Edmilson Teixeira

7 de setembro de 2017

Delmiro Gouveia

Num sufoco financeiro sem precedência, prefeito de Delmiro, Padre Eraldo, resolveu afastar praticamente todos os cargos comissionados e contratados, inclusive secretários. O gestor estuda meios que possam buscar recursos próprios do município, a fim de tocar pequenas obras na região. Tem dito a alguns amigos que política é coisa do diabo, e que se arrependimento matasse, estaria morto. “Tá vendo prefeito como é bom criticar os outros? Você que tanto metia o pau no Lula Cabeleira!” criticou um vereador oposicionista.   

 

Delmiro Gouveia II

 

A situação tá tão preta no governo do Padre, que ele suspendeu uma unidade de serviço da Junta Comercial de Alagoas- Juceal. Segundo a Juceal, a medida foi tomada devido a alterações no quadro da Prefeitura, que solicitou a interrupção temporária das atividades. O órgão ressalta que existem quatro unidades em pleno funcionamento no Sertão alagoano, situadas em Olho d’Água das Flores, Pão de Açúcar, Santana do Ipanema e São José da Tapera.

 

 

Palmeira dos Índios

Dez vereadores tentam a todo custo queimar a trajetória política do presidente da Câmara, Júnior Miranda. “Tenho sido vítima de várias armações; na verdade  a bronca por aqui é pesada; mas com transparência e dedicação vamos superar esse momento”, disse Miranda, ele que conta com o apoio do prefeito Júlio Cezar; pelo menos até agora!

 

Barra de Santo Antônio

 

Com amplo apoio da bancada Legislativa, a prefeita Emanuella Moura vem tocando a administração pública da melhor maneira possível, sobretudo dentro das condições financeiras da Prefeitura. Seu esposo, Abrahão Moura (ex-prefeito de Paripueira) tem sido o grande articulador das ações administrativas, sobretudo na busca de recursos federais por meio de projetos, junto à bancada federal.

 

São Luiz de Quitunde

 

Inaugurações e show em Praça pública marcam nesta quinta-feira, a passagem do feriado do Dia 7 de Setembro na cidade de São Luiz. A prefeita Fernanda (PMDB), que na terça-feira festejou seu aniversario junto com o do pai, o deputado Cícero Cavalcante (PMDB) tem dito que a tarefa de administrar em período de crise é difícil, mas não impossível. Sabe-se que as condições administrativas de São Luiz hoje, em se comparando com os quatro anos do governo passado, estão bem melhores em todos os aspectos.

 

 

Arapiraca

 

Próxima segunda-feira,  a Associação Pestalozzi de Arapiraca irá atingir a maioridade. O aniversário será celebrado com programação  e sabores muito especiais: renomados boleiros, chefes de cozinha e confeiteiros da cidade irão doar para a entidade  o total de 21 bolos. “A ideia surgiu e, para nossa alegria e surpresa,  em menos de oito dias todos os parceiros toparam a proposta, o que nos deixou muito felizes”, comentou a presidenta da entidade, Zélia Azevedo.

 

 

Previdência

 

Prefeitos alagoanos receberam uma boa noticia esta semana. É que o Senado Federal aprovou nesta terça-feira, a Medida Provisória (MP) 778/2017, que dispõe sobre o parcelamento das dívidas previdenciárias de Estados e Municípios com a União. A medida foi aprovada com o Encontro de Contas. O movimento municipalista se une, agora, para que o texto da nova legislação seja sancionado pelo Palácio do Planalto sem quaisquer vetos.

 

Critério

 

A MP autoriza o parcelamento em 200 meses das dívidas junto à Receita Federal e à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) vencidas até 30 de abril deste ano. A medida vale até mesmo para débitos já inscritos na dívida ativa. Os municípios interessados em participar do novo regime têm até dia 31 de outubro para se inscrever no programa. O prazo também foi uma conquista municipalista, uma vez que sua prorrogação foi por meio de emenda incluída pelo relator a pedido do movimento.

 

Outra vantagem

 

O texto aprovado pelos senadores e deputados também prevê desconto das multas e dos encargos legais, que passa de 25% para 40%. Outras recomendações propostas pela Confederação Nacional dos Municípios estão presentes na proposição, como fórmulas de recuperação de créditos do INSS que estados e municípios, que tinham direitos desde maio de 1999. Dessa maneira, a medida irá permitir a quitação da dívida da União com os regimes próprios de previdência por meio da compensação com contribuições previdenciárias devidas ou retidas.

 

Joaquim Gomes

 

Em Joaquim Gomes, município detentor de uma miserável situação econômica, sobretudo nesse período de crise; a população passa a conviver com mais uma cena indigesta oriunda do Parlamento local. É que está sendo discutido na Câmara de Vereadores, um ousado projeto de Lei, que simplesmente visa conceder poderes para que os próprios vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais, recebam férias e 13º salários.

Insatisfação

Devido esse fato, o clima de revolta vem tomando conta na cidade. Nas redes sociais, por exemplo, os munícipes têm criticado pra valer o tal “Projeto de Lei”. Eles cobram medidas que venham beneficiar a Saúde, Educação, Transporte Escolar, Saneamento Básico e tantas outras ações que possam tirar Joaquim Gomes do triste quadro de estagnação política-administrativa.

Roubalheira

Vale ressaltar que na gestão anterior, Joaquim Gomes ganhou destaque nacional, após oito vereadores serem presos, além de um secretário de Saúde; todos envolvidos num alto esquema de roubalheira comandada pelo então prefeito Toinho Batista; esse por sinal chegou a ser afastado definitivamente do cargo. O fato ocorreu no dia 10 de outubro de 2014, numa operação realizada pelo MP/AL por meio do Gecoc com apoio das polícias Civil e Militar.