Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 34
Warning: implode(): Invalid arguments passed in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 40
class="post-template-default single single-post postid-105100 single-format-standard">

Blog do Dresch

2 de junho de 2018

Correio da Pedra ganha coleção um século depois

Um dos periódicos mais importantes do sertão nordestino, o semanário Correio da Pedra, impresso na cidade de Delmiro Gouveia por 12 anos (1918 a 1930) está sendo relançado pela Secretaria de Estado da Comunicação, Imprensa Oficial e Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas. A coleção, que reúne oito anos em 4 volumes, foi elaborada pelos professores Edvaldo do Nascimento e Luitgarde Vieira Barros. A ideia de montar o jornal foi de Delmiro Gouveia, que comprou os equipamentos gráficos em 1917, no entanto foi assassinado antes do jornal começar a circular que aconteceu no ano seguinte. O lançamento da coleção acontece nesta terça (5) na sede do IHGA, ás 19h.

Coleção Correio do Sertão 2

Graças ao desenvolvimento da Cidade da Pedra (atual Delmiro Gouveia) o Correio despontava em uma região sem veículos de comunicação, mas com alto índice de alfabetização. O jornal discutia assuntos regionais e até nacionais com reportagens sobre o petróleo, os combustíveis e a geração de energia, temas preferidos por Delmiro, quando em vida. Foi o primeiro jornal a publicar o 1º crime de Lampião em Alagoas, que foi a ocupação da cidade de Água Branca e do Solar da Baronesa de Água Branca (1922) em um espetacular roubo contada em uma reportagem detalhada no Correio. Também cobriu com vigor a visita de governadores alagoanos Álvaro Paes e Costa Rego a cidade da Pedra naquela década.

 

Bolsa Caminhoneiro

O pacote de medidas que o “iluminado” presidente Temer e sua equipe ministerial viabilizaram para acabar com a greve dos caminhoneiros, atinge 82 programas sociais e nas áreas de Educação, Saúde, preservação do meio ambiente e de políticas voltadas ás mulheres, entre outros. O chamado Bolsa Caminhoneiro também acabou com incentivos fiscais aos exportadores (Reintegra) e ás indústrias químicas (Reiq). O subsídio para garantir uma redução de R$ 0,46 no litro do diesel, cortou R$ 1,6 bilhão da reserva para capitalização das empresas estatais e R$ 979 milhões da reserva de contingência da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. Na Saúde o corte foi de R$ 146,6 milhões, e na concessão de bolsas para universidades R$ 55,1 milhões. O Programa de Reforma Agrária perdeu R$ 30,7 milhões, Ciência e Tecnologia R$ 21,7 milhões, Desenvolvimento Social R$ 13 milhões e o Ministério das Cidades perdeu R$ 7,7 milhões. Cortes ainda na preparação de atletas e manutenção de centros de treinamento (R$ 4,9 milhões), além de vários outros programas do governo.

Glover e a confiança de Lula

“Eu tive a oportunidade de visitar meu amigo Lula da Silva. Foi uma breve reunião incrível. Ele está calmo e confiante na ação dos movimentos sociais que dão continuidade ao seu trabalho”. A declaração é do ator americano Danny Glover (“Máquina Mortífera”) que visitou o ex-presidente Lula na sede da PF em Curitiba. Glover é embaixador da Boa Vontade da ONU e disse que ficou fortalecido com a confiança e a tranquilidade de Lula. “Em nome de milhões de pessoas ao redor do mundo, todos os que apoiam a libertação de Lula da Silva, digo que estou alimentado pela confiança dele e pela esperança e sua certeza de que nós vamos vencer” disse Glover.

Palmeira distribui sementes

Produtores de 47 comunidades rurais de Palmeira dos Índios, inseridos no Programa de Agricultura Familiar do município, receberam ontem (1) 40 toneladas de sementes de milho, feijão e feijão de corda. A distribuição decorre de uma parceria entre a Secretaria de Estado da Agricultura com a Prefeitura de Palmeira dos Índios, que garantiu ainda outras 20 toneladas de sementes de milho, sorgo e crioulas que deverão ser entregues nos próximos dias. O prefeito Júlio Cezar salientou a importância do trabalho conjunto com o Governo do Estado para garantir uma boa safra aos agricultores palmeirenses.

O plástico como vilão

Para reduzir as emissões de carbono e o lixo marinho que infesta os mares, a Comissão Europeia (CE) propôs a proibição total de determinados produtos de plástico descartáveis, além de medidas para reduzir a utilização de outros. A proibição será aplicada a itens como cotonetes, talheres, pratos, canudos, agitadores e bastões para bolas de encher, casso o Parlamento Europeu acate a sugestão. Os Estados-membros também serão obrigados a reduzir o uso de recipientes de comida e copos feitos de plástico proibindo a distribuição gratuita.

O plástico como vilão 2

A Comissão sugeriu ainda que as empresas estabeleçam sistemas de reutilização, como esquema de reembolso de depósitos, para garantir uma oferta de material de alta qualidade. Alguns tipos de plástico demoram 1.000 anos para se decompor. Na proposta apresentada, os Estados-Membros deverão coletar 90% das garrafas plásticas descartáveis até 2025, e produtos como absorventes, lenços umedecidos e balões deverão ter rótulos padronizados para indicar seu impacto ambiental e a melhor forma de descartá-los.

 

 

  • Governador Renan Filho assinou ontem decreto regulamentando a Lei de Incentivo à Cultura, que prevê o abatimento em tributos estaduais para as empresas que financiarem eventos culturais e artísticos de Alagoas.
  • A regulamentação vinha sendo aguardada com ansiedade pelo setor, como forma de incentivar a prática cultural nas suas mais diversas áreas.
  • A solenidade de ontem reuniu a comunidade artística no Palácio Museu Floriano Peixoto, que abriga ainda a própria Secretaria de Estado da Cultura.
  • A expectativa a partir de agora é que a Lei possa abrir novas frentes de trabalho, estímulo ao crescimento profissional e novas opções para a população que valoriza a arte e a cultura em geral.