Flávio Gomes

4 de agosto de 2017

A retaguarda do atraso

Jornalista Ricardo Noblat, ontem à tarde, em seu blog: “Ministro da Justiça escolhido pelo presidente eleito Tancredo Neves e mantido no cargo pelo presidente empossado José Sarney, o pernambucano Fernando Lyra, um dos líderes do PMDB na luta contra a ditadura militar de 64, era capaz de arriscar o emprego por causa de uma boa frase. Em 1985, na cerimônia do Teatro Casa Grande, no Rio, em que anunciou o fim da censura, Lyra elogiou Sarney definindo-o com uma frase que se tornou célebre: – Sarney é a vanguarda do atraso. Queria dizer que o presidente era o político mais avançado entre aqueles que até pouco antes haviam sustentado o regime dos generais. Sarney jamais perdoou Lyra. Demitiu-o meses depois. Se fosse vivo, é bem possível que Lyra ser arriscasse a brigar com Temer qualificando de ‘vitória da retaguarda do atraso’ o que deverá se consumar logo mais na Câmara dos Deputados. Faltarão votos para aprovar a denúncia contra o presidente por crime de corrupção. Temer será salvo por uma aliança firmada entre os políticos mais fisiológicos da Câmara e os encrencados com a Lava Jato e outras operações da Polícia Federal… De resto, as ruas não roncaram. Mais de 80% dos brasileiros gostariam de ver Temer processado. Mesmo assim preferiram ficar em casa em sinal de protesto contra todos os políticos, partidos e instituições desacreditadas. As urnas roncarão em 2018.”

Conflito

O juiz Marcelo Tadeu Lemos participou, em maio, em Curitiba, de ato em favor de Lula. E vai presidir um julgamento simbólico, dia 11, também em Curitiba, em favor do ex-presidente. A Corregedoria-Geral de Justiça apura se ele faltou ao trabalho para ir ao Paraná. O juiz se defende: “Eu fui a convite de entidades”.

Retorno

A ida do ex-vereador e ex-deputado Régis Cavalcante (PPS) para a secretaria estadual de Ciência e Tecnologia do governo Renan Filho será, na prática, o reencontro dele com o grupo do senador Renan Calheiros. Régis e Renan pai fizeram política juntos, no movimento estudantil, quando cursavam Direito na Ufal.

Resultado  

Renan Filho, sobre o julho menos violento em Alagoas desde 2008: “A construção dos Centros Integrados representa os maiores investimentos em Segurança Pública dos últimos 30 anos. Já temos sete Cisps funcionando e cinco em construção. Em breve, esses Centros vão cobrir uma população de mais de 400 mil pessoas.”

Referência

Jornal “Valor Econômico” sobre o secretário da Fazenda: “Elogiado até pelos adversários dos Calheiros, o carioca George Santoro é um discípulo de Joaquim Levy. A pedido do governador, foi indicado pelo então ministro da Fazenda para comandar as finanças do Estado e impôs um ajuste, como ele próprio diz, ‘brutal’.”

Aprovação

Com 83,75% de respostas positivas, na pesquisa do Instituto Falpe, Cacimbinhas aprova a administração do prefeito Hugo Wanderley, também presidente da AMA. Hugo credita os números às mudanças que vem executando, os investimentos na saúde, educação, valorização da cultura e empreendedorismo.

Agenda

Por proposta do seu vice-presidente, Francisco Tenório, a Assembleia Legislativa realiza hoje, 9 horas, audiência pública para debater projeto que modifica o estatuto dos policiais militares de Alagoas. Diz o deputado: “Não podemos ficar aceitando que a média de aposentadoria dos oficiais da Polícia Militar seja de 44 anos de idade”.

Absurdo

Site “Migalhas”, sobre custas judiciais: “Enquanto no DF custa algo em torno de R$ 500 para uma ação de R$ 100 mil, o número é 14 vezes maior na Paraíba: as custas passam de R$ 7 mil. As cifras são ainda mais espantosas quando fazemos uma relação entre o valor das custas judiciais e a renda nominal mensal domiciliar per capita”.

 

*A secretaria estadual da Cultura realiza hoje reunião com representantes dos segmentos culturais para discutir a Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O encontro será às 19h, no auditório do Museu da Imagem e do Som (Misa), no bairro de Jaraguá.

*Os registros do fotógrafo Thiago Laion poderão ser apreciados na exposição fotográfica “Bravos Nautas: Uma história entre mares e fé”, que será aberta hoje, às 18h30m, no Museu da Imagem e do Som. A exposição poderá ser visitada até o dia 31 de agosto.

*Hoje e amanhã a presidente do IPHAN, Kátia Borgea, estará em Penedo para, junto com o prefeito Marcius Beltrão e o vice, Ronaldo Lopes, inaugurar a reforma do Convento Santa Maria dos Anjos e a primeira marina pública do Baixo São Francisco.

*Uma grande feira de artesanato internacional acontece, a partir de hoje, no Parque Shopping Maceió. A Expoarte conta com artesãos de diferentes nacionalidades e dá a oportunidade de se conhecer um pouco de cada país e regiões do Brasil através da arte.

*O espetáculo “Fadinha, a magia está na varinha”, pelo projeto Quinta no Arena, estará em cartaz hoje, às 19h30m, no Teatro de Arena Sérgio Cardoso. O ingresso custa R$ 20,00 e pode ser adquirido na bilheteria do Teatro Deodoro, a partir das 14 horas.

* A programação do Iroman70.3 Alagoas começa hoje, 14 horas, na arena montada na Praça Multieventos, na Praia de Pajuçara.  A prova, domingo próximo, reunirá mil atletas de 12 países para 1,9 km de natação, 90 km de ciclismo e 21,1 km de corrida.

 

 “Essa doutrina de Curitiba, doutrina Janot, não tem nada a ver com o Direito”

Gilmar Mendes

Ministro do Supremo Tribunal Federal