Roberto Baia

10 de Março de 2018

Acredita na polícia

Em sua residência, em um condomínio do bairro Canafistula, em Arapiraca, Dona Terezinha, mãe do vereador Tony Pretinho, da cidade de Batalha, foi direta: “Acredito na polícia. É a única que pode esclarecer esse crime bárbaro e covarde do meu filho. Nossa família confia plenamente nas ações da instituição e que o autor pague por seu ato”.

 

Proteção da polícia

Ao lado de dois filhos, Dona Terezinha agradece ao secretário de Segurança Pública, Lima Junior, que concedeu a sua família proteção de 24 horas da polícia. “Quem a polícia disser que matou meu filho não temos dúvidas que é a pessoa responsável por essa barbaridade”, disse.

 

Está foragido

Tony Pretinho foi assassinado na porta de sua residência, em Batalha, um mês após a execução do vereador Neguinho Boiadeiro, pai de Baixinho Boiadeiro, que foi apontado pela polícia, durante uma coletiva de imprensa, como autor material da morte do vereador batalhense.

Baixinho Boiadeiro encontra-se foragido e está sendo procurado em Alagoas e outros Estados.

 

Procurou a imprensa

Por outro lado, a família de Baixinho Boiadeiro procurou a imprensa para afirmar que ele é inocente e que está sendo um bode expiatório no crime do vereador Tony Pretinho. Mércia Boiadeiro, viúva de Neguinho e mãe de Baixinho, revelou que vai sair de Alagoas, mas antes quer provar que seu filho não está envolvido no crime. Em um programa de rádio ela e sua filha Bahia Boiadeiro afirmaram que só entregam Baixinho Boiadeiro a Polícia Federal em Brasília.

 

Prisão decretada

Baixinho teve a prisão decretada no dia do assassinato do seu pai por ter atirado em José Emílio Dantas, primo do ex-prefeito Paulo Dantas, que está sendo apontado pelos Boiadeiros como um dos responsáveis pela execução de Neguinho.

 

Violência

Pelo andar da carruagem, a polêmica sobre os assassinatos dos vereadores em Batalha ainda vai render novos capítulos dessa novela que teve um começo recheado de violência e um enredo apimentado por suspenses, ataques e defesas entre as famílias Dantas e Boiadeiro.

 

Eram amigos

Pouca gente sabe, mas os Dantas e Boiadeiros já conviveram harmonicamente. Um importante político do Sertão alagoano revelou á coluna que a família Boiadeiro se estabeleceu em Batalha a convite da família Dantas.

As divergências políticas entre alguns membros das duas famílias teria sido a origem do conflito que chegou ao ápice com o assassinato do ex-prefeito José Miguel.

 

Em liberdade

Na época, foi apontado como autor material e posteriormente condenado pela justiça alagoana José Laércio Boiadeiro, hoje em liberdade após ter cumprido pena em um presídio do Agreste.

 

Queda de braço

Ao que parece o Governo do Estado de Alagoas ganhou a queda de braço com a prefeita de Lagoa da Canoa, Tainá do Dr. Lauro e está construindo a rodovia que dá acesso ao populoso povoado de Mata Limpa.

Os dois políticos se estranharam porque queriam construir a estrada, que tem um pouco mais de seis quilômetros de extensão.

 

Dia da Mulher

Para marcar o Dia Internacional da Mulher celebrado na quinta-feira (08), o Complexo Multidisciplinar de Equoterapia Tarcizo Freire e o Anexo l estão realizando durante toda semana ações voltadas ao público feminino.As homenageadas podem fazer testes de glicemia, aferição de pressão arterial, usufruir de serviços de beleza como corte de cabelo, escova, limpeza de pele, designer de sobrancelhas, manicure, massagem anti-stress, além de atividades corporais e palestras educativas com temas relacionados à mulher.

 

… Na sede da instituição, localizada no bairro Nova Esperança, em Arapiraca, uma exposição do Grupo “Mães Artesãs”, ensaio fotográfico, desfile e uma palestra sobre violência contra a mulher, com a advogada Ana Nunes. Atividades educativas com uma equipe de Enfermagem com apoio do Serviço Social, abordando métodos contraceptivos.

 

…De acordo com o gerente do Complexo, Michel Pereira, a ação é uma maneira singela de falar para cada mulher o quanto ela é especial e merecedora de todo respeito.

 

… Dando seguimento a programação, no Anexo l, do bairro Brasília, a psicóloga Thayane Rodrigues e a enfermeira Adrunyelli Ferreira, abordam os temas “Não a violência contra a Mulher”, e “Saúde da Mulher”.