Roberto Baia

30 de dezembro de 2017

Balanço geral

Com Live Comunicação – “Um esforço para oferecer atendimento humanizado e de qualidade na grande missão de salvar vidas”. Foi com essa frase que o provedor do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho, Magela Pirauá, destacou os dados divulgados nesta semana sobre o número de cirurgias realizadas na instituição.

Só entre janeiro e setembro deste ano, o Hospital Regional realizou 3128 cirurgias. Uma media de 346,5 por mês. Só em cirurgia obstétrica foram 1465 procedimentos. Já as cirurgias gerais foram realizadas 885 vezes.

Referência nacional

As cirurgias bucomaxilo, na qual o HR é referência nacional desde o ano passado, voltou a apresentar números impressionantes. Nos nove primeiros meses do ano foram 459 operações. O que garante uma média de 51 procedimentos todo mês.

Os dados mostram também que ocorreram 295 cirurgias vasculares e 24 otorrinas.

Cirurgias

Para o diretor médico Ulisses Pereira, o crescimento no número de cirurgias mostra o resultado do trabalho que vem sendo desenvolvido pelos profissionais do hospital.

“Somos referência em atendimento de média e alta complexidade, principalmente quando falamos de cirurgias emergenciais. Esses dados revelam que os tratamentos estão dando certo e que o nosso serviço garante qualidade para população”, comentou.

Esforço da direção

O provedor Magela Pirauá afirmou que o resultado mostra o esforço da direção do hospital em viabilizar as cirurgias. “Um esforço para oferecer atendimento humanizado e de qualidade na grande missão de salvar vidas. Por isso é indiscutível o quanto estamos avançando no atendimento aos pacientes”, disse.

 

Foram denunciados

O Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) denunciou na quarta-feira, 28, o prefeito do município de Mata Grande, Erivaldo de Melo Lima, o Erivaldo Mandú, e os vereadores Diana Gomes Brandão Malta – também secretária de Governo, Joseval Antônio da Costa, Teomar Gomes Brandão e Josivânia Cordeiro Freitas de Oliveira por dois crimes contra administração pública previstos no Código Penal brasileiro (CPB).  O MP  também requereu a condenação dos denunciados por crime de corrupção e a perda dos cargos do prefeito e dos vereadores.

 

Estão presos

Os acusados estão presos desde o último dia 24, em uma operação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), cujas prisões foram determinadas pelo desembargador Celírio Adamastor, que estava no plantão do Tribunal de Justiça.

 

As provas

A denúncia foi ajuizada pelo chefe do MPE/AL, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, em função do foro por prerrogativa de função de que goza o denunciado Erivaldo de Melo Lima. Segundo o procurador-geral de justiça, as provas acostadas aos autos são suficientes para mostrar que o prefeito de Mata Grande praticou o crime de corrupção. “Era um verdadeiro ‘mensalinho mata-grandense’. O teratológico ilícito destinava-se a manutenção de apoio político, evitar a fiscalização dos atos do prefeito pela Câmara de Vereadores, bem como a aprovação dos projetos por ele enviados”, afirmou Gaspar.

Foi enquadrado

Erivaldo de Melo Lima foi enquadrado no artigo 333 do Código Penal, que qualifica como crime “oferecer ou prometer vantagem indevida a funcionário público, para determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício”. Já os vereadores foram denunciados pelo ilícito previsto no artigo 317, que tipifica como crime “solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem”.

Show da virada 1

O prefeito Júlio Cezar recebeu hoje (28) representantes do Serviço de Atendimento Móvel (Samu), Corpo de Bombeiros, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Polícia Militar, Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Smtt), Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Convívio Urbano (SPCU) e o coordenador do Natal de Luz, secretário de Planejamento Adalberon Sá, para ajustar o plano de contingência a ser executado durante o Show da Virada, no réveillon, próximo dia 31, véspera de Ano Novo. Os empresários responsáveis pela queima de fogos que será feita durante a festa também participaram da reunião.

 Show da virada 2

O prefeito Júlio Cezar pediu atenção especial ao Corpo de Bombeiros quanto à fiscalização dos barraqueiros que usarão botijões de gás para o preparo de alimentos e à instalação dos fogos que serão estourados na passagem de 2017 para 2018. O prefeito também lembrou que o local da festa está sendo monitoramento por câmeras de segurança, para dar um maior suporte na identificação dos participantes do evento. “Será proibida a circulação de veículos nas proximidades da Praça, para evitar acidentes. Somamos esforços para que a festa aconteça com a maior tranquilidade e para que possamos, no dia primeiro de janeiro, fazer um balanço da festa com ocorrência zero. Teremos policiamento reforçado para garantir a segurança dos participantes da festa, além das câmeras de videomonitoramento”, destacou o prefeito.

… Em Santana do Ipanema o MPE, por meio da Promotoria de Justiça, abriu um procedimento preparatório de inquérito civil para apurar denúncias sobre danos ambientais provocados pelo Hospital Regional Dr. Clodolfo Rodrigues de Melo. A portaria está publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (28).

… Conforme a portaria, a promotoria recebeu peças de informações que retratam diversas irregularidades em desfavor do meio ambiente. Todas as irregularidades teriam sido praticadas pelo hospital.

… Entre as irregularidades, estão, o lançamento de resíduos sólidos, líquidos, gases e detritos em desacordo com as exigências estabelecidas em lei e atos normativos.