Edmilson Teixeira

31 de Janeiro de 2018

Delmiro Gouveia- basta de violência

Bandidos arrombaram na madrugada de segunda-feira, a escola da rede municipal (Casinha Feliz).  Levaram aparelhos eletrônicos, a feira da merenda escolar e ainda defecaram em cima da mesa. Já na madrugada do dia seguinte foi à vez do Centro de Saúde da Mulher. Uma gang entrou, levou um aparelho de televisão e deixou a principal porta do órgão totalmente destruída. Esse é apenas um retrato da violência neste  início  de semana na cidade de Delmiro, onde o grau da bandidagem está sufocando a Segurança Pública da região.

Pilar – Carnaval pegando fogo

O clima de rivalidade política, sobretudo entre famílias, marca presença neste Carnaval na cidade do Pilar. É que o “Bloco Gente que Faz” que há 20 anos mantém uma tradição de alegria carnavalesca sem igual, sobretudo liderada pelo ex-prefeito Carlos Alberto Canuto, acaba de publicar nota de repúdio, dando conta de que a Prefeitura está fazendo sabotagem, a fim de impedir seu desfile este ano. Por conta disso, foi que seus organizadores resolveram se afastar dos festejos de momo 2018.

Pilar – sabotagem

 “Está bem claro que tem gente dentro da Prefeitura, que articulou uma sabotagem, a fim de implicar o desfile do bloco Gente que Faz. Veja bem; agendaram para a mesma data, horário e local que tradicionalmente a gente desfila ao longo de duas décadas, a presença de outro bloco formado por pessoas que não se afinam com o nosso lado; ou seja, articularam essa armação com o intuito de implicar o clima de paz na cidade”, disse Canuto, entendendo que o melhor caminho foi o de não desfilar, como forma de evitar um provável confronto entre os foliões.

Pilar – família

Portanto, o bloco ‘Gente que Faz’ decidiu ficar de fora, temendo um clima de violência, sobretudo numa cidade que detém um alarmante histórico de criminalidade sem precedência em Alagoas. O atual prefeito, Renatinho (PSDB) é sobrinho de seu antecessor, Carlos Alberto Canuto (PMDB), cujo grau de parentesco, ao que parece, não influiu em coisa alguma entre ambos, principalmente quando o assunto é política. Pois hoje o que está em jogo nessa família é palavra rivalidade!

Campo Alegre

A Prefeitura divulgou a programação oficial do “Carnaval da Integração 2018”. Serão quatro dias de muita folia e animação. No roteiro da festa, haverá shows na cidade, no povoado Chã da Imbira, Usina Porto Rico e no distrito de Luziápolis. “Assim como nos anos anteriores o ponto alto do nosso Carnaval tem sido os grandes arrastões de rua no Povoado Chã da Imbira, Distrito Luziápolis e na sede do município” disse um dos organizadores.

Paripueira

A novidade do Carnaval de Paripueira para este ano é o bloco “Miss Paripueira”. O estreante bloco presta uma homenagem à folclórica figura de dona Ambrozina Maria da Conceição, que nos anos 70 e 80 costumava desfilar livremente pelas ruas de Maceió, ornamentada de um exótico traje de roupa, além de bijuterias  que chamava a atenção de todos, cuja personagem ganhou justamente o apelido de Miss Paripueira, por ser natural daquela cidade, que então pertencia Maceió.

Critério

Segundo os organizadores, o bloco é aberto para toda a população e turistas que queiram participar do desfile. A organização do bloco Miss Paripueira sugere que as mulheres adotem o estilo de Miss Paripueira que usava vestidos coloridos, muitas pulseiras, colares, brincos coloridos e sua marca registrada os óculos escuros, como fantasia para acompanhar o bloco.

Lado masculino

Para os homens, também há sugestão de fantasia. O estilo de Severo Salgado Salles, um personagem protagonista da novela “Meu rico português”, que foi exibida pela extinta TV Tupi em 1975. Miss Paripueira “adotou” o personagem como seu noivo e acreditava que ele estava chegando de Portugal para casar com ela.

Encontro

Num evento promovido pelo Cosems/AL na última segunda-feira em Maceió, compareceram mais de 200 profissionais, entre eles técnicos, coordenadores e gestores de 81 municípios alagoanos. Trata-se do Seminário de Integração da Atenção Básica e Vigilância em Saúde, que ocorreu no auditório da OAB/AL, em Jacarecica.

Entrada

O vice-presidente do Cosems/AL, Rodrigo Buarque, também secretário de Saúde de Jundiá, ressaltou que a integração deve iniciar na Secretaria de Estado da Saúde de Alagoas (Sesau), uma vez que os municípios sentem falta do apoio do Estado principalmente na área de Atenção Primária, já que é a porta de entrada para as Redes de Atenção.

Pauta

Nesse Seminário do Cosems/AL, foram tirados encaminhamentos a exemplo da construção de um Grupo de Trabalho (GT) para discutir das questões vinculadas à integração entre AB e Vigilância; reunião quadrimestral e bimestral por Região de Saúde e com coordenadores da Atenção Básica e Vigilância, para promover a interação e troca de experiências entre estes profissionais.

Oportunidade

Uma grande oportunidade para os alagoanos que gostam do  mundo da arte. É que o nosso Sesc  abriu processo de seleção para espetáculos artísticos nas linguagens de Música, Artes Cênicas e Literatura, a fim de compor a programação do Sesc das Artes 2018. Serão selecionados espetáculos para apresentações no Teatro Jofre Soares, em Maceió, e no Teatro Hermeto Pascoal, em Arapiraca.

Dicas

As inscrições são gratuitas e podem ser feita até às 18h do dia 28 de fevereiro/2018. O resultado da seleção será divulgado no site do Sesc/AL a partir do dia 05 de março. Após a divulgação dos selecionados, os grupos e artistas devem ter disponibilidade para atender às datas das apresentações propostas no edital e apresentar documentação jurídica. Informações: 3201-1374 / 3201-1373/ 3482-240.