Flávio Gomes

25 de Abril de 2018

Lula atrás das grades

Mário Vargas Losa, escritor peruano: “Os protestos pela prisão de Lula não levam em consideração que, desde que ocorreu a grande mobilização popular contra a corrupção que ameaçava asfixiar todo o Brasil, e em grande parte graças à coragem dos juízes e promotores liderados por Sérgio Moro, juiz federal de Curitiba, centenas de políticos, empresários, funcionários e banqueiros foram presos ou estão sendo investigados e têm processos abertos. Mais de cento e oitenta já foram condenados e várias dezenas deles o serão em um futuro próximo. Jamais algo parecido havia ocorrido na história da América Latina: um levante popular, apoiado por todos os setores sociais que, partindo de São Paulo, se estendeu depois por todo o país, não contra uma empresa, um político, mas contra a desonestidade, a enganação, os roubos, as propinas, toda a enorme corrupção que gangrenava as instituições, o comércio, a indústria, a atividade política, em todo o país. Um movimento popular cuja meta não era a revolução socialista e derrubar um governo, mas a regeneração da democracia, que as leis deixassem de ser coisa sem importância e fossem verdadeiramente aplicadas, a todos por igual, ricos e pobres, poderosos e pessoas comuns…”

Restrição

O senador Renan Calheiros não quer o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot concorrendo ao Conselho Superior do Ministério Público Federal: “O Ministério Público Federal – que, na constituinte e depois, como presidente do Congresso Nacional, ajudamos a tirar do papel – não pode continuar sendo medido pela régua imunda do Janot”.

Diferenças

Observa leitor desta “Conjuntura” que Maurício Quintella foi recebido de braços abertos pelo grupo de Renan Filho, vindo do grupo de Rui Palmeira. Foi logo lançado candidato ao Senado. Marx Beltrão, que já integrava o grupo palaciano, não teve o mesmo tratamento. Precisou se filiar no PSD para disputar o Senado.

Aval

Pré-candidato a deputado estadual pelo PRTB, Breno Albuquerque assumiu a defesa do prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo (PSDB), que vive um embate com o Ministério Público Estadual: “Não tenho a menor dúvida que com as devidas apurações a sociedade alagoana vai ter conhecimento da verdade”.

In loco

O vereador Eduardo Canuto (PSDB) esteve em Teresina, semana passada, na companhia do superintendente da SMTT, Antônio Moura, e do presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Alagoas, Ed Sampaio. Foram conhecer um projeto que existe lá, desde 2001, para que seja implantado ainda este ano em Maceió.

Reposição

Fabrício Marques, secretário do Planejamento, Gestão Pública e Patrimônio, confirma que o governo está decidido a conceder 2,95% de reposição salarial aos servidores estaduais. Espera definir a situação assim que acertar com a Polícia Militar. Não há previsão, por enquanto, de pagar dentro do mês trabalhado.

Labirinto

A divulgação de imagens do chamado Eixo Viário do Quartel, na região do Farol, é razão de zombaria nas redes sociais. O mínimo que se diz da obra, que nem está pronta ainda, é que vai se transformar num verdadeiro labirinto. Há quem diga que, apesar de tudo, será preferível transitar mesmo pela Avenida Fernandes Lima.

Imoralidade

“Estadão”: “Parlamentares do PT repassaram ao Congresso despesas relacionadas à campanha política do partido contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado na Lava Jato. A reportagem encontrou na prestação de contas mensal de sete parlamentares gastos com deslocamentos e alimentação que somam R$ 3.769,45.”

 

*O concerto Camerata Ero Dictus, do projeto Quartas Eruditas, será realizado hoje, 15 horas, na sala de música do Complexo Cultural Teatro Deodoro. Quase 400 alunos da rede pública de ensino, do infantil ao médio, confirmaram presença. Acesso grátis.

*A primeira Festa Literária do Graciliano Ramos tem início hoje, em iniciativa da Associação Cultural Alagoa do Sul, com apoio da Prefeitura de Maceió. Serão homenageados o cantor e compositor Djavan e o escritor Félix Lima Júnior.

* A Prefeitura de Maceió lançou, por meio da Fundação Municipal de Ação Cultural, duas chamadas públicas visando a programação do São João 2018. Os editais irão selecionar bandas e trios de forró que participarão da festa, no bairro de Jaraguá.

* Cerca de 20 fornecedores dos segmentos de decoração, beleza e estética, joalheria, entre outros, participam hoje do Expo Wedding, no Maceió Shopping ( no 1º piso, em frente a Renner). Para entrar, basta doar um quilo de alimento não perecível. 

* O Museu de História Natural da Ufal lançou o edital do 6ª Prêmio Gabriel Skuk de Fotografia e Ilustração Científica. As inscrições vão até o dia 7 de maio. O concurso homenageia o professor e pesquisador do MHN, apaixonado por fotografia.

* Entre os dias 10 e 12 de maio Pernambuco será palco de grandes discussões do Direito. Nesse período a Uninassau –  Centro Universitário Maurício de Nassau realizará o III Congresso Brasileiro de Processo Civil e Constitucional, no Hotel Jangadeiro.

*Até o dia 9 de maio o TRE/ Alagoas conta com uma central de atendimento ao eleitor, no Parque Shopping, de 8 às 17 horas, de 2ª a 6ª feiras. Estão disponíveis alistamento, transferência de domicílio, inclusão do nome social e regularização da situação eleitoral.

“Se as dores humanas se esquecem, como se não hão de esquecer as leis?”

Machado de Assis

Escritor brasileiro