Ailton Villanova

13 de janeiro de 2018

Um freguês complicado!

      Se você acha que vida de dono de bar é uma maravilha, está redondamente enganado. Eita vida danada de difícil! Começa com a infelicidade de ter que suportar abuso de bêbado. Essa classe, o leitor sabe, é difícil de ser entendida e mais ainda, de ser tolerada. “Bêbado é armada do cão!”,  já disse […]

12 de janeiro de 2018

COBRA FORA DO PROGRAMA

      Bom caráter, amigo leal, Romildo Freitas Araújo é um tira competente, integrado à área de inteligência da Polícia Civil. Conforme exige essa sua especialidade, Romildo é um cara discreto. Entretanto, até onde outras das suas profissões mais notórias – a de radialista e forrozeiro -, lhes permitem.        Esse meu colega até uns bons […]

11 de janeiro de 2018

O ASSASSINATO DO PAPAGAIO

      Boquinha da noite de um sábado de Verão como este, um cidadão de idade avançada e de andar vacilante, ingressou no saguão da recepção da Delegacia de Polícia de Plantão da Capital, à época funcionando na Rua do Macena, centro da cidade. Tímidamente, ele retirou o chapéu da cabeça e cumprimentou o agente que […]

10 de janeiro de 2018

ELA ACHAVA LINDO APANHAR!

Houve uma época, nas Alagoas, que a Polícia Civil era respeitadíssima, dada a correção e a seriedade que impunha ao seu efetivo mister, na defesa dos direitos individuais dos cidadãos e na fiel observância aos ditames da Lei e da Ordem. Vez ou outra, exagerava em  determinadas missões, não vou negar. Mas sem dano algum […]

6 de janeiro de 2018

O “príncipe” e o plebeu

Oitavo de 12 irmãos, o distinto Orégano Alcoforado veio de uma família modesta, porém de bem com a vida. Logo cedo ele aprendeu o ofício de lanterneiro de autos. Trabalhava durante o dia com espaço mínimo para as refeições e, à noite, estudava no supletivo, porque pretendia ser “gente muito importante na vida”. No começo, […]

5 de janeiro de 2018

O bom ladrão

     Gente boa, o apresentador e repórter de rádio, além de músico, Odivar Santos (Didi para os amigos) um dia botou na cachola a ideia de ser candidato a vereador. Infelizmente não logrou êxito nessa empreitada, mas conseguiu somar quantos são os seus verdadeiros amigos e admiradores. Fraco de grana, esse ilustre colega concebera uma […]

4 de janeiro de 2018

O abrigo era bom, mas…

Quando moço, seu Atahualpa Ribeiro foi um atleta eclético. Na Pajuçara, onde nasceu e viveu, ele reinou. Iatista, campeão de natação, jogador de volibol e basquete ele estraçalhava nas quadras. Apesar de exercitar todas essas atividades esportivas, ele ainda arrumava tempo para dar uma de cantor nas noites boêmias do histórico bairro do Jaraguá. Torcedor […]

3 de janeiro de 2018

O e-mail do Além

      Depois de vinte anos de casados e de uma vida em comum tranquila, Antônio Parsifal Belardônio e Esmeraldina Belardônio resolveram curtir uma segunda lua-de-mel, longe de sua amada Maceió.       – Que tal o Caribe, meu amor? – sugeriu a mulher – Foi lá que tivemos os nossos mais inesquecíveis momentos, assim que nos […]

1 de janeiro de 2018

Seria mesmo um matuto de sorte?

     O sertanejo José Florêncio vivia se gabando que era um sujeito de muita sorte. Em que pese analfabeto, entendia mais de matemática e aritmética do que certos engenheiros e outros profissionais da área de ciências exatas. Suas contas só somavam. Não dividiam, não multiplicavam e nem subtraíam. Quando o abordavam sobre esse particular, ele […]

30 de dezembro de 2017

O problema era o marido!

Aquele que viveu no Bom Parto dos ainda tempos áureos, entre os anos 50 e 60, principalmente os mais jovens, se lembra muito bem da singular figura do “Lindo”, cujo nome de batismo e nos assentamentos do Registro Civil é Linduarte Alcides Sobrinho. Lindo era operário da Fábrica Alexandria. Gomeirão, sorriso largo, apesar da ausência […]