Blog do Dresch

19 de setembro de 2017

Inaugurado o Centro de Lazer e de Esportes em Maceió

Governador Renan Filho e a Secretária de Esporte e Lazer, Claudia Petuba, entregaram ontem o Centro Estadual de Esporte e Lazer, localizado no bairro de Bebedouro e que se propõe a atender a comunidade local e nos arredores com práticas esportivas, ações culturais e diversas atividades de lazer. O local era conhecido como Parque da Lagoa, mas estava completamente abandonado, até ser adquirido pelo governo no ano passado, e quando foram iniciadas diversas obras de reformas. O investimento foi de R$ 900 mil. O local agora dispõe de dois campos de futebol, uma quadra poliesportiva, um campo de areia, duas piscinas, áreas de lazer, vestiários e infraestrutura completa.

 

Centro de Esporte e Lazer 2

Também foi inaugurado no local um espaço para a realização de cursos e oficinas na internet, com vários computadores disponibilizados para crianças e jovens, com o nome de “Juventude nas Redes”. Segundo a Secretária Claudia Petuba “este será o primeiro centro exclusivo para a prática de atividades físicas, esportivas e de lazer em Alagoas, além de oficinas profissionalizantes e culturais, atendendo a população de Bebedouro e outros baixos, além de caravanas do interior” acrescentou a Secretária de Esporte e Lazer.

Mandato de labuta e sofrimento

A nova Procuradora-geral da República, Raquel Dodge foi empossada ontem pela manhã, na presença de autoridades como o presidente Michel Temer, o deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara e do presidente do Senado Eunício Oliveira, os três investigados pela Operação Lava Jato. Ausente à posse da sua substituta, Rodrigo Janot fez um balanço dos quatro anos que passou à frente da PGR, quando se despediu do cargo. No período o seu gabinete produziu 19.697 manifestações, a maior parte na área criminal e da Operação Lava Jato. Entre as manifestações, estão incluídos 242 pedidos de instauração de inquérito, 66 denúncias, 13.014 manifestações e pareceres, 98 iniciais em cautelares (entre eles pedidos de busca e apreensão, de interceptações telefônicas, de sequestro de bens e quebras de sigilo bancário. Também foram ajuizadas 197 Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adis), 31 Arguições de Descumprimento de Preceito Fundamental e três Ações Diretas de Inconstitucionalidade por Omissão (ADOs). Janot lembrou ainda que O Ministério Público Federal (MPF) conseguiu atingir, três anos antes, a meta definida pelo Mapa Estratégico para 2020, reconhecido como instituição de excelência na promoção da Justiça e no combate ao crime e a corrupção. Segundo Janot, foi um mandato de muita labuta e de sofrimento, mas que valeu a pena cada minuto.

 

 

Único brasileiro no Grammy

O cantor e compositor João Bosco, será o único artista brasileiro a ser homenageado com o Prêmio Excelência Musical na 18ª edição do Grammy Latino, e receberá seu troféu na cerimônia em Las Vegas, em 15 de Novembro. O brasileiro será homenageado juntamente com a porto-riquenha Lucecita Benitez, do venezuelano Ilan Chester, do argentino Victor Heredia e da dupla espanhola Los Del Rio, da mexicana Guadalupe Pineda e do dominicano Cuco Valoy. Todos representam a variedade de artistas internacionalmente aclamados, que contribuem para moldar os ritmos icônicos e a poesia da música latina, disse Gabriel Abaroa Jr., presidente da Academia Latina.

 

Único brasileiro no Grammy 2

João Bosco tem sua trajetória de quatro décadas marcada pela narrativa forte das suas músicas, pela melodia tradicional e pelo diálogo com a sua geração musical dos anos 70. O anúncio da premiação do Grammy precede o lançamento do 27º álbum da sua carreira, que vai se chamar “Mano que zuera” Tendo consagrado um estilo inconfundível, com a tradicional mistura de influências da bossa nova, do samba, do jazz e dos ritmos africanos. “É muito bom saber que a maneira como atravessamos todos estes anos – e muitas vezes no escuro – é iluminada por um raio de luz que nos revela e nos enche de orgulho e gratidão” declarou João Bosco, ao tomar conhecimento da premiação.

 

Quadrilha furtava poupança

A Polícia Federal desmantelou uma quadrilha envolvida com ações fraudulentas na Caixa Econômica Federal. Foram colocados em prática 56 mandados judiciais, sendo 23 de busca e apreensão, seis de prisão preventiva, sete de prisão temporária, seis de sequestro de bens e um mandado de suspensão da função pública. A quadrilha visada furtava o dinheiro empregado na caderneta de poupança e contava com o apoio fundamental de um funcionário da Caixa. Eles praticaram os crimes de furto qualificado, estelionato qualificado, peculato, uso de documento falso, falsificação de documento público e organização criminosa.

 

Quadrilha furtava poupança 2

Segundo a Polícia Federal o grupo criminoso recebia informações sigilosas de um cumplice, que repassava detalhes de contas de poupança de valores altos e que não apresentava um histórico de retiradas. Com essas informações a quadrilha falsificava documentos e complementava os demais dados necessários com outros participantes que tinham acesso ao banco de dados. Depois, se passando por clientes, informavam a falsa perda do cartão para gerar outro. Também com documentos falsos retiravam os cartões dos Correios, e de posse dos mesmos, sacavam valores nos Caixas Eletrônicos, faziam compras em débitos automáticos e transferências até zerar a poupança da vítima.

 

•  O Procon de Alagoas resolveu “cair dentro” do combate aos aumentos abusivos dos preços dos combustíveis, através dos postos revendedores. Na semana passada os agentes percorreram municípios na região Norte do Estado.

 

•  No total, 30 estabelecimentos apresentaram irregularidades e sofreram penalidades como infrações e constatações.

 

•  Em Maragogi, 22 estabelecimentos foram vistoriados, sendo 13 autuados por constatação. Em São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, 11 postos foram visitados, sendo quatro deles autuados por vantagem manifestamente excessiva ao cobrar um valor acima da média pelo litro de gasolina.

 

•  Em Porto de Pedras, um estabelecimento foi autuado por cobrar um valor muito acima do preconizado e sugerido. Ali o litro do combustível vinha sendo cobrado R$ 4,490, o que significa um crime contra a economia popular.

 

•  Também foram visitados outros estabelecimentos nos municípios de Porto Calvo e Porto da Rua.

•  O Procon de Alagoas disse que vai manter a fiscalização e o monitoramento dos postos, tanto na capital como interior do estado.