Edmilson Teixeira

2 de Fevereiro de 2018

Lei ‘invoca’ comerciantes de Rio Largo

Clima de revolta na cidade de Rio Largo por parte do setor empresarial que lida no comércio da região. É que a Prefeitura inventou agora um tal de imposto, que tem como alvo principal o tamanho de cada placa de anúncio dos estabelecimentos comerciais. Nas redes sociais, os empresários publicaram fotos, onde os fiscais aparecem com um caminhão de estação elevatória, medindo justamente a exposição visual de seus estabelecimentos. “Trata-se de uma Lei criada sem uma consulta prévia entre as  associações que representam a nossa categoria, cujo projeto foi enviado para a Câmara a toque de caixa”, cita o comentário…

Ataque

“… Este é o ‘prefeito do povo’ que foi eleito pelo povo para ajudar os pobres; mas, ao que parece isso ficou apenas como promessa de campanha. A sua postura hoje, é a de um revanchista desnorteado, sobretudo que não compactua com o atual momento econômico vivenciado pelo nosso povo. Na verdade, o estilo do governo de Gilberto Leôncio  é o de atacar o cidadão de bem; única e exclusivamente, com a finalidade de se vingar daqueles que não votaram nele durante sua campanha”

Atraso

Com uma população estimada em mais de 76 mil habitantes, conforme dados do IBGE de 2017, Rio Largo acumula um elevado índice de desemprego. “Uma cidade falida, que não gera recursos para o desenvolvimento social, sobretudo devido gestões anteriores que surrupiaram o erário público municipal; mas ao invés de incentivar a única fonte geradora de emprego, que é o Comércio, o prefeito Gilberto Leôncio aparece agora com essa ducha em cima da nossa classe empresarial”

Canapi

Merecidamente a administração de Canapi ganhou destaque no País, ao inovar durante o ano de 2017 em investimento de qualidade na Educação, cuja pesquisa realizada pela UBD- União Brasileira de Divulgação, órgão especializado no assunto, classificou-a na 57ª posição, entre os 100 municípios brasileiros contemplados.

Estratégia

Pois bem, esta semana, em Canapi,  com a finalidade de despertar em seus alunos o gosto pela boa e prazerosa leitura, com grande entusiasmo o prefeito Vinicius Lima deu o mote e a equipe pedagógica da escola João Vieira Maciel, desenvolveu o “Projeto Leitura”, cuja culminância aconteceu nas dependências da Escola reunindo a comunidade escolar que levou os convidados a uma viagem literária de bom gosto e qualidade.

Conteúdo

​Os estudantes foram apresentados aos grandes escritores da literatura brasileira em seus mais variados estilos, como Vinícius de Moraes, Graciliano Ramos, Monteiro Lobato, Ziraldo, entre tantos outros. Os textos primorosos desses autores foram mostrados ao público presente em forma de teatro, canções, jograis, danças e leituras, levando o recado contido nas obras famosas e imortais dos autores brasileiros.

 

Coqueiro Seco

Secretário do Meio Ambiente, Redson Cavalcante  tem mostrado inovação à frente da pasta no pacato município de Coqueiro Seco. Mobilizou todos os catadores de lixo, a fim de cadastrá-los dentro de um programa social, que visa gerar emprego e renda para todos, por meio de uma Cooperativa. Trata-se da coleta seletiva.

Investimento

“Ao logo desses dias, houve um trabalho de educação ambiental com a categoria, justamente para define a formação da Cooperativa e resolver o problema ambiental” comentou o secretário Redson Cavalcante, dando conta de que todo um suporte logístico vem sendo dado pela Prefeitura de Coqueiro Seco.

Padroeiras

Entre as cidades alagoanas que estão em festa religiosa nesta sexta-feira, estão União dos Palmares, Pilar e São Luiz de Quitunde. Respectivamente citamos Santa Maria Madalena, Nossa Senhora do Pilar e Nossa Senhora da Conceição, as padroeiras que serão festejadas com procissão e muita devoção pelas ruas das referidas cidades.

Joaquim Gomes

Uma das medidas tomadas pelos organizadores do Carnaval da cidade de Joaquim Gomes é a proibição da “vazia” música que vem sendo endeusada pelas redes sociais, TV e rádio do Brasil: “Que tiro foi esse?” da funkeira Jojo Maronttinni. Entende a comissão que definiu as regras da festa, formada pela Polícia Militar, Prefeitura e dirigentes de blocos, que a tal “canção” é uma verdadeira apologia a violência

Joaquim Gomes II

Segundo o site JG 40 Graus, a proibição levantou questões por parte de algumas pessoas nas redes socais. No caso a proibição de músicas “alusivas” a violência e a desvalorização da mulher durante as festividades na cidade. Para uns, o funk é apenas uma brincadeira, quando se fala: “Que tiro foi esse?”, se demonstra a questão do acerto, da precisão; para outros, isto é uma apologia à violência.

 

Senador Rui

Uma das medidas que a prefeita Jeane Moura vem tomando em seu município, é a abertura de barragens, a fim de amenizar problemas da seca em período de longas estiagens. Para tanto, foi buscar apoio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos. Por exemplo, no povoado Umbuzeiro Doce as máquinas estão perfurando uma área de  200h para essa finalidade. “ Outras sete barragens estão dentro do projeto” diz a gestora.

Avanço

O Canal do Sertão chegou ao km 110, no município de São José da Tapera, o sétimo beneficiado pela obra, que leva a água do rio São Francisco a localidades assoladas pela estiagem prolongada. Trata-se de uma obra, considerada a maior em infraestrutura hídrica de Alagoas e a segunda do Brasil, atrás apenas da Transposição do Velho Chico. O motivo é que o empreendimento iniciou o ano com R$ 92 milhões em investimentos, provenientes do Ministério da Integração Nacional.