Flávio Gomes

18 de agosto de 2017

Não mexam na lei

Maria José Rocha, presidente da Casa da Educação Anísio Teixeira, ao site “Diário do Poder”: “A Lei Maria da Penha escancara, rompe o silêncio cruel que encobria toda essa violência praticada contra as mulheres brasileiras. Ela não só revela a violência, mas pune. Não é à toa que tantos agressores, os cúmplices da violência e/ou desavisados buscam modificar a lei, atenuando os seus efeitos, reduzindo as suas possibilidades de aplicação; e até vitimizando os agressores.  Para todos eles Maria da Penha mandou avisar: Não mexam na Lei! Nada disso deve nos fazer concluir que a lei fracassou. O problema no Brasil é secular e na história da humanidade é milenar. O cientista Albert Einstein numa certa ocasião afirmou que é mais fácil desintegrar o átomo do que desconstruir um preconceito.  É verdade! É muito difícil, especialmente nessa questão. Esse domínio do homem sobre a mulher manifesta – se  ao longo de grande parte da história da humanidade de forma cruel e visível. Só para ilustrar, lembremos de Lucrécia, a lendária dama romana que viveu até 509 a.C., filha  de Espúrio Lucrécio Tricipitino, prefeito de Roma, e mulher de Lúcio Tarquínio Colatino, que, violada por Sexto,  filho de Tarquínio, o Soberbo, suicidou-se após ter relatado ao pai e ao marido e pedido vingança. E como Roma não se fez num dia, vamos lutar e vamos romper essa  cultura secular que atormenta as mulheres no mundo inteiro. E no Brasil escutem Maria da Penha, que nos adverte: não mexam com a lei!”

 

Riscos

A visita de Lula a Alagoas, na próxima semana, tem duas implicações. Para o próprio, a hipótese de caracterizar campanha eleitoral antecipada; para o governador Renan Filho, que vai recepcioná-lo, a acusação de fazer uso da máquina pública. Nas duas situações, caso ocorram, haverá implicações políticas e jurídicas.

 

Corpo a corpo

Renan Filho tem dedicado boa parte do seu tempo a cuidar de articulações políticas, com vistas à sua reeleição e à do senador Renan Calheiros. É uma questão que ele tem tratado pessoalmente. Até o início de outubro, prazo para filiações e troca de partidos, ele espera fechar seu grupo político para 2018

 

Desabafo

Senador Benedito de Lira (PP), ao criticar a situação da saúde pública no Estado: “Procuro cumprir a minha parte. Tenho conseguido transferências federais para que os prefeitos possam cuidar das ações básicas de saúde, e são muitos os que têm recebido benefícios tanto por ações minhas quanto do deputado Arthur Lira.”

 

 

Sugestão

Pelas dificuldades financeiras da Prefeitura do Rio de Janeiro, que negou patrocínio, o carnaval da cidade será bancado por empresas privadas. O investimento total é de R$ 56 milhões, com retorno em publicidade. Fica o exemplo para o prefeito Rui Palmeira fazer o Carnaval de Maceió e os festejos de São João.

 

Na real

Após normalizar a situação do funcionalismo, inclusive zerando pendências da gestão anterior, Rogério Teófilo tem dito que, enfim, pode iniciar seu plano de gestão para Arapiraca. Alega que não tem pressa, que os resultados virão em médio prazo. “Não existe Nosso Senhor do Bom começo, só Nosso Senhor do Bonfim”, diz.

 

Na canela

A esquerda sofreu duro golpe com a Reforma Trabalhista, que acabou a contribuição obrigatória para entidades sindicais, um dos um dos seus principais esteios. E está prestes a sofrer outra bordoada, com a mudança na legislação eleitoral, a fim de que sejam eleitos para o Legislativo os candidatos mais votados.

Lava a Jato

Do site “Migalhas”: “Contam os jornais que a delação da OAS está sendo reduzida. De 50 pessoas, apenas 20 devem assinar o compromisso. A decisão de enxugar a delação foi tomada porque a força-tarefa da Lava Jato quer fechar a colaboração da empreiteira antes da saída de Rodrigo Janot. A delação de Funaro também está acelerada.”

 

*Hoje a banda “Nx Zero” realiza seu último show em Maceió, em turnê por todo o Brasil apresentando os maiores hits, antes de uma pausa por tempo indeterminado nas suas atividades. A partir das 22 horas, no Clube Fênix Alagoana, na Avenida da Paz.

*O Sesc Alagoas recebe, até hoje, inscrições para selecionar grupos e artistas de teatro, circo, dança, performance e intervenção, sediados em Alagoas. As selecionadas irão compor a programação da Aldeia Arapiraca – Mostra de Arte e Cultura do Sesc.

*O Teatro Hermeto Pascoal, em Arapiraca, recebe hoje, às 19 horas, apresentação do musical “Coco da Raiz ao Pop”, com o multiartista Igor Machado (Coco Pop Xote Novo) e o Mestre de Cultura Popular Pai Alex Gomes (Coco dos Gomes). Grátis.

*A Secretaria Municipal de Turismo de Maceió encerra hoje as pré-matrículas para o segundo lote dos cursos do Pronatec Voluntário. São mais de 20 cursos ofertados na modalidade a distância, sendo necessário computador ou tablet com acesso à internet.

*A Uninassau – Centro Universitário Maurício de Nassau promove, às 10 horas de hoje, uma palestra com o casal de fotógrafos Chico e Gal Brandão, no auditório da unidade Ponta Verde. A entrada é um quilo de alimento não perecível. As vagas são limitadas.

*Até o dia 24 os apaixonados por carros antigos vão poder curtir uma programação dedicada a essas verdadeiras relíquias automotivas. É que acontece, até lá, o “Encontro de Carros Antigos”, no estacionamento do Parque Shopping, das 19 às 21 horas.

 

“Somos contra. E uma negociação fechada de nomes conhecidos.”

Guilherme Afif

Presidente do Sebrae, sobre o “distritão”