Flávio Gomes

21 de setembro de 2017

Escancarada mente

Jornalista Jânio de Freitas: “Janot deixa a Procuradoria enrolada com Wesley Batista. O problema começou no ‘prêmio’ de imunidade judicial dada ao delator. Agravou-se no exagero de Janot ao descrever o teor da conversa gravada de Batista com seu parceiro de subornos. Daí decorreu a necessidade de Janot satisfazer às críticas pelo ‘prêmio’. O descritério dos ‘prêmios” aos delatores, concedidos pelos procuradores e por Janot, merecia mais escândalos do que apenas a imunidade agora cassada de Joesley Batista. A Paulo Roberto Costa, por exemplo, foi concedida a permanência dos bens postos em nomes de familiares seus. O reincidente Alberto Yousseff, que voltou ao crime porque ‘premiado’ com a liberdade em sua primeira delação (caso Banestado), pôde também transferir bens, como vários outros. Usado o ‘prêmio’ de Yousseff para explicação, diz a Procuradoria Geral que ‘ele reconheceu quais eram os bens que são produto ou proveitos de atividade criminosa’. O dinheiro de delatores tem diferenças quando provêm de crimes. Como ‘tanto são os fatos e tão escancaradamente comprovados’ de corrupção, nas palavras recentes de Janot, é preciso continuá-lo. Corrigido.”

 

Briga de foice

 

Na disputa pelas duas vagas para o Senado por Alagoas em 2018 existem, teoricamente, quatro concorrentes em condições de vitória: os atuais senadores Renan Calheiros (PMDB) e Benedito de Lira (PP), candidatos naturais à reeleição, o deputado federal Marx Beltrão (PMDB) e o ex-governador Téo Vilela (PSDB).

 

Opções 

Desses, pelo que se comenta nos bastidores, o único que poderá desistir é Marx Beltrão. Isso na hipótese, também citada nos bastidores, de aceitar ser o vice do Renan Filho, com o atual vice, Luciano Barbosa, concorrendo a deputado federal. Há quem diga que Marx pode, também, disputar o Senado por outra legenda.

 

Pé no chão

Como se diria no jargão criminal, no final da semana passada o senador Benedito de Lira foi às vias de fato, em Major Izidoro: arregaçou as calças, literalmente, e entrou num açude para participar de um peixamento. Também entregou as chaves de um trator e de um caminhão, além de kits de apicultura para quilombolas.

Compromisso

Deputado federal Ronaldo Lessa, após reunião com a reitora da Ufal, Valéria Correia: “Nos três anos em que eu coordeno a bancada tenho testemunhado o compromisso com a defesa das questões mais urgentes do Estado. Nós que somos filhos desta Universidade, que fomos formados por ela, não vamos deixá-la sucumbir”.

Plano

Com o CSA praticamente garantido na Série B, seu presidente, Rafael Tenório, partirá para conquistar o Campeonato Alagoano de 2018 e quebrar a hegemonia do CRB, que hoje faz aniversário. Conseguindo, tentará o sonho de um mandato político. Terá, então, dinheiro, vontade e visibilidade, requisitos importantes nesse mister.

 

Agenda

O professor Douglas Apratto é convidado do Conselho e do Sindicato dos Economistas para café da manhã hoje, a partir das 8 horas, no Maceió Mar Hotel. Também escritor e historiador, fará uma palestra titulada de: “Utopias e Emancipação”, sobre os 200 anos de Alagoas. O evento é para associados das duas entidades e convidados.

Opinião

Bernardo Mello Franco, articulista do jornal “Folha de São Paulo”: “A segunda denúncia contra Michel Temer não deveria despertar tanto entusiasmo no PT. A acusação fragiliza o presidente, mas deixa claro que o ‘quadrilhão’ do PMDB na Câmara deve parte dos seus lucros aos governos Lula e Dilma.”

 

*O radialista Geraldo Lopes, de marcante atuação nas décadas de 60 e 70,  faleceu ontem, aos 81 anos, no Hospital Arthur Ramos, em Maceió, vítima de infecção. Era pai do também radialista Gernan Lopes, apresentador da TV Pajuçara e da Rádio Pajuçara.

*Acontece hoje, às 8 horas, durante café da manhã no restaurante Bodega do Sertão, o lançamento da segunda edição do Edital Algás Social, que distribuirá R$ 120 mil em projetos sociais nas áreas de saúde, educação, cultura, esporte e meio-ambiente.

*A Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas e a PGE realizam hoje, 15 horas, no auditório da PGE, o debate “Atualidades no Direito Administrativo”. Serão debatedores os procuradores Fábio Lins, Pedro Melo e Alysson Souza. Aberto ao público.

*Maceió ganha a partir de hoje mais um espaço para eventos, com a inauguração do Salão Aquarela, a ser gerido pela Aqua Eventos. A partir das 17 horas, no Aqua Suítes – Rua Doutor Antônio Gouveia, 845, Praia de Pajuçara. Contato: 99309.0011.

*Os Correios, em parceria com o governo estadual, lançam hoje, 9 horas, no Museu Palácio Floriano Peixoto, o selo e o carimbo postal pelos 200 anos de Alagoas. A peça filatélica reproduz obra de Pierre Chalita em homenagem à Emancipação do Estado.

*O Samu e o Corpo de Bombeiros promovem hoje, em parceria voltada à comunidade, o I Fórum de Urgência e Emergência – Samu e Bombeiros a Postos, que será aberto ao público a partir das 19 horas, no auditório da FAT, no bairro do Barro Duro.

 

*A cantora Elisa Lemos apresenta hoje, no Teatro Deodoro, o show “Grande Angular”, acompanhada de Toni Augusto (guitarra, violão e programações), Anderson Almeida (baixo) e Allysson Paz (bateria). Às 19h30m, pelo projeto Teatro é o Maior Barato.

 

“Ciro Gomes fala como se o povo não tivesse memória”

Cristovam Buarque

Senador do PPS/DF, sobre o ex-ministro que era aliado de Lula e agora diz que o petista insulta a inteligência do país