O crime compensa? - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Flávio Gomes

Muito mais do que no ano passado, a virada deste ano para 2017 registra políticos e empresários corruptos presos ou sem poder freqüentar locais públicos, sob pena de serem hostilizados pela população. Há casos até de marido e mulher presos. Situação bem diferente de finais de ano recentes, em que participavam de grandiosas festas, em família ou em ambientes luxuosos de réveillon. Alguns até tentaram ir para a casa, sob alegação de que têm filhos menores que precisam do amparo deles. Como se o Brasil não tivesse dezenas de milhares de presos e presas igualmente com filhos para cuidar. Prisão é parte da penalidade que esses corruptos têm de pagar por ganhar dinheiro fácil, às custas da sangria dos cofres públicos. Dinheiro muitas vezes desviado de áreas como saúde, educação e assistência social, e que serviria para amenizar as dificuldades dos que não têm acesso a direitos básicos, a não ser por ação do poder público. Muitos dos filhos desses corruptos de gravata são cúmplices, pois têm noção do enriquecimento ilícito dos pais e usufruem dele, através de presentes e outras benesses. Que paguem todos, então. E esperem a misericórdia e o perdão divinos.

 

Agenda

Várias posses no comando de órgãos e instituições importantes ocorrem no início de 2017. As primeiras acontecem neste domingo, quando assumem seus cargos prefeitos e vereadores. Em Maceió, Rui Palmeira será reempossado prefeito às 17 horas; Rogério Teófilo, no mesmo horário, assumirá em Arapiraca.

MPE

Na próxima 2ª feira, 2, ocorre a posse da nova gestão do Ministério Público do Estado de Alagoas, a partir das 17 horas, no Centro de Convenções de Maceió: Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, Procurador-Geral de Justiça; Lean Araújo, Corregedor-Geral; Afrânio Queiroz, Ouvidor do Ministério Público.

Drama

Muitos prefeitos alagoanos que iniciam ou renovam mandato neste domingo têm uma preocupação maior dentre tantas que se apresentam. E você, leitor, pensou em Saúde ou Educação, errou. O maior problema, de forma generalizada, é o tráfico de drogas, com seus efeitos sociais, de saúde e de segurança.

Castigo

Célia Rocha encerra neste sábado seu terceiro mandato de prefeita de Arapiraca. E, ao contrário dos dois anteriores, deixa o cargo de forma melancólica, por conta de uma gestão equivocada. Efeito da difícil situação em que encontrou o município e da falta de apoio político adequado para resolver a situação.

Declínio

Em Aracaju, João Alves Filho é outro exemplo de político que deixa a prefeitura sob forte desgaste político, depois de mandatos eficientes como governador e senador por Sergipe. O alagoano Edvaldo Nogueira (PC do B), seu substituto, recebe a prefeitura em crise, com salários atrasados e até corte de energia.

Há vagas

Ao contrário dos anos anteriores, ainda hoje é possível encontrar vaga na maioria dos hotéis de Alagoas, bem como nos principais reveillons privados. Consequência, acima de tudo, da crise que atinge Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Goiás, tradicionais emissores de turistas para nosso Estado.  

Opinião 

Meraldo Zisman, médico, no site “Diário do Poder”: “Mesmo na era do computador e outras parafernálias eletrônicas, faz-se necessário que alguém rompa o silêncio, mesmo sendo um criminoso. Sem as delações premiadas não seria possível pegar os graúdos. Nos casos de corrupção governamental, a delação premiada é insubstituível.”

 

 

*O governo estadual abre neste sábado os festejos do Bicentenário de Emancipação Política de Alagoas, a ocorrer em 2017, com o “Show dos 200 anos”. Das 16 horas deste sábado e às duas horas de domingo no Posto 7, na Orla de Jatiúca.

 

*Até o fechamento desta coluna o site da Prefeitura de Maceió não disponibilizara nada sobre a festa de virada do ano. Mas sabe-se que haverá neste sábado queima de fogos, à meia noite, nas ruínas do Alagoas Iate Clube, na Praia de Ponta Verde.

 

*No Benedito Bentes, o governo estadual e o vereador Silvânio Barbosa mantêm a tradição dos festejos da virada de ano. As comemorações vão acontecer ao lado do terminal de ônibus do Benedito Bentes 1, vizinho à Praça Padre Cícero.

*A Rádio Difusora lança neste sábado, 16 horas, o programa “Difusora no Canaval 200 anos”, que irá ao ar às terças, quartas e quintas-feiras, ao vivo. O programa “Difusora no Centenário do Samba” será exibido neste sábado e no domingo, das 17 às 19 horas.

*O cientista político Eduardo Magalhães e o prefeito eleito de Maragogi, Fernando Sérgio Lira, são os entrevistados da primeira edição do programa “Conjuntura” em 2017. Às 9h30m de 2ª feira, dia 2, pela TV Mar, canal 25 da NET, com reprises.

*O CSA inicia 2017 como o clube mais preparado para as competições que estão previstas envolvendo os clubes alagoanos. E tem tudo para alcançar as suas principais metas: o título do campeonato estadual e o acesso à Série B do Brasileiro.

*A partir deste domingo, e por todo o mês de janeiro, o editor desta “Conjuntura” entra de férias. E, ao tempo em que agradece as mensagens recebidas, deseja a todos um 2017 de paz, saúde e realizações pessoais e profissionais.


“É uma perda de tempo e dinheiro”

Donald Trump

Presidente eleito dos Estados Unidos, sobre a Organização das Nações Unidas

Facebook