E haja energia! - Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas Tribuna Hoje - O portal de notícias que mais cresce em Alagoas

Blog | COTIDIANO ATIVO, por Antonio Moura

20/07/2016 17:43

E haja energia!

Imagens: Google

Levar as crianças na escola, trabalhar, ir à academia, visitar clientes, aula de inglês, reuniões, redes sociais, whatsapp, e-mails, retornar ligações – a lista segue. Ufa, como podemos dar conta de tantas atividades, tanta informação, obrigações e compromissos todos os dias? O mundo está se tornando mais rápido e nós precisamos acompanhar essa velocidade, caso contrário, seremos “atropelados” por quem não tem tempo a perder. É um caminho sem volta: ou nos adaptamos ou abriremos espaço para a concorrência.

Infelizmente, esse modo de pensar e agir está nos tirando momentos preciosos de paz e alegria. É necessário de que façamos uma reavaliação das nossas prioridades, para que possamos estabelecer limites que nos farão mais felizes e realizados com nossos afazeres diários. 

Você já se pegou sem ter a certeza de qual dia da semana você está? Eu já.

E esquecer do aniversário do companheiro ou companheira? Já aconteceu comigo. São sinais de que seu ritmo de vida não está lhe possibilita uma resposta física ou mental para as coisas simples do dia a dia. Nós possuímos um nível de energia interna que nos permite executar nossas atividades diárias e também nos revela para o mundo como somos. Faz menção a Dalai Lama: segundo ele, precisamos tomar consciência de que o dia é feito de tempo e que esse tempo precisa ser melhor aproveitado. “Permita-se descansar se você está precisando, e permita-se agir se você estiver propenso a agir”, costumava dizer o líder religioso tibetano. 

Nossa energia está lá, mas ela precisar ser bem utilizada, do contrário, ela poderá ser nossa maior inimiga. Apesar de tudo aquilo que o mundo exige, é fundamental que saibamos dividir nosso tempo na mesma proporção em que podemos dividir o uso de nossa força interior sem esquecer que o nosso dia é feito de trocas de energia com o meio que nos cerca, com as pessoas que fazem parte de nossas vidas e com todos os acontecimentos que nos afetam, direta ou indiretamente.

São essas trocas energéticas que fazem com que os nossos níveis de energia interna oscilem para mais ou para menos, portanto, vamos nos preocupar menos com coisas que não valem a pena e dar mais atenção ao que realmente importa.

E você, como está utilizando sua energia interna?


* Antonio Moura é secretário municipal de Proteção ao Meio Ambiente de Maceió. É graduado em Administração e Marketing com pós-graduações em Docência do Ensino Superior e em Gestão de Pessoas. 

Facebook