Flávio Gomes

27 de setembro de 2017

As piores suspeitas

Jornalista Josias de Souza, em seu blog: “No setor ambiental o governo de Michel Temer faz o pior o melhor que pode. Há um mês, o presidente baixou de surpresa um decreto abrindo para exploração mineral uma área da floresta amazônica do tamanho do Estado do Espírito Santo, que estava protegida havia 33 anos. Houve enorme gritaria. Temer reformulou o decreto. As críticas continuaram. Temer suspendeu os efeitos do decreto, abrindo espaço para negociação. O presidente apanhou indefeso no Rock in Rio E decidiu revogar a encrenca. O decreto sai de cena da mesma maneira que entrou: de fininho. O governo Temer não tem uma boa cara. Na medida em que expõe suas contradições, comete burradas e provoca suspeitas, o governo fica ainda mais feio. A taxa de aprovação de Temer já roda na casa dos 3%. Mais um pouco e o presidente entra para a história com um índice negativo de popularidade. O vaivém de Temer estimula uma dúvida: que negociatas se escondiam atrás desse decreto? O governo sustenta que tudo seria feito de maneira irrepreensível. Mas uma pulga atrás da orelha interroga o brasileiro: existe alguma coisa mais suspeita do que uma conduta absolutamente irrepreensível de um governo apinhado de ministros investigados e chefiado por um presidente com duas denúncias criminais no prontuário?”

Plano

O conterrâneo Aldo Rebelo, natural de Viçosa, conseguiu espaço no noticiário político, em nível nacional, apesar de toda a agitação em Brasília por conta da segunda denúncia contra Temer e da Lava a Jato. É que, após 40 anos de militância no PC do B, Aldo foi para o PSB e articula ser candidato a vice-presidente da República.

Histórico

Em 1977, Aldo deixou o curso de Direito na Ufal e o cargo de repórter no antigo Jornal de Alagoas e foi para São Paulo cumprir missão partidária. Foi vereador na capital paulista e exerceu cinco mandatos de deputado federal pelo Estado. Presidiu a Câmara dos Deputados e foi duas vezes ministro, nos governos do PT.

Bronca

Uma decisão judicial que deverá ter desdobramento político: a 2a Turma do STF julgará em 10 de outubro o recebimento de denúncia contra o senador Renan Calheiros. Se acatar, ele se tornará réu na Lava Jato pela primeira vez. Renan é alvo, ao todo, de 17 inquéritos e uma ação penal no Supremo Tribunal Federal.

Convergências

Eunice Nonô completa sábado, dia 30, 90 anos, mesma idade que Moacir Teófilo festeja 2ª feira, 2 de outubro. Além da mesma idade e de serem advogados, ambos dirigiram a Secretaria da Educação e têm filhos políticos: José Thomaz Nonô e Rogério Teófilo, respectivamente – ambos igualmente formados em Direito.

Efeito natural

O empresário Rafael Tenório entrou para a história do CSA, ao dar ao clube uma gestão profissional e conseguir bons resultados em campo, em pouco tempo. O ápice foi levar o CSA à Série B do Brasileiro. E pode chegar ao título da Serie C. Dificilmente Rafael resistirá à tentação de disputar mandato político em 2018.

ABAV

Carlos Palmeira, presidente da ABAV/AL, lidera a caravana de empresários e gestores públicos alagoanos de turismo no 45% Congresso da ABAV nacional, desde ontem e até amanhã, no Expo Center Norte, São Paulo. Uma das atrações anunciadas para hoje é a coletiva do ministro do Turismo, alagoano Marx Beltrão.

Memória

Jornalista Florestan Fernandes Júnior: “Não foram poucos os escândalos de corrupção durante o regime militar. Pouca foi a divulgação na mídia censurada pelo regime. O pouco que se sabia vinha das páginas dos tabloides de oposição como o Movimento. Não raro, eles eram recolhidos das bancas e seus redatores, presos.”

 

*Será lançado hoje o livro “A Construção de Lygia Fagundes Telles”, fruto da tese de doutorado do professor e pesquisador Nilton Resende, também escritor. A partir das 18h30m, no Galpão 422 (Rua Celso Piatti, 422, Jaraguá). Informações: 99805.4902.

*O projeto Quartas Eruditas apresenta hoje mais um espetáculo celebrando os 200 anos de Alagoas, com o concerto da Camerata Ero Dictus. Às 15h30m, no Complexo Cultural Teatro Deodoro, aberto ao públio.  A regência será do maestro Max Carvalho.

* No Teatro Deodoro, o grupo Resgate Crew apresenta hoje o espetáculo Hope, a partir das 19h30m, pelo projeto Teatro Deodoro é o Maior Barato. O ingresso custa R$ 20,00. Interessados devem procurar a bilheteria do teatro, a partir das 14 horas.

*O Instituto de Física recebe de hoje a 6ª feira, 29, no Campus A.C. Simões da Ufal, estudantes de escolas públicas e particulares para participar da Expofísica 2017. A exposição estimula o conhecimento científico, tecnológico e a inovação da física.

* O Governo de Alagoas e o IPHAN promovem a exposição “Nos Veios da Memória”, que reúne trabalhos dos xilógrafos alagoanos Enéias Tavares dos Santos, João Gomes de Sá e Luiz Natividade. Na Casa do Patrimônio de Maceió, até o dia 1º de novembro.

* Marcella do Carmo Santos, psicóloga do Centro em Referência em Saúde do Trabalhador de Arapiraca, está em Curitiba, para apresentar no 11º Congresso de HIV e no 4º Congresso de Hepatites Virais trabalho sobre teste rápido de HIV e sífilis.

*O CSA foi o último clube a garantir acesso à Série B em 2018. Os outros são Fortaleza, Sampaio Correia e São Bento de Sorocaba (o único que não é do Nordeste). A meta do CSA agora é fechar a temporada como campeão brasileiro da Série C.

 

“O DEM é um partido de grande valor”

João Dória Júnior

Prefeito de São Paulo, admitindo mudar de partido para disputar a Presidência da República