Blog do Dresch

7 de Março de 2018

Pesquisa sobre a ELA tem financiamento do Ministério

O I Simpósio Internacional sobre Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) foi encerrado com a promessa de que o governo brasileiro vai acompanhar as necessidades para o tratamento dos portadores da doença. Segundo o secretário para Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, o alagoano Marco Fireman “não faltarão recursos para esta fase, nem para as demais. Os primeiros R$ 2,3 milhões foram apenas para implementar o laboratório e iniciar as pesquisas, mas de acordo com os resultados vamos continuar financiando” disse o representante do Ministério ao participar do encerramento do evento. O Simpósio envolveu gestores públicos, pesquisadores, profissionais, estudantes, pacientes de ELA e seus cuidadores, sendo iniciado dia 3 e concluído na noite do dia 5.

Seminário sobre ELA é produtivo 2

Os estudos apontam que a ELA é uma condição neurodegenerativa, que causa a morte de neurônios motores, levando a paralisia e morte em 2 a 5 anos após o início dos sintomas. O raciocínio, contudo, mantém-se intacto como se observa em dois dos seus principais pacientes: o astrofísico Stephen Hawking e o médico alagoano Hemerson Casado Gama, que desde que foi diagnosticado com a doença, tornou-se um ativista da causa dos portadores da mesma. Graças a ele e a sua luta, a Universidade Federal de Alagoas ganhará um laboratório completo com o que há de mais moderno em equipamentos e ferramentas, e os experimentos com células-tronco são um marco para Alagoas, segundo Marcelo Duzzioni, doutor em Farmacologia, ligado ao Instituto de Ciências Biológicas da UFAL.

 

Tribunais criticam juízes

A greve dos juízes federais, marcada para o próximo dia 15 com o propósito de pressionar o Supremo Tribunal Federal para manter as regras de concessão do auxílio-moradia, foi duramente criticada pelo Conselho dos Tribunais de Justiça, integrado pelos presidentes dos tribunais dos estados e do Distrito Federal. A manifestação foi oficializada na Carta de Maceió, aprovada na última sexta feira (2), após encontro aqui na capital alagoana. “Este Colegiado defende a legitimidade de direitos previstos na Lei Orgânica da Magistratura Nacional (Lomam) e em resoluções do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e entende inadmissível pressionar ministros da Suprema Corte com paralisação de atividades essenciais à sociedade, devendo prevalecer sempre a autonomia e a independência funcionais dos magistrados” diz o documento. A greve foi aprovada por 81% dos 1.300 filiados à Associação, que defende de pés juntos o princípio da moralidade, mas com a manutenção dos penduricalhos salariais como o auxílio-moradia.

Pela qualidade do frango

Não existe nenhum tipo de risco para o consumidor brasileiro da carne de frango produzida no país. Em mais uma etapa da Operação Carne Fraca, a Polícia Federal direcionou sua investigação á possíveis fraudes de resultados de análises da carne de frango, devido à contaminação pela bactéria Salmonela pullorum. O ministro da Agricultura Blairo Maggi alertou que a bactéria desaparece quando o alimento é cozido, frito ou assado. “O Ministério tem trabalhado em conjunto com órgãos fiscalizadores e com a própria Polícia Federal e garantimos que não existe nenhum tipo de risco no consumo das aves produzidas no brasil” garantiu Maggi.

Maia cai na estrada

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou que vai iniciar uma série de viagens pelo país, para tentar viabilizar sua pré-candidatura ao Planalto. Ele participa das filiações de novos parlamentares ao DEM e garantiu que vai visitar a cidade paraibana de Catolé do Rocha, cidade natal da família do pai, o ex-prefeito do Rio, César Maia (DEM). Ele deve ser lançado como pré-candidato nesta quinta (8), na convenção nacional do partido. A meta é tirá-lo do 1% da intenção de voto, para 7% até maio. Caso não consiga alcançar o objetivo ele voltará a trabalhar por sua reeleição. Ele teve 53.167 votos em 2014.

Maia cai na estrada 2

Uma das ideias de Maia na Câmara é buscar uma pauta mais popular, com projetos voltados ao combate à violência e recuperação da economia e geração de empregos. Também pretende apresentar um projeto para o seguro social familiar. A proposta unifica o Bolsa-Família e um conjunto de pequenos programas dispersos em diversas pastas. A ideia é remunerar beneficiados do Bolsa-Família pela mobilidade social e educacional. Também pretende se debruçar sob uma agenda educacional, uma vez que desde o início do governo Temer, o partido comanda o Ministério da Educação. Rodrigo Maia tem conversado bastante com o ex-ministro, alagoano Aldo Rebelo (PSB). Este seria o vice dos sonhos de Maia.

Sobre o Uber da Medicina

O Conselho Federal de Medicina (CFM) publica resolução que estabelece regras sobre a conexão de médicos e pacientes em consultas domiciliares, conhecidos com Uber da Medicina. Empresas que controlam os aplicativos deverão ter inscrição nos Conselhos Regionais de Medicina (CRM), ter um diretor técnico médico e arquivar prontuários de atendimento. Além disso, os aplicativos só poderão oferecer o serviço de especialistas de comprovada formação na área (com residência na especialidade escolhida) e com registro de qualificação. Também terão de seguir as regras da publicidade médica, como a proibição de divulgar valores cobrados em consultas em anúncios.

 

  • Um dos maiores traficantes de drogas da Bahia e que residia em Maceió há cerca de um ano, foi preso no último sábado em uma operação conjunta das polícias civis de Alagoas e da Bahia.
  • João Cleisson Mota Carvalho, o Didi, foi apresentado à imprensa nesta segunda (5) como o chefe de uma quadrilha que atuava em várias cidades baianas. Ele tinha oito mandados de prisão e era o “valete de paus” no baralho do crime elaborado pela SSP-BA.
  • Em Alagoas, Didi morava em um condomínio de luxo e tinha uma vida dupla, pois se passava por um empresário do ramo de imóveis e carros de luxo, condição em que fazia a lavagem do dinheiro obtido pelo tráfico.
  • Ele tinha sob seu controle a venda de drogas nos municípios de Feira de Santana, Paulo Afonso, Euclides da Cunha, Tucano e Ribeira do Pombal.