Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 34
Warning: implode(): Invalid arguments passed in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 40
class="post-template-default single single-post postid-104526 single-format-standard">

Flávio Gomes

31 de Maio de 2018

A maldição de Adhemar de Barros

Almir Pazzianotto Pinto, advogado e ex-ministro do Trabalho: “Afirmam os antigos recair sobre o Palácio dos Bandeirantes anátema lançado por Adhemar de Barros. Atribuindo a derrota nas urnas à ingratidão dos aliados, teria lançado, sobre os futuros governadores, a maldição de que jamais alcançariam sucesso na disputa em que fracassou. Afastada a suposição do sobrenatural, cabe indagar porque governadores paulistas, após longa e vitoriosa carreira não conseguem superar o último desafio e conquistar o maior galardão que o político brasileiro pode almejar. Várias hipóteses podem ser aventadas para fato incapaz de ser explicado e impossível de ser entendido. Uma das muitas alude à rejeição entre eleitores do norte-nordeste. O mato-grossense Jânio Quadros foi vereador, governador, e presidente, graças à popularidade granjeada no combate à corrupção. O homem da vassoura fez de Adhemar de Barros, cujo lema seria ‘rouba, mas faz’, o alvo predileto. Não teria, contudo, suportado o isolamento na recém-inaugurada Brasília, e enfrentava dificuldades de diálogo com a imprensa e o Poder Legislativo. O carioca Fernando Henrique Cardoso teve a campanha pavimentada pelo Plano Real do presidente Itamar Franco. Não conseguiu, todavia, fazer de José Serra o sucessor.”

Registro

Ontem foi um dia trágico para a política de Alagoas, com a notícia do falecimento de personagens ligados à atividade: Audálio Dantas, que presidiu a Fenaj e foi deputado federal por São Paulo, e José Lopes de Albuquerque, “Zé de Pedrinho”, ex-prefeito de Atalaia. Além deles, os militantes Estevam Oliveira, do PT, e Eduardo Davino.

Liquidado

Renan Filho comemora um resultado especial: o Estado já não tem mais nenhuma pendência judicial por conta de precatórios. Todas foram pagas, pouco a pouco, conforme calendário acordado com o Poder Judiciário. Só restam os “precatórios” – apelido de créditos que servidores tenham negociar administrativamente.

Balaio

A prefeita de Piranhas, Maristela Sena Dias, ligada ao senador Benedito de Lira, é bem uma mostra do que começa a acontecer pela falta de candidato de oposição: apoia a reeleição de Lira, oposicionista, e dos governistas Renan Calheiros e Renan Filho. À Câmara Federal, Athur Lira; à Assembleia, Paulo Dantas.

Ponto final

Após troca de acusações pelas redes sociais com o Secretário da Fazenda, por conta da cobrança de tributos sobre os combustíveis, o deputado estadual Rodrigo Cunha disse que mantém a denúncia que incomodou tanto a George Santoro: “Alagoas é o Estado que tem o 2º ICMS mais caro do Nordeste e o 7º do Brasil”.

Meio-ambiente

O IMA/AL festeja 30 anos com entrega do Troféu Alagoas Verde, amanhã, 19h30m, no Espaço Pierre Chalita. O troféu Master tem como tema “Fim dos lixões em Alagoas” e será entregue ao governador Renan Filho, ao Procurador Geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça, e ao presidente da AMA, Hugo Wanderley Caju.

Versão

Imaginava-se que as causas da quebradeira da Petrobras teriam sido má gestão, como a compra suspeita da refinaria de Pasadena, e desvios de recursos – situações ocorridas nos governos do PT. O deputado federal Paulão entende que a culpa é do PSDB: José Serra teria inviabilizado a empresa com seu projeto sobre o pré-sal.

Opinião

Site “Migalhas”: “O juiz Federal Marcelo Bretas, que julga a Lava Jato no RJ, tem se manifestado nos últimos dias sobre a atuação das Forças Armadas no Brasil. O juiz criticou reportagem do jornal O Globo que informava o gasto de mais de R$ 5 bilhões com pensões de filhas de militares, benefício extinto em 2000 para as maiores de idade mas que o Exército afirmou que vai pagar até 2060.”

* O governador Renan Filho assina amanhã o decreto que regulamenta a Lei de Incentivo à Cultura, prevendo abatimento de impostos às empresas que financiarem eventos artísticos e culturais no Estado. Às 9 horas, no Museu Palácio Floriano Peixoto.

*O Maceió Atlantic Suítes sedia amanhã, 21 horas, a abertura do São João de Maceió, evento que marca os 60 anos de atividades do Trio Nordestino. Também vão participar a banda Mô Fio e o trio de forró pé-de-serra Nó Cego. Contato: 99981.4018.

* A Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Alagoas estará de volta ao palco do Teatro Deodoro hoje, às 20 horas, com entrada gratuita para o público. Para adquirir ingresso basta chegar um pouco antes e pegar os convites na bilheteria do teatro.

* O Instituto Brasileiro de Direito de Família de Alagoas e o Núcleo de Promoção da Filiação do Tribunal de Justiça realizam o 10º Encontro Alagoano de Direito de Família, e o 6º Encontro Alagoano de Direito de Filiação. Amanhã, 8 horas, na ESMAL.

* Chegando à sua quarta edição, o Concurso de Poesias Jorge de Lima, idealizado pela Secult, terá inscrições abertas, de amanhã a 20 de julho, com tema livre. Prêmios: R$ 4.500,00 para o 1º colocado; R$ 3.000,00 para o 2º e R$ 2.500,00 para o 3º lugar.

*Arapiraca receberá, amanhã, a primeira Feira de Cultura Americana, que consiste na exposição em estantes e apresentações de conteúdos culturais dos Estados Unidos da América. O evento acontece na Casa da Cultura, na Rua Esperidião Rodrigues, Centro.

*Amanhã, às 20h30m, em Goiânia, o CSA tem um compromisso difícil, na luta pela liderança da Série B do Campeonato Brasileiro: vai encarar o Vila Nova. A torcida fia na expectativa de um resultado bem diferente da goleada de 4×0 para o Figueirense.

 

“Ato de caminhoneiros pode ser o embrião de uma rebelião tributária”

Eduardo Gianetti

Economista