Edmilson Teixeira

19 de setembro de 2017

Pão de Açúcar, pouca lamentação!

Prefeito do município de Pão de Açúcar, Flavinho (PMDB) disse a essa Coluna, que não vem enfrentando tanto aperreio financeiro; como é o caso da maioria dos demais gestores alagoanos. Afirmou que desde o início de  seu governo, conta com um quadro bastante reduzido de comissionados. A medida justamente já previa, segundo ele,  enfrentar essa  turbulenta crise econômica, que cada vez mais vem tem afetado o Brasil.     

Pão de Açúcar – saldo

“Essa drástica medida, invocou meio mundo de gente, sobretudo aquelas pessoas que esperavam que eu abrisse as portas da Prefeitura, a fim de garantir emprego. Pois, se eu não adotasse tal atitude, estaria hoje enfrentando sérios problemas”, comentou   Flavinho, salientando que seu governo já conta com uma boa reserva de caixa e que se orgulha de ter  dado uma boa arrumação na administração pública nesses pouco mais de oito meses de trabalho.      

Maribondo

O Pleno do TJ/AL deve definir na manhã desta terça-feira, conforme está agendado, o destino do prefeito de Maribondo, Leopoldo Pedrosa, preso desde o dia 29 de julho último, por ter violentado a esposa e sua sogra. Seu julgamento sobre a manutenção da prisão foi suspenso pela segunda vez, há oito dias, após um novo pedido de vistas, desta feita, pelo desembargador Sebastião Costa Filho.  

Maribondo – sugestão    

É que durante a sessão da última terça-feira, o juiz convocado Maurílio Ferraz teria proferido voto-vista divergente do relator. O magistrado votou, a fim de substituir a prisão preventiva do prefeito Leopoldo Pedrosa, por medidas alternativas. Como a implantação de tornozeleira eletrônica, a disponibilização de um botão do pânico para as vítimas, e a proibição de o prefeito se aproximar da companheira e da sogra.  

 

Resultado parcial

Já votaram, a fim de  manter a prisão do prefeito de Maribondo, Leopoldo Pedrosa, acompanhando o relator João Luiz Lessa, os desembargadores Fábio Bittencourt, Elisabeth Carvalho, Paulo Lima e Pedro Augusto Mendonça. Votaram para aplicar medidas alternativas, além de Maurílio Ferraz, os desembargadores Tutmés Airan e José Carlos Malta.  

 

 

 Teotônio Vilela

Quem esteve no último final de semana representando Alagoas em São Paulo, foi a secretária de Saúde do município de Teotônio, Izabelle Pereira.  Foi na condição de  presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems/AL).  O encontro que ocorreu quinta e sexta foi tido com o Fórum de Debates do SUS, organizado pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).  

Conteúdo

 “As discussões e planejamento estratégico de ações foram de suma importância, uma vez que representantes de inúmeros estados se aprofundaram nas temáticas e compartilharam experiências em prol de uma saúde pública de qualidade para os usuários do SUS”, destacou Izabelle, reforçando que o fórum mostrou o retrato da atual realidade financeira da Saúde no Brasil.

Outros

A comitiva de Alagoas contou ainda com as presenças do vice-presidente do Cosems/AL e secretário de Saúde de Jundiá, Rodrigo Buarque; e a vice-presidente da Região Nordeste do Conasems e secretária de Saúde de Santana do Ipanema, Normanda Santiago. 

Arapiraca

 

Cerca de seis toneladas de produtos, entre alimentos, produtos de higiene e limpeza foram arrecadados por estudantes da Escola Alternativa, durante a gincana realizada em comemoração ao Dia do Estudante. As doações estão sendo entregues a instituições e entidades que prestam serviço filantrópico em Arapiraca.

 

 

Penedo

Foram mais de R$ 4 milhões em investimentos, recursos do PAC das Cidades Históricas e 21 meses em reforma. Estamos tratando do Theatro 7 de Setembro, reinaugurado na última sexta-feira. A ação atende, sobretudo, aos amantes da música, arte, poesia e dança, em ter de volta a primeira Casa de Espetáculos do estado.

Reforma

A obra do Theatro 7 de Setembro contemplou pintura total, central de ar condicionado, estrutura de som, projeto luminotécnico, acessibilidade, recuperação de pisos, esquadrias, banheiros e novos camarins. Suas características arquitetônicas foram totalmente preservadas

Senador Rui Palmeira

A comunidade católica da cidade de Senador Rui Palmeira conta agora com um novo pároco. Trata-se do padre Marcelo, nomeado pelo bispo Dom Dulcênio de Matos, a fim de ocupar a vaga então comandada pelo padre Edivaldo, já que esse depois de quatro anos e nove meses de evangelização em Senador, já foi transferido para a paróquia de Olho d’Água das Flores. A transição ocorreu no último sábado, com a presença da prefeita Jeane Moura, durante uma celebração religiosa na Paróquia local.