Blog do Dresch

18 de julho de 2017

Porto Calvo vai ganhar Hospital Regional

porto calvo vai ganhar hospital regional 600x300 c - Porto Calvo vai ganhar Hospital Regional

Liberação vergonhosa de emendas

                   O governo federal, através do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão divulgou uma nota justificando a liberação de emendas parlamentares durante a tramitação da denúncia contra o presidente Michel Temer. Segundo reportagem de O Globo, o governo Temer liberou, em meio à crise econômica, verbas que chegam a R$ 15,3 bilhões para garantir o apoio dos partidos da base aliada e derrubar a possibilidade da admissibilidade da denúncia na Comissão de Constituição de Justiça. Segundo a nota do Ministério do Planejamento, “a liberação de recursos para os municípios é um procedimento absolutamente normal”. Justificou ainda que “o uso de emendas parlamentares é um procedimento obrigatório previsto na Constituição e na legislação orçamentária. A execução dessas emendas é feita pelos ministérios setoriais obedecendo a critérios pré-determinados”. Os recursos podem ser utilizados pelas prefeituras para projetos de saneamento, mobilidade urbana, iluminação, entre outros. Para parlamentares da oposição a liberação das emendas é tão vergonhosa que caracteriza até uma corrupção ativa do governo.

Hospital em Porto Calvo

                   Assinada ontem, pelo governador Renan Filho e pelo Secretário do Estado da Saúde, Christian Teixeira, a ordem de serviço para a construção do Hospital Regional do Norte, que ficará sediado na cidade de Porto Calvo, atendendo aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em nove municípios. O hospital vai atender casos de urgência e emergência para traumato-ortopedia, atendimentos clínicos, materno-infantil e cirurgias de pequena e média complexidade. Quando concluída, a unidade hospitalar deverá atender uma população de 160 mil alagoanos, que residem nos municípios próximos a Porto Calvo e que fazem parte da II Região de Saúde.

Hospital em Porto Calvo 2

                   De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Christian Teixeira, “o Hospital Regional do Norte vai disponibilizar 110 leitos, distribuídos para maternidade, pediatria, cirurgias e clínica médica. Também serão destinados leitos para UTI adulto, UCI neonatal e enfermaria canguru, além de serviços de nefrologia”. O hospital terá 8.729,63 m2 de área construída, sendo que o valor total da obra, após estar concluída será de R$ 29.865.062,07 segundo a licitação. Os recursos são provenientes do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). A obra deverá estar concluída em 18 meses após o início dos trabalhos.

Maia: um ilustre desconhecido

                   Esperando uma “boquinha” para suceder o quanto antes o presidente Temer, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (PMDB-RJ) é um ilustre desconhecido para a maioria dos brasileiros. Segundo o Instituto Data Poder360, o deputado é rejeitado por 45% dos entrevistados e desconhecido para 35%. Por ser deputado pelo Rio de Janeiro, é no Sudeste que o maior número de pessoas conhece Rodrigo Maia, mas é também ali que o seu índice de rejeição é maior que a média nacional, de 56%. O presidente da Câmara está no seu quinto mandato como deputado federal, e a aprovação do seu trabalho é de 8%, e 12% não quiseram opinar.

Mais: um ilustre desconhecido 2

                   A pesquisa apontou também que o grupo que menos conhece Maia são os jovens, com idade entre 16 e 24 anos, sendo que 55% não o conhece. Ele é melhor avaliado entre pessoas com mais de 60 anos. Além de ser o sucessor de Temer em caso de afastamento do Presidente da República, encurralado por denúncias de corrupção, Maia é candidato ao comando do Executivo, caso sejam convocadas eleições indiretas. A pesquisa foi feita entre 9 e 10 de Julho, com 2.178 entrevistados em 203 municípios de todo o país.

Aumento na exportação de carne

                O governo federal estima que a venda de carnes brasileiras, tanto bovina, quanto suína e de aves para o mercado externo, cresça 3% este ano. A previsão foi feita pelo secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Eumar Novacki. Segundo ele, missões diplomáticas internacionais foram intensificadas para fortalecer e ampliar os negócios nos mercados consumidores. Ele reiterou que a meta do Brasil é atingir 10% do mercado global em cinco anos. Hoje, o país tem perto de 7% do mercado de produtos agropecuários do mundo.

Aumento na exportação de carne 2

             Outro aspecto salientado por Novacki, é a criação de um programa para aumentar o controle sobre os procedimentos internos e a relação dos fiscais com os produtores. A intenção do Ministério é estimular as empresas do setor a criarem suas regras de controle para o cumprimento das regras e normas legais e regulamentares, para vender um produto de qualidade, como é exigido por compradores globais. Ao mesmo tempo são estabelecidas normas para detectar e tratar qualquer desvio ou inconformidade que possa ocorrer.

 

 

  • A operação Lei Seca no final de semana, aportou no olho do furacão. A blitz aconteceu na praça central de Santana do Ipanema, no sertão de Alagoas, em plena noite de Sábado quando rolava a 55ª Festa da Juventude.
  • O resultado não poderia ser diferente: 55 condutores foram autuados por embriaguez ao volante, e 17 veículos foram recolhidos ao pátio da Ciretran local.
  • Também foram recolhidas 42 Carteiras Nacional de Habilitação (CNH), e registradas 178 infrações por irregularidades no trânsito. Além disso, outros 37 condutores estavam sem habilitação.
  • Outros 52 condutores se recusaram a fazer o teste do bafômetro e um foi preso por absoluta embriaguez ao volante.
  • Ainda segundo o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), foram realizadas 220 abordagens a veículos e realizados 277 testes de alcoolemia (ou texto do bafômetro).
  • A operação foi realizada nas imediações da Praça Enéas de Araújo, na região da entrada e saída do local onde aconteciam os shows.