Flávio Gomes

13 de Abril de 2018

A cavalaria não vem

De Elton Simões, no Blog do Noblat: “De maneira absolutamente passiva, assistimos o formidável enterro de quimeras. A luz no fim do túnel vai se distanciando. Fincando amarela. Anunciando que optamos pelo atraso, protegendo oligarquias novas e antigas, enquanto aceitamos o caos permanente, acostumados que estamos à lama que nos espera. Nosso sistema legal e judiciário é amontoado de normas incoerentes e labirintos processuais levando ao nada. Tudo produz apenas o deprimente e desnecessário exercício de discussões desnecessárias onde a coerência fica em segundo plano e a justiça, com sorte, em terceiro. De repente, ao expor suas vísceras, fica claro o quanto as circunstancias influenciam o resultado. Nada mais imprevisível que a justiça tropical. Ali inexiste responsabilidade. Apenas casuísmos embalados por interesses manipulados interpretações e jurisprudências com a constância de birutas de aeroporto. Tudo, claro, embalado em retorica complicada, salpicada de latim, encenados por atores de talento dramático duvidoso em história repetitiva, perpetuando um horror sem fim. Paralisados ficamos diante de tudo. Sem nada fazer. Aceitando a tragédia como inevitável. Torcendo, cada vez com menos entusiasmo, que alguém nos socorra. Para os desavisados, convém ser claro. Em faroeste caboclo, a cavalaria não vem.”

Só aparência

A aparente desavença política entre Renan Calheiros e Michel Temer está mais para fachada. O presidente tem liberado nomeações por indicação do senador, bem mais do que seria normal na aparente briga. O ministro Moreira Franco, por exemplo, teve a sua nomeação feita exatamente para facilitar as coisas para Renan.

Questionamento

Luís Villar, no portal “Cada Minuto”, questiona a postura do PSDB no presente processo eleitoral: “O PSDB já inicia a eleição como nanico diante da inaptidão de Rui Palmeira ao sair do processo. Não por ter saído, mas pela forma como o fez em que nem foi candidato e ainda abriu mão de ser articulador de um grupo”.

Postura

Tem sido elogiável a posição do vice-prefeito de Maceió, Marcelo Palmeira. Durante todo o processo do, digamos assim, amadurecimento da decisão do prefeito Rui Palmeira em não sair candidato este ano Marcelo não deu um pio sequer. Demonstra com isso maturidade e equilíbrio, atributos raros em jovens como ele.

À luta

Engana-se quem pensa que José Thomaz Nonô, presidente regional do DEM, fechou as portas para o chamado grupo de oposição ao palácio do governo. Como ele próprio disse ao confirmar encontro com Renan Filho, “conversar não tira pedaço de ninguém”. E assim tem feito, buscando fechar a coligação do seu partido.

Precário

O governo estadual está construindo, no momento, quatro hospitais, em municípios diversos. Até aí, tudo bem, é louvável a iniciativa. O problema é quem vai executar os serviços que, naturalmente, serão demandados. Uma pista: vai sobrar para os “precarizados”, que exercem atividade pública sem nenhum direito trabalhista.

De novo…

A Secretaria de Planejamento e Gestão anuncia para 2ª feira, dia 16 de abril, o início do recadastramento dos servidores públicos ativos da administração direta e indireta do Executivo. Deve ser, no mínimo, o 10º recadastramento dos últimos 30 anos. O detalhe é que será feito apenas on-line, em recadastramento.seplag.al.gov.br.

Respingo

Do site “Migalhas”: “Uma mulher foi condenada pelo crime de calúnia depois que chamou um vizinho de ‘advogado de Lula’ em grupo de WhatsApp com mais de 200 participantes. Para a 5ª turma recursal do TJ/Bahia, as acusações geraram sofrimento ao vizinho em sua vida familiar, social e profissional”.

* A Secretaria de Estado da Fazenda deu início a mais uma etapa do Calendário IPVA 2018. Nessa terceira fase, proprietários de veículos com placas de final 5 e 6 têm até o dia 30 de abril para quitar a primeira parcela do IPVA ou pagá-lo por inteiro.

*Será nesta 6ª feira, 13, às 21 horas, a apresentação da banda BaianaSystem, no Espaço Armazém. Na abertura, participação dos alagoanos Luiz de Assis e Rock Maracatu. O Espaço Armazém fica na Rua Sá e Albuquerque, bairro de Jaraguá, em Maceió.

*O projeto Sesc das Artes em Arapiraca dará início às suas apresentações, com show da cantora Elisa Lemos, às 20 horas de hoje, no Teatro Hermeto Pascoal. O projeto terá espetáculos musicais e de artes cênicas todas as segundas 6as feiras de cada mês.

*A exposição “Reencontro”, da artista visual Patrícia Melro, encerra hoje a fase de visitação, na Pinacoteca Universitária. A mostra tem curadoria de Henrique Gomes. A visitação é das 8h30m às 17h30m. Endereço: Praça Sinimbu, 206, Centro.

* O Cine Sesi desde 2002 democratiza o acesso à sétima arte. O projeto já está em sua 12ª Edição. De hoje a domingo o projeto contempla as cidades de Carneiros, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, e de Piranhas, no Pátio do Forrogaço. Às 18h30m.

*O IFAL está com inscrições abertas ao Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica, modalidade de Educação de Jovens e Adultos. Em Maceió, até 18 de maio; em Piranhas, somente até o dia 20 de abril.

*Após perder o título de 2018 para o CSA, o CRB inicia hoje, às 20h30m, em Barueri, sua trajetória no Campeonato Brasileiro da Série B. Este ano o clube não poderá vacilar, pois tem na competição a participação do CSA, seu tradicional adversário.

“Trancado em seus rancores, Lula perdeu o faro.”

Josias de Souza

Jornalista