Sérgio Toledo

4 de outubro de 2017

Por que tanta violência?

Não sou psiquiatra ou psicólogo, entretanto vou tentar entender o motivo de tanta violência.

A razão principal é a falta de educação caseira e escolar. Com a mesma vem o respeito pelo outro ser humano.

O respeito passa por algo muito simples: o meu direito vai até onde começa o direito do outro ser humano.

A solidariedade. Ser solícito ao permitir um automóvel passar na sua frente numa saída de rua. Não fechar o cruzamento, deixando outro veículo transitar. Avisar que vai mudar de faixa ligando o pisca. Utilizar a vaga correta caso não seja deficiente, grávida ou sexagenária.

Saber que cada pessoa tem direito de pensar, agir e ir ou vir de acordo com sua vontade desde que não vá de encontro aos ditames legais. Religião, politica, esporte, gênero, moda, etc. não são razões para agressões muito menos atentados.

Cada vez que são liberadas armas com o intuito de defender o cidadão de bem, os cidadãos de bem ou de mal ficam  mais “fortes”, mais “corajosos”, e “acham” que podem tudo e os outros não podem nada. Assim os atentados acontecem semelhantes ao verificado recentemente em Las Vegas.

Como podemos imaginar que um cidadão tenha em seu poder legal e livremente mais de vinte armas de vários calibres e potências com suas respectivas cargas?

Enquanto a humanidade pensar como agora pensam os espanhóis que querem a Catalunha emancipada com certeza não haverá paz. Os londrinos também fizeram plebiscito para saírem da comunidade europeia e agora menos de seis meses já estão arrependidos.

Concluindo acredito que educação é a palavra chave, pois ela engloba tudo que nos leva a um bom convívio e relacionamento com o ser humano do lado.