Flávio Gomes

22 de agosto de 2017

Fora do contexto

Jornalista Jorge Oliveira: “O Ministério Público tem que puxar o freio de um novo adversário da Lava Jato, que tem falado muita bobagem desde que assumiu a presidência do BNDES. Trata-se de Paulo Rabello de Castro. Depois de dizer em uma palestra que o combate à corrupção é ‘fundamental, imprescindível e inadiável’ no Brasil, ele provocou os procuradores da Lava Jato ao afirmar que ‘da caneta deles saem desemprego e fechamento de empresas’. Desculpe, senhor, mas essa é a mesma tese que a dupla Lula/Dilma tentou difundir no país para desqualificar as investigações e incentivar as centrais sindicais a ir às ruas fazer badernas a pretexto de lutar contra o desemprego. O economista argumenta que não sobrou praticamente uma única grande empreiteira com cadastro (saudável) para fazer negócio dentro do banco. Rabello demonstra, com isso, incapacidade de administrar o órgão. Desconhece, portanto, que o dinheiro público que chegava aos empresários malandros saia pelo ralo para sustentar políticos corruptos e encher os bolsos, inclusive, dos que o colocaram lá dentro do banco. Por isso, evidentemente, os envolvidos na corrupção estão com o cadastro sujo. É apenas isso, senhor. Esquece, esse senhor, que a sua função é devolver a credibilidade do banco para que ele volte aos seus objetivos com honestidade e transparência. Dessas bravatas, de economistas de pranchetas, o Brasil cansou.”

 

Perda 

A morte de Carlos Lyra, no final de semana, priva Alagoas de um dos seus principais empresários, em todos os tempos. O Grupo Carlos Lyra, formado por várias empresas, é uma referência de eficiência. Carlos Lyra, que a tantos políticos ajudou, também teve a oportunidade de exercer mandato político, como senador.

Lula cá

O ex-presidente Lula chega hoje à tarde em Alagoas comandando sua polêmica caravana, entrando por Penedo. Cumpre agenda na cidade, segue para pernoite em Arapiraca e amanhã, às 8 horas, recebe o título de Doutor Honoris Causa da Uneal. À noite se reúne com a militância, no Clube Fênix, Maceió.

Pró & contra

O título conferido a Lula gera polêmica pelo fato de ele ter sido condenado, há poucos dias, por corrupção. O que desmerece a honraria, mas não o seu trabalho por Alagoas. Goste-se ou não do ex-presidente, sua gestão foi generosa para com nosso Estado, até quando governado por um opositor político, Téo Vilela.

 

Êxito 

Revela a SMTT que os acidentes de trânsito no primeiro semestre diminuíram em 53% onde há utilização de radar eletrônico, em comparação ao primeiro semestre de 2016. O que, por si só, justifica a implantação do equipamento. Até porque só reclama dos pardais quem costuma transgredir as leis de trânsito.

 

Premiados

O Prêmio Especial MPT de Jornalismo 2017 contemplou os repórteres cinematográficos Wellinton Soares, Marcelo Henrique de Oliveira Moura e José Pereira de Lima pela matéria “Sururu: a cadeia produtiva da miséria”. O repórter Thiago Correia ganhou na categoria telejornalismo. A premiada equipe é da TV Pajuçara.

 

Novidade

A Braskem investe em outra inovação: uma tecnologia que permitirá a comunicação entre a embalagem e o consumidor, trabalho em parceria com a universidade norte-americana de Clemson e a UFRGS. A embalagem interativa muda de cor e mostrará ao consumidor se o produto estiver impróprio para o consumo.

 

Argumento

João Dória, explicando suas viagens pelo Brasil: “Eu tenho meu próprio avião, então viajo e não tem custo nenhum para a Prefeitura de São Paulo. Não estou nestas viagens como presidenciável, mas como prefeito de São Paulo e como vice-presidente da Frente de Prefeitos para conhecer bem o Brasil e para fazer a defesa dos prefeitos.”

 

* O Poder Judiciário de Alagoas iniciou, ontem, mutirão de audiências referente à Semana da Justiça pela Paz em Casa, período em que toda a Justiça brasileira intensifica a atenção aos processos envolvendo violência doméstica contra a mulher.

* O Sindicato de Bares, Hotéis, Restaurantes e Similares de Alagoas promove, de hoje ao dia 29, o 8º Seminário Cultural de Alagoas, no salão de convenções do Hotel Porto da Praia. O objetivo é discutir a valorização do patrimônio cultural alagoano.

* Maceió sedia, hoje e amanhã, o “I Encontro de Feiras Agroecológicas: qualificação e articulação em rede”, que visa definir um plano de ação para ampliar e fortalecer o comércio agroecológico em Alagoas. O evento acontece no centro social da Fetag-AL.

 

* Em comemoração ao dia do Psicólogo, celebrado em 27 de agosto, a Faculdade de Tecnologia de Alagoas promove hoje, no auditório da Unidade Barro Duro, debate com o tema “Suicídio: contribuições da pesquisa e da prática”. Aberto ao público.

 

* Criações do artista plástico Roniekason Okobayewo integram a exposição “Mundaú, uma terra chamada Alagoas”, desde ontem até 31 de agosto, no Parque Shopping Maceió. A atração de hoje é a apresentação do Pastoril Coração de Jesus.

 

*As obras do artista plástico Ricardo Alves Nascimento estão disponíveis ao público, desde ontem, na exposição “Mandalas da arte popular”, no Museu Palácio Floriano Peixoto. A mostra fica aberta ao público de segunda a sexta- feira, das 8h às 16h.

 

*Hoje é dia de Trapichão lotado: o CSA recebe o Parnahyba (PI), às 21 horas, precisando apenas do empate para garantir presença na Copa do Nordeste de 2018. No jogo de ida, o CSA venceu por 1×0, mesmo atuando com um time reserva.

 

 

“Ele aposta que a pressão popular o livrará da cadeia”

 

Cláudio Humberto Rosa e Silva

 

Jornalista, sobre a visita de Lula a 23 cidades do Nordeste, desde domingo, 20, até 5 de setembro