Edmilson Teixeira

29 de agosto de 2017

Pilar

pilar 600x300 c - Pilar

Rosenaldo Cavalcante foi reeleito na manhã desta segunda-feira, presidente da Câmara de Vereadores do Pilar, façanha que mais uma vez não contou com apoio do prefeito Renatinho Resende. O prefeito apoiara Jocy Palmeira, que por sua vez se retirou com seu grupo na hora da votação. Rosenaldo Cavalcante chegou ao Legislativo pilarense ao se eleger pelo PRTB no ano passado, com 772 votos, o quinto mais votado entre os 13 eleitos.

Curiosidade

Curiosamente nesta eleição da Câmara, Rosenaldo se reelegeu com o apoio até do vice-prefeito, Léo Lopes; além do ex-prefeito Carlos Alberto Canuto e de Douglas Barros outro opositor que chegou a disputar a eleição para prefeito em 2016, quando obteve 5.327 votos, ficando em terceiro lugar, abaixo de Canuto, que teve 5.917 votos. Renatinho teria sido eleito, com 8.871 votos.

Time

O bloco de vereadores que apoiou  Rosenaldo, é formado por Paulinho Bugarim, Andrey Serafim, Joeli Lopes, Clewinho Cavalcante, Rarison Amorim e Jeane Veloso. No contexto geral, a oposição ao que parece, fica agora bem mais fortalecida; sobretudo pela junção que começou a ser criada entre Canuto e Douglas Barros, além da participação especial de Léo Lopes.

Batalha

Próximo mês fará três  anos que um Laboratório implantado em Batalha, a fim de atuar em seis diferentes tipos de pesquisas de assistência técnicas voltadas para pecuária e agricultura, está lacrado sem nunca ter funcionado. Com recursos federais, o órgão adquiriu seus modernos equipamentos por meio da Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia. A UFAL está propondo ativar o laboratório oferecendo seus técnicos numa parceria com 18 municípios que integram a Bacia Leiteira.

Arapiraca  

Semelhante ao Laboratório de Batalha, Arapiraca tem um funcionando a todo vapor. Mas lá os serviços são conduzidos pela UNEAL, que abocanhou o projeto justamente no mesmo período em que o Estado implantou o de Batalha. O professor da Ufal, Cícero Alexandre ficou de se reunir esta semana com o secretário de Ciência e Tecnologia, Regis Cavalcante, a fim de apresentar o interesse da Prefeitura de Batalha em parceria com a UFAL, além dos municípios circunvizinhos.

Penedo

Ontem o  Circuito Penedo de Cinema divulgou a lista completa dos filmes competidores do evento. Foram escolhidos 41 curtas-metragens, sendo 13 para a mostra competitiva do 10º Festival do Cinema Brasileiro de Penedo, 17 para o 7º Festival de Cinema Universitário de Alagoas e 11 curtas para a 4ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, que assume o caráter de mostra competitiva pela primeira vez.

Penedo – líderes

O Estado de São Paulo é o que mais tem representantes, com sete curtas-metragens, seguido por Goiás com seis obras. Logo após estão Alagoas e Rio Grande do Sul, representados por cinco filmes, seguidos por Minas Gerais e Bahia, com quatro produções cada.

Outros

Filmes de Pernambuco, Sergipe, Paraíba, Santa Catarina, Paraná e Rio de Janeiro também estão na disputa para concorrer a R$ 37 mil, que correspondem ao valor total dos prêmios de melhor filme pelo Júri Oficial e Popular de cada mostra competitiva.

Pão de Açúcar

O mês de agosto está sendo de muita comemoração no povoado Jacarezinho, zona rural de Pão de Açúcar. As jovens Hillary Ranny, Bárbara Ianca, Laylla Larissa, Carla Milena  e Maria José Pereira de Aquino, alunas do curso de Agroindústria do Instituto Federal de Alagoas (Ifal), Campos Batalha, foram selecionadas para representar Alagoas no maior evento das ciências sociais do continente. Trata-se  do ALAS 2017, em Montevidéu, no Uruguai, em dezembro deste ano.

Dimensão 

Com o tema “Encruzilhadas Abertas da América Latina: Sociologia em tempos de mudança”, o XXXI Congresso da Associação Latino-americana de Sociologia 2017, que será realizado de 3 a 8 de dezembro, em Montevidéu tem por finalidade congregar pesquisadores, professores, profissionais em geral e estudantes das áreas de: Arquitetura, Biologia, Economia, Engenharia (Agrícola, Agrimensura, Agronômica, Cartográfica, Civil e Florestal), Geografia, Geologia, além de Informática e outros.

Feira do campo

De quarta a sexta do outro final de semana, o Instituto de Terras e Reforma Agrária de Alagoas (Iteral) promoverá a Feira das Margaridas do Crédito Fundiário na Praça da Faculdade em Maceió. O evento conta com o apoio da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Alagoas (Fetag) e o Instituto de Capacitação, Extensão, Formação e ATER (ICEFA).

Participação

No mínimo, 70 agricultores familiares de unidades produtivas do crédito fundiário e assentados da reforma agrária (convidados) oriundos dos municípios de Arapiraca, Branquinha, Campo Grande, Igreja Nova, Joaquim Gomes, Maragogi, Murici, Novo Lino, Santana do Mundaú, Tanque D´Arca e Teotônio Vilela. Das 6h às 22h, serão comercializados produtos como: frutas, tubérculos, hortaliças, verduras, legumes, artesanato, animais; além de doces caseiros, pimenta e ovos de capoeira.