Flávio Gomes

17 de agosto de 2017

Efeitos do “distritão”

De Ney Lopes, ex-deputado federal, sobre mudanças na lei eleitoral: “O ‘distritão’ na eleição proporcional não é uma má ideia. Considerando a falta de representatividade dos partidos atuais (e não se propõe nada de eficaz em matéria de alterações na lei partidária), o sistema proporcional atual em nada contribui para a representação de minorias. A maioria dos partidos é ‘balcão’ de negócios, com legendas comercializadas em troca de aumentar o espaço no horário eleitoral e assegurar ‘sobras’ para garantir a eleição de quem não tem votos. O autor do artigo não consegue entender como as oposições (PT e aliados) acusam o ‘distritão’ de ser um meio de reeleger os atuais parlamentares e evitar a renovação. Se quem está votando as mudanças pensar assim, estará totalmente enganado. A rebeldia do eleitor contra a classe política é uma evidencia que não pode ser negada. Assim sendo, por mais que as ‘máquinas’ de governo ou de partidos subsidiem os atuais parlamentares eles terão extremas dificuldades para obter o voto. 2018 será a primeira eleição geral depois da Lava Jato. Na eleição municipal de 2016, já foram sentidas reações e mudanças na ‘cabeça’ do eleitor. O dinheiro e as pressões influíram bem menos. O fato de um candidato ser conhecido ou não em nada influi no universo dominado pela mídia digital. Jovens e velhos, direta ou indiretamente, tomam conhecimentos dos fatos políticos quase instantaneamente. O Brasil não pode ser diferente do resto do mundo…”

Setentão

José Thomaz Nonô, presidente do DEM/AL e secretário de Saúde de Maceió, completa hoje 70 anos de idade. Promotor de Justiça aposentado, Nonô foi Secretário da Fazenda no governo de Guilherme Palmeira, deputado federal por seis mandatos e vice-governador. Foi, também, presidente interino da Câmara dos Deputados.

Sugestão

Pelas dificuldades financeiras da Prefeitura do Rio de Janeiro, que negou patrocínio, o carnaval da cidade será bancado por empresas privadas. O investimento total é de R$ 56 milhões, com retorno em publicidade. Fica o exemplo para o prefeito Rui Palmeira fazer o Carnaval de Maceió e os festejos de São João.

Mais uma

O Podemos, novo partido político comandado em Alagoas pelo advogado Omar Coêlho, presidente regional, e pelo deputado federal Cícero Almeida, presidente do diretório de Maceió, é visto como outra legenda vinculada ao Renans Calheiros. Em nível nacional deve lançar o senador Álvaro Dias à Presidência da República.

Substituição

Ricardo Mota (Tudo na Hora) diz que o deputado Arthur Lira ocupa espaços de Renan Calheiros na mídia nacional: “Líder do bloco formado por PP, PODE e PT do B, com 64 deputados federais, Arthur Lira tem sido figura carimbada no noticiário político – agora, tentando mudar, em nome dos seus pares, a articulação política de Temer no Congresso.”

Explicação

Em matéria na “Folha de São Paulo” o reitor da Uncisal, Jairo Campos, explica que o título de Doutor Honoris Causa ao ex-presidente Lula foi concedido em 2011, por seu trabalho pela expansão dos cursos superiores no Brasil. A polêmica homenagem, que está rendendo polêmica Brasil afora, será feita na 4ª feira, 23.

Agenda

O secretário estadual da Agricultura, Álvaro Vasconcelos, comanda hoje o lançamento da Expo Bacia Leiteira, no Instituto Federal de Batalha. O evento será realizado de 27 a 30 de setembro, no Parque Mair Amaral, em Batalha. O lançamento seria amanhã, mas foi antecipado a pedido dos pecuaristas com negócios na região.

Opinião

Michel Temer: “As dificuldades são herdadas e estamos combatendo. Nós estamos trazendo o Brasil para o século 21 em 15 meses de governo. Se fizermos a simplificação tributária, a reforma previdenciária e, junto com o Congresso, a reformulação política, esse governo poderá ser reconhecido como reformista.”

 

* O Gabinete de Governança da Prefeitura de Maceió participa, hoje, do “1º Simpósio Empreender Grande”. O evento visa melhorar as condições de empreendedorismo e será realizado, às18 horas, na Faculdade de Administração e Negócios (FAN), em Jaraguá.

*O Departamento de Cursos da Associação dos Procuradores do Estado de Alagoas e o Centro de Estudos da PGE/AL promovem, dias 23 e 24 de agosto, o curso “Aspectos Práticos do ICMS”, com Eduardo Castro, Procurador do Paraná, mestre e escritor.

*O Auditor da Receita Federal, Mestre em Direito e professor, Ivan Kertzman, e o Juiz do Trabalho Sérgio Mello Queiroz serão os palestrantes do “Seminário de Atualidades: Trabalhista e Previdenciário”, hoje, às 8h30m, na Procuradoria Geral de Justiça.

*De hoje ao dia 27 acontece a Festa de Nossa Senhora dos Prazeres, organizada pela Arquidiocese de Maceió. O tema é “Fazei tudo o que Ele vos disser”. O evento de abertura é na Catedral Metropolitana, comandado por Dom Antônio Muniz Fernandes.

* A Secretaria de Estado da Cultura realiza a Oficina de Preparação de Atores no Sertão e Agreste alagoanos, ministrada pelo ator alagoano Chico de Assis. Hoje e amanhã em Arapiraca; sábado e domingo, em Delmiro Gouveia. As prefeituras locais são parceiras.

* A dança tribal vai envolver o público hoje no Teatro de Arena Sérgio Cardoso, no espetáculo “‘Simbiose”, apresentado pela Zambak Cia de Dança e dirigido por Ana Clara Oliveira. Às 19h30m, pelo projeto Quinta no Arena. O ingresso custa R$ 20,00.

*Associação dos Deficientes Físicos de Alagoas relançou, ontem, a atividade esportiva de basquete em cadeiras de rodas, que fez muito sucesso há cerca de 20 anos. Com isso, pretende complementar o tratamento de reabilitação e voltar a disputar competições.

 

“Somos chavistas até a morte”

Maradona

Ex-jogador de futebol, se colocando à disposição de Nicolás Maduro para lutar “contra o imperialismo”