Solidariedade em AL - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Edmilson Teixeira

Na segunda-feira o presidente do Solidariedade (SDD) em Alagoas, Alexandre Ayres, se reuniu  com os filiados do partido para discutir sobre o crescimento do partido no Estado e perspectivas para 2018.  O evento, que aconteceu no Maceió Mar Hotel, contou com a participação de  representantes dos diretórios municipais.  O SDD quer fazer um grande número de filiados com vistas à eleição do próximo ano. "Vamos nos unir e trabalhar nos municípios, a fim de fazer do solidariedade um partido forte", disse Alexandre Ayres.   

 

Reunião na AMA

A reunião que aconteceu na segunda-feira na sede da AMA, entre prefeitos, vices, vereadores,  deputados federais e estaduais, secretários estaduais e municipais mais parecia um evento partidário. Além dos ministros do Turismo, Marx Beltrão, e da Integração Nacional, Helder Barbalho, o evento teve a presença do senador Renan Calheiros e do governador Renan Filho. Também participaram na mesa principal o deputado federal Pedro Vilela, a deputada Rosinha Cavalcante, os deputados estaduais Isnaldo Bulhões, Sérgio Toledo e a deputada Jó Pereira.  

 

Reunião na AMA II

Por outro lado, em entrevista à imprensa, Renan pai e Renan Filho não quiseram falar de 2018. Em poucas palavras, os Renans aproveitaram a oportunidade para citar os investimentos que Alagoas vêm tendo com apoio do Governo Federal  e o trabalho que o Governo do Estado desenvolve, principalmente, no interior de Alagoas. No mais, o senador e o governador preferiram deixar 2018 para outra oportunidade.  

 

Combater a seca  

A AMA entregou ao ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, uma carta de reivindicações com onze pedidos para solucionar o problema da seca nos 37 municípios afetados pela estiagem e falta d'água. Segundo a entidade, os pedidos são necessários tendo em vista o prolongamento da seca, já considerada a maior dos últimos 100 anos, e a situação dramática por que passam aproximadamente mais 500 (quinhentas mil) pessoas que dependem da atenção dos governos federal e estadual para sobreviver. 

 

Combater a seca II 

Os municípios afetados pela seca - até o momento - são Água Branca, Batalha, Arapiraca, Belo Monte, Cacimbinhas, Canapi, Carneiros, Craíbas, Coité do Noia, Delmiro Gouveia, Dois Riachos, Estrela de Alagoas, Jacaré dos Homens, Girau do Ponciano, Jaramataia, Major Isidoro, Maravilha, Mata Grande, Minador do Negrão, Monteirópolis Olho D’água das Flores, Olho D’água do Casado, Ouro Branco, Palmeira dos Índios, Pão de Açúcar, Piranhas, Poço das Trincheiras, Santana do Ipanema, São José da Tapera, Traipú, Senador Rui Palmeira, Pariconha, Inhapi, Palestina, Igaci, Quebrangulo e Olivença. 

 

Combater a seca III

Na oportunidade, também foi entregue ao ministro Hélder Barbalho um outro documento em nome dos municípios canavieiros que diminuíram sua produção. Em Alagoas, 57 cidades consideradas "canavieiras" estão sendo prejudicadas com a crise social e a violência provocados pela retração da principal atividade econômica. O problema se agrava com a antecipação do desemprego no setor provocada pelo fim da moagem que, por conta da seca que também atinge a região canavieira, fez com que as usinas parassem com 40 dias de antecedência. Em números, a crise aponta redução de 22% na safra 2016/2017 atingindo diretamente 7.402 produtores que geram 300 mil empregos diretos e indiretos. 

 

Mapa do Turismo  

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, falou no evento da AMA sobre a importância da participação dos municípios na reedição do Mapa do Turismo Brasileiro, uma ferramenta de gestão que orienta, entre outros, a aplicação dos recursos da Pasta.  Atualmente, o Mapa de Alagoas consta de seis regiões turísticas, integradas por 28 municípios. São elas: Agreste (2 municípios); Caminhos do São Francisco (7); Costa dos Corais (7); Lagoas e Mares do Sul (5); Metropolitana (1); e Quilombos (6). 

 

Turismo e investimentos 

O Ministério do Turismo tem investimentos da ordem de R$ 416,15 milhões em Alagoas. Destes, mais de R$ 191 milhões são contratos de repasse e convênios para a execução de obras de infraestrutura turística firmados com o governo do estado e R$ 225,12 milhões com os municípios alagoanos. Atualmente, são 175 obras celebradas entre o MTur e o governo do estado e municípios. Desde 05 de outubro de 2016, data de posse do ministro, o MTur já repassou R$ 476,5 milhões para obras de infraestrutura em todo o Brasil, sendo R$ 26,6 milhões para o Estado de Alagoas, valor 104% maior que o mesmo período do ano anterior.  

 

FNDE e FDNE 

O Ministro da Integração Social, Helder Barbalho disse que, para 2017, a previsão é de cerca de R$26,1 bilhões de Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNDE) para toda a região Nordeste, sendo R$ 700 milhões para Alagoas. Quanto ao o Fundo de Desenvolvimento do Nordeste (FDNE), Barbalho explicou que disponibilizará R$ 1,5 bilhão da Lei Orçamentária Anual (LOA) para os estados nordestinos. No ano passado, R$51,9 milhões foram destinados a projetos de grande porte nos municípios alagoanos, alavancando mais de R$140,9 milhões em investimentos no estado.  

 

Agenda Positiva 

O governador Renan Filho reiterou uma "agenda positiva" para percorrer o Estado entregando obras. Nas ações propostas estão a perfuração de poços, avanço do Canal do Sertão, operação carro-pipa, adutoras do Alto Sertão, Bacia Leiteira e de Estrela de Alagoas. São obras tocadas pelo Governo de Alagoas, algumas com apoio financeiro do Governo Federal, que mostram a presença do Estado nos municípios, minimizando os efeitos da estiagem prolongada. 

 

Uber na Capital  

A Audiência Pública entre taxistas e motoristas de Uber ontem (13) na Câmara Municipal de Maceió debateu o uso do aplicativo na capital. A sessão  -proposta pelo vereador Silvânio Barbosa (PMDB) - definiu que uma próxima audiência será realizada logo que o prefeito Rui Palmeira (PSDB) encaminhe mensagem com projeto de lei regulamentando o serviço na cidade. Portanto, caberá à Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) fazer uma explanação do projeto para que as categorias e a sociedade civil possam apresentar sugestões que alterem ou ampliem a matéria, antes de sua votação final pelos vereadores. 

 

Marco Luque em Maceió  

O humorista Marco Luque desembarca na capital alagoana no próximo domingo (19) para apresentar o espetáculo "1,2,3... testando’’, a partir das 20 hs, no Teatro Gustavo Leite. Quem também vai participar do evento é o rapper Fernandinho Beat Box. Os ingressos para o espetáculo já estão à venda na bilheteria do Teatro Gustavo Leite. Também é possível comprar pelo sitewww.lojadeingresso.com

Facebook