Flávio Gomes

8 de julho de 2017

A rota constitucional

Saul Tourinho Leal, advogado e doutor em Direito Constitucional: “A suspensão judicial, cautelar, monocrática, por tempo indeterminado, de mandatos parlamentares, reduz o espaço da política na correção de rumos de seus líderes. De repente, eles ficam desonerados do compromisso ético de se corrigirem por meio do exame institucionalizado de suas posturas. É o esvaziamento do que resta da política que, como sabemos, também inclui a fiscalização quanto à dignidade, o decoro, dos congressistas. Com menos política, temos menos democracia. Com menos democracia, temos menos liberdade. Com menos liberdade, tudo deixa de fazer sentido. Para que pressionar congressistas a punirem colegas indecorosos se é possível auferir o mesmo resultado numa decisão judicial solitária e cautelar? Para que insistir com a política? A Suprema Corte contribuiria mais se, adotando uma postura procedimentalista, assegurasse que as minorias parlamentares tenham voz e que os órgãos internos de controle do comportamento parlamentar funcionem plenamente. Foi o que fez ao determinar que se instalasse comissões parlamentares de inquéritos para investigar malfeitorias. Ou quando determinou que se criasse a comissão responsável pela análise de pedidos de impeachment. Ou, ainda, ao impulsionar a instalação dos conselhos de ética e exigir o seu funcionamento desobstruído. A rota que a Constituição deu foi essa. Sair dela é flertar com casuísmos.”

Na canela

Renan Calheiros: “A ameaça de pagar o seguro-desemprego com FGTS, o Fies com fundo constitucional, a falta de dinheiro para reajustar o Bolsa Família e a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal sem recursos para serviços básicos demonstram que o governo Temer, mesmo badalado pelo mercado, vai aprofundar o abismo.”

Investimento

Há algum tempo os chineses vêm avaliando negócios em Alagoas. Na próxima 2ª feira, deve surgir alguma coisa de concreto, no “Primeiro encontro de líderes Brasil-China: oportunidades para Alagoas”. Renan Filho e Helder Lima, titular da Sedetur, são os anfitriões. Às 8h30m, no Museu Palácio Floriano Peixoto.

Reação

O senador Benedito de Lira (PP/AL) condena a importação, pelo Brasil, de etanol adquirido nos Estados Unidos: “Estamos favorecendo os Estados Unidos e ao mesmo tempo quebrando as nossas usinas. Empregando quem está lá nos Estados Unidos, em Cuba, na China, em detrimento do emprego de quem vive no Brasil”.

Agenda

A reunião da Associação dos Municípios Alagoanos, na próxima 2ª feira, será agitada. O presidente do TRE/AL, José Carlos Malta Marques, falará sobre o rezoneamento das 50 Zonas Eleitorais. A CGU/AL apresentará o resultado da terceira Avaliação da Escala Brasil Transparente aos prefeitos e demais gestores municipais.

Pauta

O ministro do Turismo, deputado federal Marx Beltrão, e Ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintella, também deputado federal, participam 2ª feira de reunião com o trade turístico alagoano. No Hotel Best Wester Maceió, a partir das 8h30m. Vão tratar de reivindicações para Alagoas.

Premiação

O Maceió Shopping patrocina o Prêmio José Marques de Melo de Jornalismo em Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas, em parceria com a secretaria estadual da Ciência, Tecnologia e Inovação, Fapeal e Sindicato dos Jornalistas. A premiação é neste sábado, no Espaço Pierre Chalita, a partir das 21 horas.

Opinião

Do site Migalhas: “Por tudo que se lê, nos próximos dias teremos Rodrigo Maia como presidente do país. Michel Temer deverá ser afastado por 180 dias pela Câmara, que autorizará o processamento da denúncia, se não nesta primeira, na próxima, certamente. A saída, aliás, é negociada pelo próprio presidente Temer.”

 

*Após anos de luta pela sobrevivência, faleceu ontem a advogada Maria das Graças Medeiros Nobre. Tão querida quanto o marido, médico Alexandre Nobre, e o filho, advogado Felipe Nobre. O sepultamento será hoje, às 10 horas, no Parque das Flores.


*A 11ª edição do “Fim de Semana no Museu” realizado pelo Museu de História Natural da Universidade Federal de Alagoas acontece, neste final de semana. Desta vez o evento é realizado em parceria com a Usina Ciência e a Faculdade Estácio de Alagoas.


*O Centro de Cultura e Estudos Étnicos Anajô realiza, neste sábado, outra edição do projeto “Tambor Falante”. Tema: “Desafios na atual conjuntura dos povos tradicionais”. Às 15 horas, no auditório do Estádio Rei Pelé, com Zezito Araújo e Ednilsa Lima.


*O musical “Cartola – O Mundo é um Moinho” é a atração deste final de semana no Teatro Gustavo Leite, Maceió, abordando a trajetória de um dos ícones da Música Popular Brasileira.  A partir das 21 horas. Informações: 3032.5210/ 99601.2828.


* “360 graus na fé” é o show programado para este sábado, no Ginásio do Sesi, no Trapiche da Barra. Atrações: Luana Sú, Nilson Nunes, Banda Adori e Tony Allysson. A partir das 16 horas. Ingressos disponíveis no “Viva Alagoas”. Contato: 9.992-0158.

*“Vem pra Cristo”, evento de iniciativa da Paróquia de São Paulo Apóstolo, apresenta neste sábado a banda Dominus, de Belo Horizonte. A programação inclui palestras, oração, adoração e missa. No Conjunto Salvador Lyra, às 9 horas. Contato: 99617.3069.


* A Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude da Prefeitura de Maceió realiza neste sábado a 1ª etapa do Circuito Popular de Corridas de Rua 2017. A prova será na orla de Pajuçara, a partir das 18 horas. Largada às 20 horas, para percurso de 5 quilômetros. 

 

“Crise econômica no Brasil não existe”

Michel Temer

Presidente da República, desconsiderando que o país tem 14 milhões de desempregados