017

CrossFit

 

Brasileiros e brasileiras gostam de novidade e de nomes em inglês. Estrangeirismos. Anglicismos. Crossfit além de anglicismo é uma novidade em atividade física.

Cross = cruzar. Fit = em forma. O crossfit tem ainda o workout of the day = o treino do dia. Haja novidade e mistura na escrita e pronúncia!

Então a atração é fatal. Se a atração for bem dosada e traga ao “freguês” e a “freguesa” uma qualidade de vida sem lesões será muito bem vinda. Entendo que fazer atividade física por toda a vida seja muito importante. E fazer atividade física que seja prazerosa.

Mais o que vem a ser CrossFit? É um programa de treinamento. Trabalha força e condicionamento. Procura englobar todos os movimentos corporais exercidos nas mais diversas atividades esportivas.

Muito bom.

Vi outro dia numa rede de TV aberta uma reportagem sobre a atividade citada. Fiquei preocupado quando uma jovem que vai defender o País no exterior, no alto dos seus 15 (quinze anos) fazia exercícios que só de vê na TV, fiquei cansado e com o corpo todo dolorido.

Veio à mente os ensinamentos que recebi do meu amigo e Professor João Gilberto Carazzato do Hospital das Clinicas de São Paulo e pioneiro na área da medicina esportiva no País. Atividade física em academia só após os 16 (dezesseis) anos. Meninos e meninas necessitam que seus ossos, suas articulações, seus músculos e tendões estejam “maduros” para então serem exigidos.

Outro detalhe é que os defensores do referido “cruzar em forma” falam que é direcionado para todas as pessoas: atletas profissionais, amadores, mulheres, crianças, gestantes, jovens, velhos e mesmo pessoas com necessidades especiais. É uma panaceia!

Então seres humanos todo cuidado quando se envolverem com a atividade física em tela. Antes procurem um médico especialista em cardiologia, ortopedia, medicina esportiva, etc. para receber as orientações necessárias para o seu caso.

25 de julho de 2017

Cirurgia bariátrica.

Assim chamada a cirurgia que reduz o tamanho do estômago. Não sou especialista na área. Farei colocações pertinentes no que diz respeito a uma notícia que li sobre a “reengorda”. Um competente cirurgião da nossa capital que realiza a cirurgia bariátrica faria reunião sobre o fato de que pacientes operados para redução do estômago estão […]

17 de julho de 2017

Pessoa bipolar.

Depressão maníaca. Transtorno afetivo bipolar. Alternam períodos de bom humor e de irritação com depressão. Causa desconhecida, porém pode ser genética, familiar e ter ligação com desequilíbrio hormonal. Fatores de risco: histórico familiar, estresse, uso de drogas e mudança de vida. Sintomas: distrair-se facilmente, discernimento diminuído, pouco controle de temperamento, gastos excessivos, hiperatividade e autoestima […]

Quem inspira você?

Vamos deixar de lados os familiares. Cursei o terceiro ano de colégio no Marista de Recife localizado na Avenida Conde da Boa Vista. Em frente fiz o cursinho preparatório para o vestibular. Chamava-se Pernambucano e tinha um professor de biologia bastante admirado e querido. Professor Divaldo Neves Azevedo. Alagoano por sinal. Sendo aprovado no vestibular, […]

7 de junho de 2017

O avanço da tecnologia na área médica.

Como já citei a medicina é uma ciência inexata e viva. O que representa dizer que uma afirmação de hoje pode não ser a verdade de amanhã. Explicando: ciência viva e inexata pode ser modificada, aprimorada ou mesmo mudada. Claro sem prejuízo, pois as tecnologias irão avançando e fazendo aprimoramentos e melhoramentos para os usuários. […]

6 de junho de 2017

Os caminhos para o fracasso.

Do livro Porque fazemos o que fazemos de Mário Sérgio Cortella, citando Beda “O Venerável”: “Há três caminhos para o fracasso: não ensinar o que se sabe; não praticar o que se ensina; não perguntar o que se ignora”. Simples assim! Porém na prática as coisas mudam. Ou na prática a teoria é outra. Não […]