Edmilson Teixeira

20 de outubro de 2017

Passageiros da agonia

Parte dos prefeitos alagoanos está retornando de Brasília depois de mais uma viagem aventureira, sobretudo na busca de solução para a crise que afeta os municípios. Na quarta-feira, eles foram recebidos pela bancada federal de Alagoas na sede da CNM. Por enquanto, a bronca toda está sobrando para quem atual como servidor comissionado e contratado. Esta semana, por exemplo, os gestores de Atalaia e Piranhas dispensaram   toda essas categorias; engrossando ainda mais o bolo de desempregados do Brasil, que já margeia a casa dos 14%.  São muitos os prefeitos que tomaram essa iniciativa em Alagoas nesses últimos dias. 

  

Carta de apelo

No encontro, os prefeitos assinaram uma carta pública, destinada ao presidente Michel Temer. O manifesto reitera a importância de apoio financeiro emergencial de R$ 4 bilhões para os Municípios brasileiros. Presente ao encontro, o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, manifestou apoio aos gestores municipais. “Quero me comprometer com a pauta municipalista. Vou levar esse pleito ao presidente Michel Temer”, informou.

 

Piranhas

 

Uma indigesta notícia tomou conta ontem de Piranhas, sobretudo para centenas de pessoas que trabalham na Prefeitura em cargos comissionados e contratados. É que a prefeita Maristela baixou uma portaria exonerando todos os cargos, a fim de assegurar fluxo de caixa para garantir a máquina administrativa funcionando. Atribui à medida, as constantes quedas de repasse financeiro dos governos federal e estadual, em meio a essa desastrosa crise provocada pelos corruptos de Brasília.

 

Praia

 

Neste sábado  das 8h às 12h, mais uma edição do projeto “Praia Acessível” acontece na orla marítima de Pajuçara. A ação é uma UNINASSAU, com a Secretaria Municipal de Esporte, Lazer e Juventude (Semelj).  A iniciativa visa oferecer práticas esportivas e lúdicas para pessoas com deficiências, que são atendidas por diversas instituições sociais de capital e interior. Estudantes dos cursos de Fisioterapia, Nutrição, Serviço Social, Enfermagem e Pedagogia da UNINASSAU Maceió participam da atividade.

 

Cardápio

 

Entre as atividades programadas estão bocha adaptada, goalball, funcional, beach vôlei sentado, beach soccer, basquete, stand up e banho de mar assistido. Também serão oferecidos serviços como aferição de pressão, ginástica laboral e massagem.

 

Penedo

Técnicos da Codevasf participaram na quarta-feira, de uma reunião do Fórum Temático da Aquicultura de Alagoas, que avaliou o cenário da carcinicultura no estado. A reunião foi realizada no auditório da Codevasf em Penedo (AL) e serviu para identificar os atuais desafios da atividade aquícola, e também para propor soluções para o fomento à criação de camarão, especialmente no Baixo São Francisco alagoano.

Origem

“Diante da missão da Codevasf de promover o desenvolvimento regional, a empresa vem atuando desde a década de 1970 para fomentar atividades aquícolas aqui na região do Baixo São Francisco. Com o fomento à carcinicultura, apostamos em mais uma frente para estruturação do desenvolvimento regional e participar do fórum é de fundamental importância para que a Codevasf se mantenha atuante na execução de políticas públicas do Governo Federal”, destacou o engenheiro de pesca do órgão, Paulo Pantoja. 

Pão de Açúcar

O dia que marca a luta em busca de melhores condições de vida para famílias que ainda passam fome no mundo foi celebrado com esperanças de dias melhores para a população mais de carente do município de Pão de Açúcar, com a assinatura de um convênio entre o Governo de Alagoas e a Prefeitura.

Sentimento

“Estamos dando um passo muito importante para os pão-de-açucarenses e principalmente para aquelas famílias consideradas carentes e que necessitam do apoio de programas sociais. Com a parceria firmada hoje, daremos uma melhor refeição e maior qualidade de vida para nosso povo”, destacou o prefeito de Pão de Açúcar,  Flavinho.  

Outros

Inicialmente o convênio contempla além de Pão de Açúcar, os municípios de Batalha, Marechal Deodoro, Pilar, Santana do Ipanema, São Sebastião, Teotônio Vilela, Cajueiro e Murici, totalizando nove cidades beneficiadas. Dos R$ 350 mil já garantidos pelo Fundo de Erradicação a Pobreza (Fecoep), para a primeira fase – que é o processo de licitação e construção dos centros -, serão repassados 20% do valor total e, conforme forem sendo cumpridas as etapas, serão repassados gradativamente os recursos.

Arapiraca

 

“O envolvimento da sociedade será o apoio fundamental para o crescimento de Arapiraca que terá mais de 60 obras em 2018”. Esta foi a declaração o prefeito Rogério Teófilo durante o início da pavimentação da Rua Nossa Senhora de Fátima, na manhã de ontem. “Estamos engajados com toda a equipe de trabalho e as construtoras parceiras para fazermos o que Arapiraca precisa. Além desse serviço de pavimentação estamos calçando outras ruas e melhorando a qualidade de vida da população”, declarou secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Daniel Oliviera.

 

Água 

A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) já tem assegurada a quantia de R$ 3 milhões para viabilizar investimentos que ampliam o acesso à agua nos municípios localizados no Sertão alagoano. A verba destinada foi garantida pelo ministro do Turismo e deputado federal licenciado, Marx Beltrão, cujo  anúncio foi feito junto ao titular da Semarh, Alexandre Ayres, esta semana.