Roberto Baia

16 de janeiro de 2018

Processo seletivo

dr magela 2 600x300 c - Processo seletivo

Com Live Comunicação – O Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, que tem como provedor Geraldo Magela Pirauá, divulgou o edital do processo seletivo para o programa de residência médica, credenciado pelo Ministério da Educação.

 

Inscrições

As inscrições podem ser feitas de 29 de janeiro a 08 de fevereiro, exclusivamente pela internet, no endereço www.aremg.org.br, no link “Processo Seletivo”. Antes de iniciar a inscrição o candidato deverá providenciar cópia do documento de identificação com foto, digitalizada frente e verso a ser enviada via sistema.

Segunda a sexta

O HR disponibilizará um terminal de computador para os candidatos que queiram fazer suas inscrições, na sala da Coreme, de segunda a sexta, das 10h às 16h. A taxa de inscrição é de R$260, podendo ser paga com cartão de débito ou crédito. Já para pagamento via boleto haverá desconto de 5% com vencimento no dia subsequente.

Dois anos

Ao todo, duas especialidades médicas – Cirurgião Geral e Ginecologia e Obstetrícia – estão disponíveis para o preenchimento de quatro vagas (duas para cada). O curso tem duração de dois anos.

O Processo Seletivo será realizado em duas etapas, sendo a primeira etapa uma prova geral de conhecimentos médicos com valor de 90 pontos (em 18 de fevereiro) e a segunda etapa composta por análise curricular padronizada com valor de 10 pontos. O resultado final será divulgado no dia 26 de fevereiro.

 

Expectativa

O provedor do Hospital Regional de Arapiraca, Magela Pirauá, explicou que a residência é uma conquista para a unidade e que se espera um bom número de participantes do processo seletivo.

“Esse é um importante momento para nossa instituição e, certamente, será para os aprovados. Vamos compartilhar conhecimento e melhorar o atendimento aos usuários, o que sempre nos deixa mais entusiasmados”, falou.

Exames gratuíto

Com a meta de ampliar os índices de cobertura em saúde, a prefeitura de Olho D´água Grande, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu a primeira grande ação do setor em 2018. Durante dois dias, mais de 120 mulheres tiveram acesso gratuitamente ao exame de mamografia – a principal forma de detectar o câncer de mama.

Toda atenção

“O câncer de mama é um assunto que merece atenção durante todo o ano, por isso, mais que tratar a doença, temos trabalhado intensamente na prevenção. O mutirão ajuda na detecção da doença – que quanto antes for identificada, maiores as chances de cura”, afirmou a secretária, Maria Vieira. ASCOM.

Fora do Cauc

Com Luciana Araújo – Os dados são alarmantes e revelam o tamanho da crise financeira em que estão mergulhados os municípios brasileiros e alagoanos. De acordo com o último relatório da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) 73 municípios dos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraíba e São Paulo já decretarem Estado de Calamidade Financeira, e 84% dos municípios alagoanos e 89% das cidades brasileiras estão com o nome sujo no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias, o Cauc.

 

Liberação de recursos

A inclusão nessa lista inviabiliza a liberação de recursos do Governo Federal e poucas são as prefeituras que mantiveram os nomes limpos, com a Certidão Negativa de Débito e as obrigações em dia. Felizmente, Palmeira dos Índios se destaca por ter ficado fora da “lista negra” do Cauc.

Registros

O Cauc consiste em um sistema de registros de informações, disponíveis nos cadastros de adimplência ou sistemas de informações financeiras, contábeis e fiscais, geridos pelo Governo Federal. É um instrumental facilitador às partes, no momento da formalização de convênios e do recebimento de recursos.

Manter em dia

Para estar apto a receber as transferências voluntárias, o município deve cumprir itens de averiguação, como manter-se em dia com as contribuições previdenciárias e o FGTS ou divulgar os relatórios financeiros dentro dos prazos legais (como a Demonstração de Contas Anuais e o Relatório Resumido de Execução Orçamentária, RREO) entre outros requisitos fiscais.

… Para deixar o nome longe do Cauc, o prefeito de Palmeira dos Índios Júlio Cezar tomou algumas medidas austeras para manter o município com o nome limpo e apto para receber os recursos provenientes do Governo Federal.

… “Tomamos várias medias de austeridade, sem comprometer os nossos serviços, mantendo o pagamento em dia com os servidores e fornecedores, apesar da crise enfrentada pelos municípios”, disse.

… Segundo Júlio Cezar, com planejamento a gente chega lá e foi o que fizemos. Nos próximos dias iremos reunir toda a equipe de governo, durante dois dias, para planejar as ações de 2018. “Este é o segredo. Não se administra com sorte e nem com milagre, é com gestão”, completou.