A modernização do Estado - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Flávio Gomes

Do jornalista Gaudêncio Torquato: “Por que é tão difícil fazer reformas? Por que tanta grita ante a decisão do governo Temer de fazer as reformas necessárias à modernização do Estado? No caso do Brasil, a par de interesses contrariados de grupos que se sentem prejudicados com eventuais mudanças, a crise que solapa a imagem de políticos acaba enfraquecendo o vetor de força dos reformistas. A recessão econômica e a débâcle que deterioram as energias da Nação sugerem a necessidade de urgentes reformas nas frentes da economia, da política, do trabalho e da previdência, entre outras. A hipótese se escancara: ou o país faz reformas ou continua a aprofundar o buraco em que foi lançado. E este buraco tem a maior profundidade desde a crise mundial de 1930. A era petista, como é sabido,  está por trás do descalabro. A lógica indica, portanto, providências – reformas e programas - para viabilizar os empreendimentos, resgatar a confiança de investidores, melhorar as condições de vida do povo, racionalizar a estrutura do governo. Ocorre que os comprometidos com a velha ordem fazem tudo para manter o status quo. Por quê?  Porque querem resgatar o poder de onde foram apeados. Porque querem continuar com seus privilégios. Pior: não reconhecem que foram os responsáveis pelo desastre que abate o país.”

Novo plano

O governador Renan Filho foi citado na Operação Lava Jato como beneficiário de doação ilegal e precisa de fatos novos positivos em seu favor para preservar a imagem. Até porque pensa na reeleição. Pode até antecipar anúncio do reajuste dos servidores, algo em torno de 6%, já em abril, para vigorar em maio.

Outra meta

Outra ação em favor do funcionalismo público era uma das metas de Christian Teixeira, hoje na Saúde, quando era o titular da Seplag: até o final da gestão pagar a todos os servidores o salário dentro do mês trabalhado. Dependendo do desempenho da receita isso já poderá estar implantado no início do próximo ano.

Freio

O deputado federal Arthur Lira apresentou substitutivo ao projeto que fixa teto de remuneração para os donos de cartórios. Pela proposta do parlamentar do PP/Alagoas o faturamento mensal dos serviços de cartório não pode exceder o teto remuneratório do servidor público no Brasil, que é o salário de ministro do STF.

Proposta

Do deputado Ronaldo Medeiros, ao anunciar projeto para regulamentar a implantação de CFCs: “Abrir autoescolas de forma indiscriminada não é positivo. Inviabiliza o trabalho das que já estão no mercado e das que ainda vão entrar. A briga que se forma pelo preço provoca queda na qualidade do serviço prestado à população.”

Honraria

Informa Bernardino Souto Maior, em seu blog, que a advogada Mannuela Nonô, concursada do quadro jurídico da Câmara dos Deputados, recebeu, em Brasília, a Medalha Myrtes Gomes de Campos. Manuella é filha de José Thomaz Nonô, atual secretário da Saúde de Maceió, e da advogada Lúcia Nonô, já falecida.

Novo rumo

O executivo André Vajas não mais dirige o Sistema Pajuçara de Comunicação. Integra agora a equipe da Marquise, empresa que tem diversas atividades em Alagoas e outros Estados. André substituiu com muita competência Paulo Maya Gomes, primeiro diretor da TV Pajuçara, ampliando com eficiência o grupo de comunicação.

Opinião

Lula, em Monteiro (PB): “Quero dizer para todo mundo que aprendi a andar de cabeça em pé neste país. Eu nem sei se estarei vivo para ser candidato em 2018, e sei que eles querem que eu não seja candidato. Eles peçam a Deus para eu não ser candidato, porque se eu for é para ganhar e trazer de volta a alegria deste país.”

 

* Deltan Dallagnol, Procurador da República coordenador da Operação Lava Jato: “A investigação desenterrou o monstro da corrupção. Alguns políticos estão insistindo para enterrá-lo. Varrer a sujeira para debaixo do tapete e fazer de conta que nada aconteceu.”

*A Feira de Ciências e Engenharia da Universidade de São Paulo ocorre de hoje a 5ª feira, na Escola Politécnica da USP, em São Paulo. Participarão trabalhos de estudantes de seis escolas alagoanas, sendo duas de Maceió e quatro do interior.

*O Instituto do Meio Ambiente apresenta hoje os vencedores do II Concurso de Fotografia Ambiental “Águas de Alagoas”, iniciativa que tem apoio da Braskem. Os 30 melhores trabalhos serão anunciados às 19 horas, no auditório da Casa da Indústria.

*Na Barra de São Miguel, de hoje ao dia 1º de abril acontece o Festival Cultural das Águas, com atividades esportivas, científicas e culturais. Na abertura, 17 horas, na Vila Niquim, coral “Águas que Cantam”, exposições fotográficas e palestras.

*O Núcleo de Cultura Afro-Brasileira Iyá Ogun-té lança hoje, às 20 horas, no Centro Cultural Arte Pajuçara, o documentário Águas de Oxalá – Caminhos de Transformação e a exposição fotográfica Didára Omi Oxalá – A Beleza das Águas de Oxalá.

*O trade turístico brasileiro está a lamentar o falecimento da jornalista Gláucia Nielsen, que era assessora de imprensa de Feira de Turismo de Gramado, Rio Grande do Sul. Ainda muito jovem, ela não resistiu ao tratamento de um câncer.

*Campeão invicto do Mundial Sub 17, com goleada de 5x0 na final contra o Chile, na casa do adversário, o Brasil apresenta outra geração de talentos no futebol. Pena que alguns já estão comprometidos com clubes do exterior. E outros no mesmo caminho.

 

“O Brasil é governado por ladrões”

Dilma Rousseff

Ex presidente da República, ela própria enrolada na Operação Lava Jato por doações ilegais de campanha

Facebook