Blog do Dresch

20 de Janeiro de 2018

Sai de Baixo no Carnaval de Falabella

          Com o enredo “Um coração urbano: Miguel, o arcanjo das artes saúda o povo e pede passagem” a Escola de Samba Unidos da Tijuca, vai levar um pouco da TV brasileira, da vida e da carreira do ator, diretor, produtor, escritor e cineasta na TV, Miguel Falabella. Atores e atrizes que estiveram ao lado do homenageado em programas marcantes, estarão compondo o desfile. A atriz Marisa Orth vai reviver a Magda do Sai de baixo (Cala a boca, Magda!), Claudia Jimenez assume o papel da empregada Edileusa, e Arlete Salles detona tudo com a sua tresloucada e vaidosa Copélia, do Toma Lá Dá Cá. Também confirmaram presença Aracy Balabanian, Cissa Guimarães, Cláudia Raia, Stella Miranda, Alessandra Maestrini e Érico Brás.

Sai de Baixo neste Carnaval 2

             Além da homenagem aos programas de televisão em que Falabella foi o protagonista, a Unidos da Tijuca pretende mostrar as multifacetas do artista no teatro, na TV e no cinema. Um dos carros alegóricos se transformará em um palco, adiantou a carnavalesca Annik Salmon. Ela disse que também será retratada a paixão dele pelo carnaval. Falabella foi o carnavalesco do Império da Tijuca por quatro anos (1993 a 1996) e é de sua autoria o enredo que alçou a Acadêmicos da Rocinha ao Grupo Especial. Para o desfile a produção de alegorias já está com 90% concluídas. A explicação é que a temática favoreceu a Comissão do Carnaval a explorar a criatividade, utilizando materiais mais econômicos, já que a Escola não tem patrocinador.

Temer nomeava na CEF

              Em uma nota escrita dentro da cadeia em que se encontra, no Paraná, o ex-deputado Eduardo Cunha (MDB-RJ) negou ter influência na indicação da cúpula da Caixa Econômica Federal (CEF), e que a nomeação dos vice-presidentes afastados esta semana coube ao Presidente Michel Temer. Disse ainda que não tem “relação”, “influência” ou “qualquer relação pessoal” com os afastados por suspeitas de irregularidades. Cunha garantiu ainda que Antônio Carlos Ferreira que esteve à frente da vice-presidência Corporativa da Caixa, foi indicado pela então deputada e hoje senadora Rose de Freitas (MDB-ES) ligada a Temer. Ferreira teria sido indicado para substituir Geddel Vieira Lima, em 2014. Cunha admitiu que esteve com Ferreira “umas duas vezes” após sua nomeação. “Ele me procurou para se colocar à disposição da bancada por orientação de Rose de Freitas” justificou Eduardo Cunha.

Calendário agrícola

                   Com a finalidade de discutir estratégias de planejamento para o setor agrícola do Estado, o secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, Antônio Santiago reuniu dirigentes dos órgãos vinculados à pasta, para definir projetos e objetivos para 2018. Discutiu-se a situação de cada órgão (Emater, Ideral, Iteral e Adeal), os projetos em execução iniciados em 2017 e que deverão ter sequencia agora, além de outros programas a serem implantados em Alagoas, e que devem atender ás necessidades estabelecidos pela política agrícola do Governo.

Calendário agrícola 2

                   No entendimento do secretário Antônio Santiago “esta foi a forma de trabalhar de maneira integrada com os representantes de cada órgão vinculado, discutindo o desempenho dos projetos executados e os benefícios das ações para o nosso público alvo, que são os agricultores familiares” explicou. Também foram tratadas algumas ações que já estão em execução em todas as regiões do Estado, com destaque para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), assistência técnica aos agricultores, cadeia produtiva do leite, vacinação do rebanho entre vários outros.

Assassino de crianças

                   Uma série de assassinatos está deixando moradores da cidade de Kasur, no Paquistão, em pânico. Já foram 12 crimes, sempre com as mesmas características e em mais da metade das vítimas, o mesmo DNA foi encontrado. No início de Janeiro foi encontrado o corpo de Zainab Fatima Ameen, de apenas seis anos. Ela foi estuprada e morta. Houve uma grande manifestação em Kasur, cidade fronteiriça com a Índia, com a população atacando a incendiando prédios públicos, culminando com a morte de dois manifestantes por policiais. Zainab foi a décima segunda vítima atacada nos últimos dois anos. As autoridades paquistanesas não têm dúvidas que se trata de um “serial killer”.

Assassino de crianças 2

                   Em ao menos seis casos, os investigadores encontraram o mesmo DNA, segundo o médico Nazir Ahmed, encarregado das autópsias. “Todas as vítimas parecem apresentar o mesmo tipo de ferimentos, com marcas de estrangulamento, queimaduras, facadas e cortes”. Os habitantes de Kasur culpam a polícia de inação, como já ocorreu em 2015 com um escândalo de pedofilia, onde pelo menos 280 crianças foram abusadas sexualmente e filmadas, e suas famílias foram chantageadas. Nos casos atuais, apenas uma menina de seis anos sobreviveu, foi encontrada em um lixão, mas ficou tetraplégica e não pode falar.

  • Muita gente chorou de tristeza e tantos outros preocuparam-se com a possibilidade de esgotar o estoque. Tudo isso pelo crime cometido na última quarta-feira.
  • Uma carreta de cor branca, marca Scania, de placas QKI do Rio Grande do Sul, com uma carga de whisky Johnnie Walker Red Label (conhecido como “Vermelhão”) foi roubada e abandonada na BR 101, próximo à cidade de São Miguel dos Campos.
  • A polícia recebeu a informação do roubo, por parte da empresa proprietária da carreta, graças ao serviço de rastreamento por satélite.
  • Os policiais da 5ª Companhia Independente, localizaram o veículo, mas sem a carga de 14 mil garrafas da bebida.
  • Segundo cálculos feitos por entendidos da área, a carga estava avaliada em R$ 1,5 milhão.
  • Os assaltantes fugiram sem deixar rastro.