A corrupção da bondade - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | Flávio Gomes

Do senador Cristovam Buarque (PPS/DF): “Poucos políticos conseguiram criar um instrumento tão bom quanto o de João Calmon, com sua emenda constitucional que determina a reserva de 18% dos recursos da União para a educação. Mas, depois de 34 anos, essa óbvia bondade provocou duas corrupções: o apego a mais recursos, independentemente da eficiência como eles são usados, e o acomodamento político diante do que já está assegurado. Corrompemos a bondade ao distribuir recursos orçamentários sem levar em conta os limites determinados pela arrecadação. Ao cometermos o excesso de gastos, corrompemos o valor da moeda. Agora, ao deixarmos abertas as portas para que pressões corporativas consigam elevar os gastos, podemos estar corrompendo a determinação constitucional do teto. A bondade fiscal se transformará em crise constitucional. Ao pagar às famílias pobres para que suas crianças estudem, a Bolsa Escola foi uma ideia transformadora e generosa. Foi possível criar renda para quem não tinha e dinamizar o mercado de produtos simples, além de levar as crianças para a escola. Mas, diluída na Bolsa Família, a Bolsa Escola teve seu aspecto educacional descaracterizado. O resultado atual é um programa que corrompeu a bondade ao fazer-se assistencialista e eleitoreiro. Um instrumento transformador foi transformado em bondade assistencial...”

Questionamentos

Questões para Michel Temer: por que a União, durante a campanha eleitoral deste ano, liberou para o DNOCS, dirigido pelo PMDB, a execução de obras de combate à seca no Nordeste, que eram feitas pelos Estados? E porque aumentou os valores repassados a Alagoas e Sergipe, governados pelo PMDB?

Posição

Do governador Renan Filho, ao assinar convênio de apoio ao ensino técnico em Alagoas: “Nós entendemos que o ensino integral é um caminho para o país. E já vem sendo seguido por alguns municípios e estados. Agora, com a medida da União financiar a política, a tendência é que avancemos cada vez mais rápido”. 

Só promessa

Quando foi inaugurada a duplicação da AL 101Sul o então governador Téo Vilela assumiu o compromisso de implantar uma ciclovia ao longo da pista, entre Barra de São Miguel e Maceió. Até agora, nada. Enquanto isso, os ciclistas de lazer e os que precisam usar bicicleta para trabalhar continuam correndo riscos.

Gatunagem

O jornal “O Estado de São Paulo” noticiou, baseado em dados do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União, que Alagoas é o Estado onde mais ocorrem esquemas de corrupção e desvios de verbas federais. O pior é que a roubalheira ocorre principalmente nas áreas de Educação e Saúde.

Descaso

Os governos de Lula e Dilma Rousseff deixaram de investir R$ 120 bilhões em infraestrutura na Saúde, segundo revelou o alagoano Emanuel Fortes, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina, em entrevista ao programa “Conjuntura”, na TV Mar. Os recursos, disse ele, já estavam no Orçamento da União.

Ponto nos is

Quatro homens estavam a assaltar um ônibus, ontem, em Maceió, quando um bombeiro militar que estava entre os passageiros reagiu e matou um deles. A maioria dos veículos de informação tratou os assaltantes como “suspeitos”. Na verdade, com todo o respeito, os “suspeitos” eram criminosos em plena atuação.

Limitação

Jornalista Cláudio Humberto Rosa e Silva: “Ganhou força no Senado a PEC 35/2015, estabelecendo mandato de dez anos para os membros do Supremo Tribunal Federal. A PEC, de autoria do senador Lasier Martins (ex-PDT-RS), está pronta para ser votada desde fevereiro deste ano, quando foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado.”

 

 

*O Banco do Nordeste oferece nova opção para saques: o Saque Sem Cartão, que permite retiradas entre R$ 10,00 e R$ 300,00. Para a transação, basta utilizar, nos terminais de autoatendimento do BNB, um código gerado de aplicativo mobile ou Internet Banking.

*A criação de um curso de pós-graduação integral em Desenvolvimento Infantil foi debatida, ontem, na Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social. O curso será em parceria com a Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da Ufal.

*A partir de dois de janeiro a sub sede da Defensoria Pública de Alagoas funcionará, temporariamente, na Rua Rita de Cássia, bairro da Gruta de Lourdes. O prédio da Avenida Comendador Leão, no Poço, passará por reforma por pelo menos cinco meses.

*A Comissão Mista Especial e a Comissão Executiva do Fórum do Bicentenário do Estado de Alagoas, a ocorrer em 2017, apresentam hoje as logomarcas finalistas referentes ao evento. Às 19 horas, no Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas.

*A propósito, Secretaria de Estado da Cultura lançou o “Prêmio Carnaval Bicentenário de Emancipação Política de Alagoas 2017”. O edital foi publicado no Diário Oficial do Estado e estabelece R$ 200 mil em premiações. As inscrições vão até 6 de fevereiro.

*A Liga Carnavalesca de Maceió promoverá na próxima 6ª feira, dia 30, a última confraternização do ano, com muito frevo e alegria.  A animação é por conta da Orquestra Fogo Pagô, da Turma da Rolinha. A partir das 18 horas, em frente ao Hotel Enseada.

 

*No dia 11 de fevereiro, a partir das 22 horas, o Iate Clube Pajussara realiza o seu tradicional “Baile Verde e Branco”. Como atrações musicais, a “Orquestra Só Emoções”, de Pernambuco, e Igbonan Rocha & Samba de Nêgo. Mesas já estão à venda.

 

“Se eu não tivesse vencido, as coisas estariam piores agora”

Dilma Rousseff

Ex-presidente do Brasil, em entrevista ao jornal inglês The Guardian, em nova manifestação de cinismo

Facebook