Roberto Baia

7 de novembro de 2017

Residência médica

“Ganha o profissional, ganha Arapiraca, ganha a população alagoana”. Foi com essa afirmação que o médico Ulisses Pereira revelou que o MEC (Ministério da Educação) aprovou o credenciamento provisório de Residência Médica do Hospital Regional Nossa Senhora do Bom Conselho.

 

Duas áreas

São 10 vagas para duas áreas, sendo seis em ginecologia/obstetrícia e quatro em cirurgia geral. Em 2018, serão duas vagas para R1 de cada programa. No ano seguinte, duas vagas para R2 também de cada programa e em 2010, duas vagas para R3 em Ginecologia e obstetrícia.

O edital do Processo Seletivo para o programa já está sendo articulado junto à CEREM de Alagoas e em breve será divulgado.

 

Importante passo

Segundo Ulisses Pereira, que é diretor médico do Hospital Regional, a residência é um importante passo que a instituição estará dando na melhoria da qualidade do atendimento. “São 10 novos médicos trabalhando conosco. Com isso, são mais pacientes sendo assistidos”, falou.

 

 

Supervisionada

O provedor do Hospital, Geraldo Magela, explicou ainda que a Residência Médica será supervisionada por profissionais altamente qualificados e que já atuam em suas áreas na unidade.

 

Libras e Braille

Visando facilitar qualquer tipo de comunicação direta à pessoa com deficiência sensorial ou com alguma dificuldade de comunicação, a Assembleia Legislativa aprovou a indicação nº 437/2017 de autoria da deputada Thaise Guedes (PMDB), que propõe a inclusão das disciplinas de Libras e de Braille na formação acadêmica de pedagogos, para o seu uso em todo as faculdades e universidades de Alagoas.

 

Educação inclusiva

Para a deputada, rediscutir o real papel da escola e a formação de professores são passos imprescindíveis para a construção de uma educação inclusiva de qualidade, no sentido de colaborar para um melhor desenvolvimento da aprendizagem, além de diminuir as barreiras causadas pelo estigma da deficiência.

 

 

 

Oportunidade

“É uma oportunidade de especialização do médico formado e uma grande conquista para quem faz a saúde do nosso Estado. E quando a primeira turma for concluída, o Hospital Regional passará por nova avaliação do MEC, podendo ampliar o número de vagas e também de especialidades ofertadas”, explicou.

 

Santana do Ipanema

Com uma programação intensa, a sétima edição do Encontro Científico Cultural de Alagoas (Enccult) terá início nesta quarta-feira (08), no Campus II da Universidade Estadual de Alagoas, em Santana do Ipanema. A abertura acontecerá, às 14h, com a palestra “200 anos de Alagoas, produção e desenvolvimento”, que será ministrada pelo historiador Douglas Apratto.

 

Diferentes áreas

Os minicursos, são mais de dez opções, em diferentes áreas, acontecerão a partir das 8h, do primeiro dia do evento, e prosseguem até a sexta-feira (10). O público também poderá participar de oficinas, apresentações de trabalhos de forma oral, palestras,  visitas técnicas, atividades culturais e concurso de fotografia.

 

Grupo Caatinga

 

O Enccult, uma iniciativa do Grupo Caatinga de pesquisas científicas, coordenado pelo professor José Crisólogo de Sales Silva, é um evento multidisciplinar que contempla várias áreas da ciência, como humanas, biológicas, agrárias, sociais, saúde, ambientais, econômicas, além de abordar o desenvolvimento rural e cultural, congregando pesquisadores, professores e alunos, profissionais, produtores privados e empreendedores em geral.

Todas as atividades serão realizadas no Campus II da Uneal e na unidade do Instituto Federal de Alagoas (IFAL), em Santana do Ipanema.

 

Palmeira dos Índios

A primeira turma de formandos do curso de  Administração Pública (2012/2017), do Instituto Federal  de Alagoas (Ifal) Campus Palmeira dos Índios, fez uma homenagem especial ao prefeito Júlio Cezar, na cerimônia de colação de grau que aconteceu na noite desta sexta-feira (3), no auditório do Instituto.

 

Homenageado

A turma é composta por 15 alunos, e segundo Elaine Costa, que faz parte da comissão organizadora da formatura, a escolha do nome do prefeito foi unânime pelos formandos. “Escolhemos o prefeito Júlio Cezar para ser o homenageado porque o nosso curso é de Administração Pública e ele é um homem público, que vem se destacando pela maneira que vem conduzindo a sua gestão na Prefeitura de Palmeira dos Índios. Para nós, um exemplo de Administração Pública”, explicou a formanda.

 

 

… Na ocasião, o prefeito recebeu uma placa de homenagem, que foi entregue pelo também formando Marcos Antônio de Oliveira, servidor público municipal da Secretaria de Finanças.

 

… Júlio Cezar agradeceu dizendo que administrar o município de Palmeira não tem sido fácil.

 

… “Me sinto honrado em receber esta grande homenagem. Não é fácil administrar uma cidade hoje. Quero fazer uma parceria com vocês que estão se formando agora. Peço que me ajudem a continuar administrando a  nossa cidade com decisões certas e inovadoras. Muito obrigado”, agradeceu o prefeito.