Blog do Dresch

12 de setembro de 2017

Janot volta a atacar a pratica da vaquejada

                 No apagar das luzes de seu mandato à frente da Procuradoria-Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, está tentando, junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) declarar inconstitucional, a emenda que declarou a vaquejada como manifestação cultural. No Congresso, um dos principais defensores da prática da vaquejada, também praticante da mesma, o deputado Arthur Lira (PP) argumenta que, caso a vaquejada seja proibida, o resultado seria o sacrifício da expressão cultural de um povo e prejuízos imensos para uma atividade que impulsiona comunidades, cidades e regiões. Segundo a Associação Brasileira da Vaquejada, a festividade movimenta, só no Nordeste, cerca de R$ 600 milhões e gera 700 mil empregos.

 

 Janot ataca a vaquejada 2

                 Para o Procurador “a crueldade intrínseca a determinada atividade não desparece nem deixa de ser ética e juridicamente relevante pelo fato de uma norma jurídica a rotular como manifestação cultural”. Rodrigo Janot considera impossível praticar vaquejada sem causar sofrimento profundo aos bois, pois eles só são derrubados quando puxados com força pela cauda, e isso provoca lesões musculares. Argumenta ainda que a queda dos bois pode causar traumatismos graves da coluna vertebral dos animais, causadores de patologias variadas , inclusive a paralisia de outras partes do corpo, a exemplo de fraturas ósseas.

Mulher de Mujica assume vice

                 Lucia Topolansky, ex-guerrilheira e mulher do ex-presidente José “Pepe” Mujica, vai assumir a vice-presidência do Uruguai, após a renúncia de Raul Sendic que se afastou do cargo no final de semana. Ela foi a segunda senadora mais votada da coligação que obteve mais votos na última eleição. Topolansky, 72 anos, é senadora pelo partido governista Frente Ampla, de esquerda. A Constituição estabelece, que Sendic deveria ser substituído pelo senador mais votado, que seria Mujica, mas que está inabilitado porque lá não há reeleição. Sendic, que saiu por denúncias por uso do cartão cooperativo para despesas pessoais, é afilhado político de Mujica.   Topolansky e Mujica participaram do grupo terrorista Tupamaros que atuou no Uruguai em 1960 e 1970 e que foi fundado por Raúl  Sendic, pai do vice-presidente. Ela e Mujica se conheceram durante a guerrilha e ambos foram presos na década de 1970. Ele foi o presidente mais votado do Uruguai e maior líder político daquele país.

 

INSS convoca inválidos

                       O Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) começou a convocar ontem (11) os aposentados por invalidez de Alagoas, que totalizam 16.421 pessoas. Eles serão submetidos a novas perícias médicas, segundo o INSS para regularizarem sua situação perante o órgão. Serão convocados os aposentados com menos de 60 anos e que estão há mais de dois sem realizarem qualquer revisão. O segurado acima de 55 anos, mas que já recebe a aposentadoria há mais de 15 anos não será convocado. Segundo o INSS, a aposentadoria por invalidez é o único benefício do instituto que tem caráter reversível.

INSS convoca inválidos 2

                     O aposentado que receber a carta de convocação, terá cinco dias úteis para agendar a perícia pelo telefone 135. Caso contrário terá o pagamento suspenso. Em caso de suspensão, o INSS determina que a perícia seja marcada em 60 dias. Se o agendamento for feito nesse prazo, o pagamento do benefício será liberado até a realização da perícia. Mas se não marcar no prazo, o benefício será bloqueado. Em Alagoas 20 médicos peritos farão os procedimentos, num total de 80 atendimentos diários. Em todo o país, o INSS vai passar um pente fino nas aposentadorias por invalidez de mais de 1 milhão de segurados.

 

Renner vira multinacional

                     A Renner abriu recentemente sua primeira loja da rede fora do Brasil. A unidade funciona na avenida 18 de Julho, em Montevidéu. Até o fim do ano a companhia pretende inaugurar outras duas lojas, sendo uma no shopping center Costa Urbana, em Ciudad de La Costa e em Punta Carretas, também em Montevidéu. Para 2018, a Renner prevê abrir mais duas lojas, uma delas na cidade de Rivera. O investimento na expansão da companhia para o Uruguai está estimado entre R$ 18 milhões e R$ 19 milhões.

Renner vira multinacional 2

                     A loja inaugurada no Uruguai, é uma unidade varejista de grande porte, ocupando uma área de 2,5 mil metros quadrados e um total com mais de 50 funcionários. São quatro pisos, onde o consumidor uruguaio encontra os departamentos masculino, feminino, infantil, moda íntima, acessórios e perfumaria. A empresa vai disponibilizar no Uruguai todo o seu portfólio de produtos, composto ainda por 17 marcas próprias. “Essa inauguração representa para nós um marco. Assumimos a condição de multinacional e demos um mais passo rumo à nossa missão de sermos a melhor e maior varejista de moda das Américas” disse o presidente José Galló.

 

 

  •  Acredite se quiser, mas o Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor de Alagoas) garantiu que vai intensificar a fiscalização dos postos de combustíveis do Estado.
  • Um dos objetivos do órgão é verificar se os reajustes dos combustíveis anunciados quase que diariamente, estão sendo aplicados corretamente.
  • Os fiscais vão exigir a nota fiscal da compra do produto na refinaria e de acordo com a data da compra poderão checar se os postos vendem gasolina velha com preços novos.
  • A fiscalização do Procon, em Maceió e também no interior, segue orientação do Ministério Público Estadual (MPE) através do promotor Max Martins.
  • Os consumidores alagoanos estão denunciando a cobrança, pelos postos, de preços abusivos pela gasolina. Eles se sentem lesados pelos maus empresários do setor.