Blog do Dresch

6 de setembro de 2017

Rogéria: Bem mais que uma mulher

rogeria bem mais que uma mulher 600x300 c - Rogéria: Bem mais que uma mulher

                   O Brasil perdeu ontem mais que uma artista. Perdeu alguém que desafiou os costumes, impôs um novo conceito sobre os travestis e venceu na vida exercendo seu talento e sua criatividade. Astolfo Barroso Pinto, a Rogéria, foi vítima de infecção generalizada. Internou-se em 8 de Agosto com dores nas costas, mas acabou tendo convulsões na sexta feira (14) e acabou com septicemia (infecção generalizada). Rogéria fez de tudo um pouco nos palcos, nas telas e nos livros. Ela começou a se apresentar ainda na década de 60, na famosa Galeria Alaska, no Rio, onde montou um espetáculo somente com travestis.

Mais que uma mulher 2

                   Depois do sucesso alcançado, levou o espetáculo para a Europa e África, e fez grande temporada na Boate Carroussel, em Paris entre os anos 1971 e 1973. Ao retornar ao Brasil participou de diversas apresentações pelo país. Em Maceió, apresentou-se no Teatro Deodoro, em 1981, e passeou pela cidade com suas garotas, e claro, deixou muito marmanjo babando quando desfilou pelas ruas da cidade. Na época a transexualidade era um baita tabu. Rogéria foi jurada de programas de TV, começando pelo Chacrinha, e ganhou ainda o Troféu Mambembe de atriz revelação. Atuou em vários filmes e no ano passado foi lançada sua biografia “Uma mulher e mais um pouco”.

 

Nem a Olimpíada escapa

                   Parece que quase nada funciona no Brasil se não for movida a propina. Agora chegou a vez de vir à tona o esquema que foi montado para trazer e para realizar a Olimpíada do Rio de Janeiro no ano passado. Ontem a Polícia Federal, cumpriu mandatos de busca e apreensão na casa do Presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) Arthur Nuzman e na sede da entidade. Segundo o Ministério Público Federal, Nuzman “era um agente responsável por unir pontas interessadas, fazer os contatos e azeitar as relações para organizar o mecanismo de repasse de propinas de Sérgio Cabral (ex-governador que cumpre pena na cadeia) diretamente a membros africanos do Comitê Olímpico Internacional. Foram ainda expedidos mandatos de prisão contra Arthur César de Menezes Soares Filho (ex-dono do Grupo Facility) e sua sócia Eliane Pereira Cavalcante. Eles vinham sendo investigados há nove meses e devem ser indiciados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

 

Novo mistério da ditadura

              A morte do diplomata brasileiro Paulo Dionísio de Vasconcelos, ocorrida em circunstâncias misteriosas em Haia, na Holanda em 1970, e o desinteresse do governo militar brasileiro em esclarecer os fatos, levaram o jornalista Eumano Silva a contar a história em um livro lançando agora, quase cinco décadas depois. “A morte do diplomata: um mistério arquivado pela ditadura” traz informações inéditas sobre o caso e o período do autoritarismo no Brasil. Paulo Dionísio era mineiro e morreu antes de completar 35 anos de idade.

Novo mistério da ditadura 2

            O jornalista levou dois anos para reconstituir os fatos e montar uma reportagem sobre um personagem que viveu à margem do fio principal dos acontecimentos de então, mas que proporciona uma visão global daqueles dias. A família do diplomata proporcionou a Eumano o acesso a documentos, fotos, anotações, e até o diário pessoal de Paulo Dionísio, além de autorizar o acesso a documentos do Itamaraty relacionados ao caso. O resultado é rico em informações inéditas e foi desenvolvido com independência. O autor ainda deparou-se com documentos reveladores sobre o cenário em que a diplomacia brasileira estava mergulhada à época.

Coração sofre com carboidrato

               Um estudo apresentado no Congresso Europeu de Cardiologia, realizado em Barcelona, mostrou que as gorduras não são os principais “assassinos” do coração, mas sim, os carboidratos. O estudo foi conduzido por pesquisadores da Universidade de Hamilton, de Ontário no Canadá e questiona dezenas de outros trabalhos científicos publicados até agora sobre a prevenção da saúde cardíaca. Segundo um dos autores do estudo “a redução da gordura não melhoraria a saúde das pessoas. No entanto os benefícios resultariam da redução de glicídios, ou seja de carboidratos e do aumento da gordura total de até 35%”.

Coração sofre com carboidrato 2

               Os resultados das análises em mais de 135 mil indivíduos de 18 países de baixa, média e alta renda demonstram que a ingestão de carboidratos gera um grande risco de mortalidade cardiovascular. A ingestão de gordura está associada a menores riscos, e o maior consumo apresentou uma redução de 23% no risco total de mortalidade, além de 18% menos em chances de sofrer um acidente vascular cerebral. Cada tipo de gordura foi associado a uma redução no percentual total dos riscos de mortalidade: saturada (-14%); monoinsaturada (-19%) e polinsaturada (-29%).

 

  • Desde o início desta semana, que o Portal do Bicentenário passou a disponibilizar o acesso online a mais de 320 mapas, além de um conjunto de informações estatísticas sobre Alagoas, como agropecuária, educação, saúde, infraestrutura, economia e outros assuntos.
  • São mapas em 3D, de caracterização territorial, malha viária e hidrográfica de Alagoas, aeroportos, portos, relevo e mapas de colorir para crianças.
  • A população terá à sua disposição mapas históricos, alguns datados do século 19, como a Divisão Política das Cidades da Província de Alagoas, de 1872, e que ainda apresenta o Censo Geral do Império, na época.
  • Além de navegar pelos mapas, o leitor poderá também fazer “download” do material que mais lhe interessar.
  • A seção “Mapas de Alagoas” é um adicional riquíssimo ao portal, pois permite que os alagoanos e leitores de outros lugares do país e do mundo obtenham conhecimento sobre o nosso estado, através de pesquisas e estudos.