Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 34
Warning: implode(): Invalid arguments passed in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 40
class="post-template-default single single-post postid-107790 single-format-standard">

Roberto Baia

12 de junho de 2018

MP de olho

O promotor de Justiça de Arapiraca, Rogério Paranhos, deu detalhes sobre o procedimento de investigação aberto contra a prefeitura de Arapiraca, sobre a compra de mobiliário escolar que estava armazenada em um galpão. O promotor informou que a gestão já foi notificada e que tem até esta sexta (15) para entregar a documentação pedida.

 

Estabeleceu prazo

Desde a notificação, o MP deu o prazo de 10 dias para que a Procuradoria do Município apresentasse a documentação relativa à compra das carteiras escolares feitas pela prefeitura de Arapiraca, onde suspeita-se de que não houve processo de licitação para a compra e tenta-se saber o motivo de os equipamentos novos estarem guardados em um galpão desde fevereiro deste ano. A Procuradoria fez o pedido de mais 10 dias de prazo, mas, segundo Rogério, foi concedido apenas mais 5 dias.

 

Providência

Paranhos informou ainda que o MP já solicitou à prefeitura que as carteiras e alguns materiais didáticos encontrados no galpão já fossem levados para utilização nas escolas municipais.

 

Relembre o caso

Em 24 de maio, o suplente de vereador Vytor Ferro protocolou nos órgãos públicos responsáveis o pedido de esclarecimento em relação à citada compra. Duas mil carteiras escolares que foram pedidas, sem o fechamento do processo licitatório.

 

Valores milionários

Existem as notas fiscais de três cargas já entregues pela empresa Delta Produtos e Serviços Ltda, com 520, 212 e 610 carteiras em cada uma, respectivamente. Os valores milionários seriam obtidos através do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica). (Com 7segundos).

 

Cinema

O cinema e sua infinita diversidade de gêneros chega a Arapiraca através do Festival Varilux de Cinema Francês. A série de exibições será realizada de 09 a 20 de junho, no Teatro Hermeto Pascoal, na Unidade Sesc Arapiraca.

 

Maratona de filmes

A maratona de filmes franceses já tem data marcada. De 7 a 20 de junho, cinemas de 65 cidades brasileiras recebem o Festival Varilux de Cinema Francês de 2018 com seus 21 filmes participantes, sendo 20 longas-metragens da nova safra da cinematografia francesa e um clássico: o famoso Z, de Costa-Gavras.

 

Parceria estratégica

Além dessas cidades, graças a uma parceria estratégica com o SESC Nacional, 15 longas da programação serão exibidos em 29 unidades culturais do Sesc, com entrada franca, entre junho e julho, levando o Festival a municípios onde geralmente o cinema francês não chega.

 

Festival Varilux

Com isso, o Festival Varilux estará presente em 88 cidades, cobrindo quase todo território nacional. A abertura foi em São Paulo, no dia 06 de junho com a presença da delegação artística, formada por diretores e atores. Outra novidade importante: o festival contará com uma delegação de profissionais franceses reconhecidos nos ramos da produção, da distribuição e da TV e organizará pela primeira vez o Encontro Franco-Brasileiro de Cinema nas três cidades, discutindo temas como o da atualidade das coproduções franco-brasileiras, do financiamento, da regulamentação e dos mercados do cinema na Europa e no Brasil (distribuição, VOD, vendas internacionais, etc).

 

Atividades paralelas

As outras atividades paralelas contemplam debates com os integrantes da delegação, ações e sessões educativas, além do laboratório franco-brasileiro de roteiros sob a coordenação de François Sauvagnargues, especialista de ficção e diretor geral do FIPA (Festival Internacional de Programação Audiovisual).

 

 

 

… A Prefeitura de Palmeira dos Índios realizou no último dia 9, no Gabinete do prefeito, uma reunião com a comissão do São João do Povo 2018.

 

… A comissão, que é composta pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, SMTT, secretarias de Serviços Públicos e Convívio Urbano (SPCU), de Cultura, Saúde, Educação, Desenvolvimento Econômico, SAMU e outros órgãos municipais, definiu ajustes e conduta durante os festejos juninos deste ano.

 

 

 

… Na reunião, constaram todos os acordos do que pode e do que não pode nos locais dos eventos, que acontecerão a partir da próxima terça-feira (12), na Praça do Skate, e no encerramento da festa, em Palmeira de Fora.

 

… Paredões de som, espeto de churrasco e recipientes de vidro são alguns itens que estão proibidos durante os festejos. O botijão de gás pequeno, muito usado em carrinhos de pipoca, também está proibido. Só será permitido o botijão de 13 quilos (GLP residencial).