Blog do Dresch

16 de setembro de 2017

Pão de Açúcar ganha Centro Integrado de Segurança

pao de acucar ganha centro integrado de seguranca 600x300 c - Pão de Açúcar ganha Centro Integrado de Segurança

                   O município de Pão de Açúcar vai ganhar o nono Centro Integrado de Segurança Pública. A ordem de serviço foi assinada pelo governador Renan Filho, que garantiu a entrega do Centro até o mês de Dezembro. Com ele, Pão de Açúcar passará a ter 12 policiais (hoje tem 3), três viaturas (hoje tem uma), novos equipamentos e melhores e dignas condições de trabalho. O Centro será construído na zona urbana, em um terreno de 900 m2 doado pela municipalidade. Já foram implantados os Cisps em Boca da Mata, Murici, São José da Tapera, São José da Laje. Girau do Ponciano, Ouro Branco, Cajueiro e Viçosa.

Menos mulheres no governo

            O percentual de mulheres nos cargos mais altos de confiança do governo, voltou ao patamar de 15 anos atrás, no final do governo FHC. A proporção diminui muito após Michel Temer ter assumido. Nas funções de confiança, com a remuneração média de R$ 20 mil, as mulheres são apenas 22%. No final de 2002, o percentual era de 21,5%. Em Abril de 2016, antes de Dilma Rousseff deixar a presidência a taxa era de 26,2%, semelhante a deixada por Lula, que chegou a 25,2%. No serviço público, a diferença da inserção de homens e mulheres pode ser constatada nos cargos de confiança, já que o ingresso por concurso público, não leva em conta o gênero do candidato.             

 Menos mulheres no governo 2

            Outro fator que influencia na maioria masculina no serviço público, é que as mulheres, em muitos casos não são vistas como capazes de ocupar determinadas funções. Já a figura do homem branco, escolarizado e 100% disponível para o trabalho ainda é a imagem do trabalhador ideal para a maior parte da sociedade, entendem os pesquisadores de gestão pública. Outra opinião para justificar a diferença de gênero é o pensamento que se é mulher, funciona mais para cargos operacionais. Mulher no comando não é algo palatável para muita gente no país. Segundo o Ministério do Planejamento a nomeação para os cargos mais altos é uma decisão de cada pasta.

Uma propina de R$ 587 milhões

                   Antes de se despedir do cargo, neste Domingo, o Procurador-geral da República, Rodrigo Janot denunciou o chamado “quadrilhão do PMDB na Câmara”, uma organização criminosa liderada pelo Presidente da República, Michel Temer. Segundo a PGR, o grupo praticou ações ilícitas em troca de propina por meio da utilização de diversos órgãos públicos como Petrobrás, Furnas, Caixa Econômica, Ministério da Integração Nacional e Câmara dos Deputados, e teriam recebido pelo menos R$ 587 milhões na corrupção. Temer é acusado de ser o líder desde Maio de 2016. Fazem parte do quadrilhão: Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Loures, Eliseu Padilha e Moreira Franco. O grupo também foi denunciado pelo crime de obstrução de Justiça por causa dos pagamentos indevidos para evitar que o doleiro Lúcio Funaro firmasse acordo de colaboração premiada. É sem dúvida o maior escândalo brasileiro de todos os tempos. E pode ter ainda muito mais a surgir.

 

Virada do Bicentenário

               A cultura mereceu um papel de destaque entre as comemorações pelos 200 anos de Emancipação de Alagoas. A Virada Cultural que acontece neste Sábado e Domingo em Jaraguá (no estacionamento e na Praça Dois Leões), é marcada pela diversidade do estilo de 125 artistas de todos os naipes que se apresentarão ao público. Também teremos outras apresentações na sede do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) onde haverá música clássica: a sede da Associação Comercial receberá os grupos da cultura popular alagoana como maracatus, afoxés, bumba-meu-boi, coco de roda, quadrilhas e escolas de samba. A Praça Marcílio Dias é o reduto do hip-hop, do rock, da música eletrônica e dos DJs. Para todos os gostos!

 

Em defesa da Amazônia

               Voltamos a fazer neste país, aquilo que depois da ditadura, virou uma luta nacional: a defesa da Amazônia, novamente vilipendiada, desmatada e entregue aos interesses internacionais. Esta semana um grupo de artistas, acompanhado de ativistas de organizações de defesa ambiental, lideranças indígenas e deputados da Frente Ambientalista, entregou uma carta de repúdio aos projetos de caráter ambiental que tramitam no Congresso e ameaçam a preservação da Amazônia. No documento, entregue nas mãos do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, os artistas afirmam que não aceitarão “a destruição da floresta, nem ataques aos direitos dos povos indígenas e tradicionais”.

Em defesa da Amazônia 2

               Um dos alvos do grupo foi o decreto que extinguiu a Reserva Nacional de Cobre e Associados (Renca), liberando a área para mineração e para pecuária, decreto que depois foi suspenso, mas ainda representa uma ameaça. Entre as celebridades presentes estavam Suzana Vieira, Alessandra Negrini, Cristiane Torlone, Paula Lavigne, Luiz Fernando Guimarães, Vitor Fasano, Xande de Pilares, Maria Gadú, Tico Santa Cruz e Arlete Sales. Eles entregaram um abaixo assinado com mais de 1,5 milhão de assinaturas contrárias ás medidas que o governo federal quer tomar em relação a Amazônia.

 

  • O 1º Festival Internacional de Robótica, que aconteceu esta semana em Pisa, na Itália, comprovou que é possível imaginar um futuro onde homens e máquinas possam dividir funções e responsabilidades.
  • O grande destaque do Festival, foi sem dúvida o robô Yumi, que entrou para a história como a primeira máquina a reger uma orquestra, a Filarmônica de Lucca.
  • Participando da apresentação o tenor italiano Andrea Bocelli, seguindo as orientações de Yumi, no Teatro Verdi.
  • Yumi é o primeiro robô de dois braços verdadeiramente colaborativo do mundo. Ele foi fabricado pela empresa suíça ABB.
  • Esta primeira edição do Festival Internacional foi realizada em Pisa, porque a cidade e outras províncias da região de Toscana são as que mais se destacam na Itália no ramo de pesquisa, desenvolvimento e aplicação de sistemas robóticos.
  • Entre os inúmeros robôs apresentados no Festival, muitos deles foram destinados a facilitar tarefas de seres humanos, como atividades domésticas.