Mais um engodo - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Roberto Baia

19/04/2017 01:15

Mais um engodo

A Prefeitura de Arapiraca, sob a batuta do prefeito Rogério Teófilo, lançou, na segunda-feira, 17, a campanha “Arapiraca Cuida de Mim”, que tem como finalidade, segundo matéria publicada no portal oficial da Prefeitura, “mudar de forma concreta o contexto social das comunidades do município, através de todos os serviços oferecidos pela prefeitura, sejam eles na Saúde, Educação, Assistência Social, Políticas para as Mulheres, ou Serviços Públicos, como Iluminação e Limpeza Urbana”.


Pé esquerdo

Ao que parece, essa campanha entrou com o pé esquerdo, já que na verdade se apresentou como uma manobra para mascarar o desastre que está sendo a atual administração, que está sendo marcada pela inércia nos serviços públicos. 

Complicado

Enfim, os quatro meses de gestão estão sendo transformadas em uma espécie de desastre diante da falta de coragem para resolver problemas como a paralisação das obras do saneamento básico, pagamento do salário de dezembro dos servidores, além de um emaranhado de situações em áreas prioritárias como saúde, educação e assistência social.


Ruas destruídas

É, até certo ponto, fácil para quem chega a Arapiraca perceber que aqui as coisas estão pra lá de complicadas. Por exemplo: quem trafega pelos bairros Alto do Cruzeiro e Caititus se depara com ruas intransitáveis e cheias de buracos, resultado da suspensão dos trabalhos do saneamento básico, que estavam sendo tocados pela Construtora Humberto Lobo. Diretores da empresa de construção civil alegou que a própria Prefeitura determinou a suspensão dos repasses dos recursos que são oriundos do Ministério das Cidades.


Não explicou

Para complicar ainda mais a situação, a Prefeitura não esclareceu a população porque tomou essa atitude que vem trazendo enormes prejuízos à comunidade. Pelo jeito, essa questão deve durar por um longo tempo já que nos bastidores da própria gestão Teófilo as informações são de que “foram detectados algumas irregularidade que precisam de explicações”. Pois é. A administração municipal precisa explicar o que realmente está acontecendo, para o “bem de todos e felicidade geral da nação”.Pode uma coisa dessas???!!!


Comércio aquecido

Com informações do jornalista Igor Castro: Tão logo terminou o período da Semana Santa, os empresários arapiraquenses estão investindo na oferta de produtos com preços abaixo do custo para aquecer as vendas.Para a empresária Vera Lúcia, que está participando do Bazar das Estrelas, que reúne outras lojas da cidade, a ideia é boa pois movimenta setores diversos, dando oportunidade de compra aos clientes.


Preços acessíveis

No evento, a empresária expôs produtos de duas lojas - uma do ramo da moda, a Vera’s Boutique; e a Coisa de Casa, de objetos se decoração. Em ambos stands, a proposta é vender mercadorias com preços muito acessíveis, alguns até abaixo do valor de compra.


Termina hoje

“Esses eventos trazem pessoas de Arapiraca e região, que vem atraídas pela novidade e expectativa de boas compras. Temos que aproveitar para fazer o estoque girar e conquistar novos consumidores”, falou Vera.O Bazar foi iniciado na terça, 18, e será encerrado nesta quarta-feira, 19, no Levinos’s Hall, das 10h às 22h. As lojas da empresária Vera Lúcia ocuparão os stands 6 e 7.


Sem papa na língua

Do blogueiro Berg Moraes: A vereadora Adelaide França mostrou que não é de levar desaforo pra casa. Recentemente, ela deu o recado a um popular que reclamou porque as sessões legislativas só acontecem uma vez por semana.


Sem papa na língua 2

“Sessão é para apresentar projetos, indicações e requerimentos. Aprovar ou desaprovar Projetos do Executivo e também emendar. O trabalho maior é junto à população no seu dia a dia, tentando atender as solicitações e reclamações, que não são poucas. Vereador no interior faz papel de assistente social. O eleitor não tem hora de bater na porta de um vereador”, desabafou Adelaide França

.... O secretário de Urbanismo de Palmeira, Marcos Parreco, criticou duramente os serviços de engenharia prestados ao município na gestão anterior e ameaçou apresentar denúncia no CREA. 


... “Que herança... consertar cagada dos outros. Sou presidente do Tribunal Estadual de Ética [do CREA]. Vou detonar”, disparou. O desabafo é referente a diversas obras do município que estão em estado precário. Recentemente, o telhado do matadouro público desabou. 


... Amplamente divulgado pela então vereadora Sheila Duarte (PT), os recursos conseguidos pelo deputado federal Paulão (PT) para a reforma do auditório da Casa Museu Graciliano Ramos parecem ter se perdido no caminho de Brasília até Alagoas. É que até agora nada foi feito no local, que está sem ser utilizado por conta da situação precária que se encontra. 

Facebook