Flávio Gomes

23 de setembro de 2017

O embuste final

Do empresário e escritor Percival Puggina: “Há alguns dias, na apresentação do programa Estúdio I (GloboNews), a jornalista Maria Beltrão entrevistou um casal que decidiu atribuir nome neutro a seu bebê, a quem não tratam como menino ou menina, para que a ‘identidade sexual’ da criatura venha a ser resultado de escolha ou escolhas a fazer no futuro. Durante um bom quarto de hora ambos discorreram sobre o tema, estimulados pela entrevistadora, enquanto esta e demais membros do colegiado opinativo intercalavam expressões de admiração e reverência àquela notável efusão de sabedoria e responsabilidade parental. Impossível desconhecer a existência, no Ocidente, de uma articulação para impor as teses da ideologia de gênero através, principalmente, da comunicação social e do sistema de ensino, mirando de modo resoluto e implacável a população infantil. A ideologia de gênero já integra o patrimônio vitorioso do ‘politicamente correto’. Quem vê equívoco no que aquela dupla está fazendo com o bebê acolhe imediatamente os adjetivos homofóbico, sexista, machista e preconceituoso. O que a jornalista Maria Beltrão e seu colegiado opinativo politicamente correto desconhecem, escudados pela Dra. Débora Duprat (que conhece bem) é que a ideologia de gênero serve-se de algumas minorias, para a ruptura marxista da ordem familiar.”

Plano

A oposição aos Renans propaga que o pai senador e o filho governador controlam o PMDB e querem ocupar espaço máximo em Alagoas. São candidatos à reeleição, em 2018, e em 2022 querem fazer Renan Filho senador, na vaga que hoje é de Fernando Collor. Dando certo, pai e filho seriam senadores ao mesmo tempo.

 

Cenário

Expectativa sobre o voto do deputado federal Pedro Vilela no segundo pedido do STF para processar Michel Temer. No primeiro, ele não apareceu. Os demais da bancada de Alagoas devem repetir a postura: contra – Arthur Lira, Marx Beltrão, Maurício Quintella e Cícero Almeida; a favor – Ronaldo Lessa, Carimbão, JHC e Paulão.

 

Coração

A Assembleia Legislativa realiza na próxima 2ª feira audiência pública para debater as doenças cardiovasculares e as formas de prevenção. Para se ter idéia, 43% dos óbitos no planeta resultam de problemas no coração. A audiência pública tem início às 9 horas, por proposta do deputado estadual Rodrigo Cunha (PSDB).

 

Inclusão

Da deputada federal Rosinha da Adefal, ao receber do Confea, CREA e Mútua o troféu “Engenharia Acessível”: “Reafirmo meu compromisso de continuar lutando por um Brasil inclusivo, mais justo e igualitário. Acessibilidade é permitir que barreiras físicas sejam quebradas, para que possamos ter autonomia no dia-a-dia.”

“Já ganhou”

O vereador Sílvio Camelo (PV), um dos mais ativos conselheiros do CSA, propôs que a Prefeitura de Maceió e o Governo do Estado decretassem ponto facultativo na próxima 3ª feira, dia seguinte ao jogo contra o Tombense. Argumento: a torcida azulina precisa festejar a subida à Série B. Caso explícito de otimismo exacerbado.

Energia

Neste sábado o programa “Almoçando com a Notícia”, às 12 horas, na TV Mar, canal 25 da NET, debaterá a questão energética. É uma etapa do projeto Teatro da Energia, do Clube de Engenharia de Alagoas e da Mutua – Caixa de Assistência aos Profissionais dos CREAS.  Haverá reprises às 19h30m e, domingo, às 12 e às 19h30m.

Sem pressa

De Geraldo Alckmim, governador de São Paulo, sobre a disputa interna no PSDB para saber se ele ou o prefeito de São Paulo, João Dória, será o candidato do partido a presidente da República: “Não precisa ser decidido nada agora, mas não defendo deixar nada para a última hora. Tudo o que é improvisado é mal feito.”

 

*O programa “Conjuntura” da próxima 2ª feira, na TV Mar, entrevistará o presidente do TRE/AL, José Carlos Malta Marques, sobre a extinção de zonas eleitorais, e o secretário estadual da Infraestrutura, Hmberto Carvalho. Às 9h30m, ao vivo, com reprises.

*Duas novidades do Parque Shopping Maceió neste sábado: 17 horas, lançamento do “Lá Fora Pet Park”, permitindo que clientes possam ir ao shopping com cães; 19 horas, apresentação da Orquestra Petrobras Sinfônica, com o maestro Isaac Karabtchevsky.

*O programa Pró-Bandas Alagoas, da Secult, leva neste final de semana a Oficina Instrumental para Músicos de Bandas a Porto Calvo, para capacitação em Teoria e Prática Instrumental, na Escola de Ensino Fundamental Deputada Ceci Cunha.

* O trainer em Programação Neurolinguística e coach Fábio Gomes, formado pela Metaforum Internacional (Alemanha), será o instrutor da próxima turma do curso de Programação Neurolinguística do Senac. O curso se inicia neste sábado, 9 horas.

*O Teatro Jofre Soares, do Sesc, recebe neste sábado, a partir das 19 horas, o espetáculo “Histórias do Lar de Lá”, com entrada gratuita. Na apresentação, o contador Toni Edson interpreta histórias e músicas do continente africano de maneira lúdica e interativa.

* “Minha mãe é uma peça”, com o ator Paulo Gustavo, será apresentado neste domingo, às 18 horas, Teatro Gustavo Leite. A personagem, baseada na mãe do ator, caiu no gosto popular e por onde passa é sucesso. Às 18 horas. Informações: 82.3235-5301.

*Na próxima 2ª feira o CSA pega o Tombense, no Trapichão, para consolidar a sua classificação à Série B. Já o ASA, o outro representante de Alagoas na Série C este ano, completa 65 anos na 2ª feira, lamentando o rebaixamento para a Série D do Brasileiro.

 

*Desespero é a palavra mais adequada para ilustrar a situação do CRB, que neste sábado, 16h30m, pega o Criciúma, no Trapichão. Com campanha irregular, o time está próximo da zona de rebaixamento e luta para permanecer na Série B. Não parece fácil.

 

“O Exército é uma instituição comprometida com a consolidação da democracia”

 Eduardo Villas Bôas

 Comandante do Exército brasileiro, em respeito às insinuações de intervenção militar