Morte para quem não nasceu? - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Flávio Gomes

Do jornalista Carlos Chagas: “Decidiu o presidente Michel Temer atenuar o texto da reforma da Previdência Social que, de resto, não seria aprovado por deputados e senadores. Vão-se os anéis, ficam os dedos, pois a verdade é que apesar de teoricamente contar com ampla maioria parlamentar, a dita reforma não passaria. Equivaleria, para o atual Congresso, decretar a pena de morte para os que ainda não nasceram. Já pressionados pela sombra das condenações e da inelegibilidade decorrente dos processos de corrupção a tramitar no Supremo Tribunal Federal, Suas Excelências corriam o perigo de não se reeleger, ano que vem. O governo ganhou sensível moratória com o recuo presidencial. Temer espera ver a reforma previdenciária aprovada até julho, caso não surjam outros obstáculos. Ignora-se o potencial de desastres que os processos no Supremo causarão nas bancadas governistas, a começar pelo PMDB. Ministros e ex-ministros responderão a acusações de corrupção. Terão seus nomes expostos na mídia e talvez não consigam escapar. Em entrevista recente, Michel Temer afirmou não ter cometido erros, em seus onze meses de poder. O problema é saber quantos acertos conseguiu. Voltar atrás na reforma da Previdência Social pode ter sido um deles, mas não basta...”

Ainda manda 

O senador Renan Calheiros critica Michel Temer, mas vai emplacando nomeações no governo. A mais recente: na Secretaria dos Portos, o ex-senador Luiz Otávio Campos. Campos havia sido exonerado no início do ano por Maurício Quintella, Ministro dos Transportes, ao qual está vinculada a Secretaria dos Portos.

Proposta

“A Polícia Civil estrangulada, sobrecarregada, nos faz refletir se não seria interessante adotar outras políticas públicas”, disse o deputado Rodrigo Cunha sobre a política do governo estadual para a Segurança. Não é falta de dinheiro, explicou: “O orçamento deste ano destina R$ 1,3 bi para Segurança, mais que para Educação”.

Novela 

O prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, continua penando para concluir o pagamento da folha salarial de dezembro passado. A pendência, herdada da gestão anterior, está em vias de ser solucionada, mediante operação com a Caixa Econômica, para pagar aos ativos com salários até R$ 1.200,00. Inativos já foram contemplados.

 

Estranho 

A Câmara Municipal de Maceió pretende antecipar, para ainda este ano, a eleição para sua mesa diretora, que somente deverá ser empossada em 2019. Perguntas óbvias: Qual a justificativa? A quem interessa? O episódio, a se consumar, servirá, na verdade, para prejudicar a imagem da atual gestão. Até agora boa, por sinal.

 

Omissão

Informa o jornalista Bernardino Souto Maior, em seu blog, que o preço da gasolina baixou mais em Arapiraca, onde o produto pode ser encontrado a R$ 3,41. Em Maceió, a gasolina é encontrada ao preço mínimo de R$ 3,79, chegando a alcançar R$ 3,90. Por que as ditas autoridades responsáveis não tomam uma atitude?

 

Pioneira

A engenheira elétrica Camila Câncio, há seis anos na Braskem, unidade de Marechal Deodoro, obteve certificação da Sociedade Internacional de Automação. A instituição, sediada nos Estados Unidos, regulamenta e define as boas práticas na área de Automação Industrial. Camila é a primeira mulher brasileira a obter esse título.

Homem bomba

Site “Migalhas”, sobre eventual delação de Palocci: “Se ele confirmar o que disseram os delatores da Odebrecht, estamos diante do fim do Partido dos Trabalhadores e da iminente prisão de seus próceres. Muitos empresários, que num momento fizeram dele o queridinho do establishment, também podem por as barbas de molho.”

 

*A partir de hoje, e até o próximo dia 2 de maio, o Ministério Público do Trabalho promove, no Maceió Shopping, a exposição fotográfica “Trabalhadores”. A mostra apresentará ao público trabalhos de Geyson Magno, André Esquivel e Walter Firmo.

*A política de atendimento a adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa em Maceió será discutida em audiência pública hoje, 9 horas, na Câmara Municipal de Maceió. Haverá participação de palestrantes do Unicef, da Semas e do CMDCA.

*Alerta aos usuários dos serviços da CBTU: em função do feriado de 21 de abril, dedicado a Tiradentes, todas as operações dos trens em Maceió serão suspensas. Segundo a assessoria de comunicação, a situação volta à normalidade no sábado, dia 22.

*A Campanha de Vacinação contra a gripe (Influenza) nos postos de saúde da Prefeitura de Maceió se encerram hoje, para os profissionais de saúde. A partir da próxima 2ª feira, 24, a imunização será aberta para os demais públicos em vários pontos, além dos postos.

*Encerra-se hoje, na Casa da Cultura, em Arapiraca, a 1ª Semana da Consciência Indígena de Alagoas. Às 19 horas, com participação dos professores Cosme Rogério Ferreira e Aldemir Barros, além de Cássio Júnior Xukuru-Kariri, graduando de História da Uneal.

 

“O fantasma da paralisia da República é o que mais assusta Temer”

Ricardo Noblat

Jornalista, sobre o momento difícil vivido pelo Presidente da República

Facebook