Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 34
Warning: implode(): Invalid arguments passed in /var/www/html/wp-content/themes/tribuna-2017/header.php on line 40
class="post-template-default single single-post postid-103828 single-format-standard">

Edmilson Teixeira

29 de Maio de 2018

Belo Monte

Foi no município de Belo Monte, que Iteral realizou a individualização dos lotes e a entrega de documentos para as famílias beneficiadas no Programa Nacional do Crédito Fundiário (PNCF) vinculadas à Associação dos Produtores Rurais União e Força. Distante cerca de 40 quilômetros da cidade, o assentamento é composto por 18 famílias que vivem em agrovila e trabalhavam na área. Antes, os assentados improvisavam na limitação dos lotes com pedras, paus e outros utensílios não convencionais, com o intuito de evitar desentendimentos e saber onde podiam cultivar na terra.

Foco

Com os títulos da terra, os assentados estarão aptos para participar de linhas de crédito, com o objetivo de adquirir novos implementos agrícolas, ampliando sua produção e, consequentemente, sua renda.

Batalha

“Pessoal, sabemos que a anemia traz sérias consequências, incluindo o aumento na mortalidade em mulheres e crianças, diminuição de aprendizagem e produtividade. Pensando nisso, realizamos  um encontro, juntamente com profissionais do Governo do Estado, para alinhar as ações do mutirão de combate a anemia, que será realizada em junho, no nosso município” comentou em sua página do Face, a prefeita de Batalha, Marina Dantas.

Chã Preta

Foi em pleno último  sábado, que as Secretarias de Saúde e Finanças se uniram, a fim de promover um grande  evento em comemoração ao mês das mães.Foram  542 procedimentos dos mais diversificados atendimentos médicos, em meio a um café da manhã, sorteio de brindes e muita diversão para as mães presentes.

Maragogi

Dezenas de pessoas bloquearam ontem, por volta das 12h40,  a Rodovia AL – 101, em Maragogi, região Norte de Alagoas. O bloqueio aconteceu próximo ao Hotel Salinas e foi por conta do preço dos combustíveis nos postos da cidade, considerado alto pela população.

Porto Calvo

Na última sexta-feira, a Prefeitura  encerrou  as inscrições para o II Festival de Quadrilhas Juninas. O cadastro de agremiações começou no dia 16 de maio. O concurso que acontece pelo segundo ano seguido, será realizado  entre os  dias 12  e 16 de junho, no Centro Comunitário Calabar, na Rua do Varadouro. A abertura contará com a apresentação da banda Zé Glauco do Forró.

Boca da Mata

Na sexta-feira, o prefeito Valter Acioli comandou a entrega de sementes a mais de 500 famílias da agricultura familiar. Foram  toneladas  de sementes de feijão, feijão branco e milho. “Sementes que alimentarão o corpo e os sonhos dessas famílias de Boca da Mata” disse Acioli, ressaltando que a ação faz parte de uma parceria da Secretaria de Agricultura do município com  a Secretaria de Agricultura do Estado de Alagoas.

Santa Luzia do Norte

Pedro Soares, o “Poeta Pedão” postou vídeo nas redes sociais, criticando a administração pública de sua terra natal, Santa Luzia do Norte. Pois no final de semana, Pedão precisou consultar sua pressão no principal Posto de Saúde, e não havia o simples equipamento no local. “Isso é uma vergonha!” disse demonstrando sua revolta pelo estado de abandono em que se encontra a administração pública.

Arapiraca

Segundo o blogueiro Bernardino Souto Maior, o ex-técnico da Seleção Brasileira, Wanderley Luxemburgo comprou a indústria de cachaça  Brejo dos Bois, que funciona nos arredores de Arapiraca no estilo de alambique. Disse que o valor do negócio não foi divulgado. A cachaça Brejo dos Bois foi criada pelo médico Lenildo Amorim. “Luxa ainda pensa em investir em outros negócios em Arapiraca” diz a nota.  Tomara que ele assuma o coitadinho do ASA!

Absurdo!

Sobre a situação vivenciada pelos condutores de veículos nas estradas alagoanas, foi que ontem, o Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal de Alagoas (PRF) anunciou, por meio de nota em um grupo do WhatsApp, que o Ministério Extraordinário da Segurança Pública determinou que as assessorias de Comunicação nas regionais estão impedidas de emitir qualquer informação com relação aos bloqueios existentes e os liberados.

Outro

Além disso, também está vetada a divulgação de informações a respeito das manifestações, seja por meio de notas, entrevistas ou grupos de WhatsApp. O grupo alagoano tem como finalidade comunicar a imprensa do Estado. Segundo o Ministério, qualquer contato da imprensa deverá ser feito via assessoria de Comunicação da Presidência e Assessoria de Comunicação da PRF em Brasília por meio do site Agência PRF.

Censura

O Nucom da PRF informou que o usuário poderá ter problema de acesso em virtude da demanda e demora nas atualizações. Membros do grupo da PRF de Alagoas se mostraram indignados com a decisão do Ministério e apontaram a ordem como censura e monopólio de informações.

Em cima do lance

Pois bem, independente dos informes da  PRF/AL, soubemos ontem, em tempo hábil pelas redes sociais, que caminhoneiros no começo da tarde, que residem em Água Branca e Delmiro Gouveia uniram forças e bloquearam um trecho da BR-423 no Povoado Maria Bode.  O ato foi em apoio a todo o manifesto realizado no país por caminhoneiros que reivindicam diminuição no preço do combustível e de impostos.