A insatisfação dos excluídos - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Flávio Gomes

Jornalista Carlos Chagas: “De repente, acordaram as centrais sindicais, os sindicatos, as corporações e demais entidades que se imaginava adormecidos. O povo foi para a rua. Impossível desconsiderar o que aconteceu no país inteiro, quarta-feira. Trabalhadores e desempregados deram sinal de estarem vivos nas manifestações verificadas nas capitais dos estados e principais cidades, protestando contra as reformas da Previdência Social e trabalhista. Poucos entreveros, a maioria dos protestos verificou-se em clima de ordem, nem por isso menos assustador. A partir de agora, depois de razoável interregno, o ator principal está de novo no palco, insurgindo-se contra o modelo das reformas elitistas. Não faltaram, sequer, os veementes protestos contra Michel Temer, uma espécie de representante maior da insatisfação popular... Não foi por acaso que as manifestações coincidiram com a condenação da banda podre do conservadorismo, no caso, a revelação dos agentes da lista do Procurador Geral. Adianta muito pouco minimizar a voz das ruas novamente entoada para quem quiser ouvir. Não parece fora de propósito imaginar que nas próximas vezes em que o povo se manifestar, subirá a temperatura. A insatisfação dos excluídos poderá chegar a limites perigosos, mas explicáveis.”

Nova fase 

Renan Calheiros nunca andou tão preocupado com uma candidatura quanto com essa da sua reeleição ao Senado. Tanto pela repercussão, em nível nacional, de várias acusações contra ele, e seus efeitos aqui no Estado, quanto pela concorrência que se espera. Daí estar cada vez mais intensificando contatos nas bases.

Possibilidade

Como agravante, a sua situação nada confortável nas pesquisas, bem diferente de anos anteriores quando concorreu ao Senado. Embora ninguém ligado a ele fale abertamente, já há comentários, em Alagoas e em Brasília, de que se a situação apertar ele poderá até partir para candidatura à Câmara dos Deputados.

Trauma

Em 2010, Renan Calheiros disputava com Heloísa Helena, nas pesquisas, quem seria mais votado na disputa pelas duas vagas ao Senado. Abertas as urnas, nem um nem outro: deu o improvável Benedito de Lira, então deputado federal. Heloísa perdeu e Renan foi eleito na segunda vaga – e não digeriu isso até os dias de hoje.

Bronca

Senador Benedito de Lira (PP/AL), criticando Temer por transferir a Secretaria Nacional da Pesca para o Ministério da Indústria e do Comércio: “A pesca é uma atividade secular, talvez a mais antiga, mas infelizmente foi marginalizada. O pescador perdeu a sua condição, o pescador não tem maior importância.”

Preocupação

O deputado estadual Francisco Tenório (PMN) está preocupado com os efeitos da longa estiagem na Zona da Mata, seu principal reduto eleitoral. Diz que “o Mundaú é um rio morto”, referindo-se ao principal manancial hídrico da região. E se queixa de que o gado está morrendo, por falta de pasto e escassez de água.

Agenda

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos tem programação para o Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março, 4ª feira próxima, com o tema “Compartilhar Água é Multiplicar Vidas”. A abertura oficial  das comemorações, que vão até o dia 31, será neste domingo, na orla de Ponta Verde.

Presença

A Braskem teve participação ativa na São Paulo Fashion Week, numa parceria com a marca À La Garçonne, dirigida por Fábio Souza e Alexandre Herchcovitch, em produção de peças exclusivas, em impressão 3D com Plástico Verde. O Plástico Verde, tecnologia brasileira, tem a cana-de-açúcar como matéria prima.

Paternidade

Amanda Almeida, em “O Globo”: “A ala nordestina da base de Temer quer que o governo reaja à tentativa do PT de faturar com a transposição do Rio São Francisco. Sugere a realização de uma ampla campanha, dizendo que o presidente foi o responsável por fazer andar a obra, que se arrastava na gestão petista.”

 

*Adeptos do Espiritismo têm um compromisso neste sábado, a partir das 21 horas, no Teatro Deodoro: assistir ao espetáculo “Um Amor de Renúncia”, peça teatral baseada no livro “Renúncia”, de Chico Xavier. O espetáculo tem sido bastante elogiado.

*A Eletrobras Alagoas realiza neste sábado mais uma Blitz de Segurança em feira livre, desta feita na cidade de Batalha, no Sertão. A ação educativa visa beneficiar feirantes e consumidores, com informações sobre uso seguro e eficiente de energia elétrica.

*A Semana do Artesão, uma iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, será encerrada neste sábado. O evento abre espaço para oficinas, palestras e a exposição “A Invenção da Terra”, da colecionadora Tania de Maya Pedrosa.

*O programa “Aplauso” deste final de semana é dedicado a Ademilde Fonseca, que era chamada a “Rainha do Chorinho” e faleceu em 2012, aos 91 anos. Sábado, na Difuasor AM, das 15 às 17 horasa; domingo, das 10 às 12 horas, na Educativa FM.

* Neste sábado quem se estar em Arapiraca, após 25 anos, é o cantor, compositor e violonista pernambucano Geraldo Azevedo, grande nome da MPB. Ele vai se apresentar no Levino’s Hall, em show a partir das 21 horas, com abertura da banda Dona Flô.

* Neste domingo Maceió será novamente a capital brasileira do jiu-jitsu feminino, com a realização da II Copa Maria Bonita, único campeonato exclusivo para mulheres no Nordeste. O evento se inicia às 10 horas, no ginásio do CEAGB, no Farol.

*Dois jogos neste domingo pela rodada do Campeonato Alagoano: Santa Rita x CRB, no Estádio Olival Elias de Moraes, em Boca da Mata, e Miguelense x CEO, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. Os dois jogos começam às 16 horas.

 

“Uma reforma política deveria ficar para a próxima legislatura” 

Jairo Nicolau

Cientista político, para quem o atual Congresso não deveria mudar as regras eleitorais

Facebook