Flávio Gomes

7 de julho de 2017

O chefe é Lula

Jornalista Ruy Fabiano: “ Os irmãos Batista, no governo Lula – e graças a ele -, ascenderam da condição de donos de um frigorífico em Goiás à de proprietários da maior empresa de produção de proteína animal do mundo, com filiais em diversos países. Tudo isso em meses. O segredo? A abertura dos cofres do BNDES, de onde receberam algo em torno de R$ 45 bilhões. Tal como Eike Baptista, são invenções da Era PT. Temer nada tem a ver com isso, ainda que tenha sido – e está provado que foi – beneficiário do esquema. Mas chefe jamais. Temer e o PMDB são a corrupção clássica, igualmente criminosa, mas em proporções artesanais. É grave e deve ser investigada e punida. Mas enquanto a rapina peemedebista cabe em malas, a do PT exige a criação de um banco, como a Odebrecht acabou providenciando no Panamá para melhor atendê-lo. É, portanto, estranho que, diante de evidências gritantes como as que Rodrigo Janot dispunha sobre Lula, não tenha se indignado na medida que o fez em relação a Temer e Aécio, cujas respectivas prisões pediu. Jamais denunciou Lula ou Dilma. Muito pelo contrário. Até hoje não explicou porque destruiu uma delação premiada do ex-presidente da OAS, Leo Pinheiro, que comprometia Lula. Não o sensibilizaram tampouco as delações do casal de marqueteiros João Santana e Mônica Moura… Temer está em maus lençóis pelo que fez – e deve ser investigado. Ele, Aécio e quem mais tenha delinquido. Mas não se deve perder de vista o senso das proporções. Lula é o chefe.”

Quadro

O senador Renan Calheiros tem uma campanha de reeleição complicada. Em pesquisas sobre intenção de votos, para consumo interno, ele aparece até em 3º ou 4º lugar. Em pesquisa Compset/Cada Minuto, desta semana, ele surge empatado tecnicamente (27%) com Téo Vilela (26%) e Marx Beltrão (25%).

Excluídos

Detalhe significativo na pesquisa Compset/Cada Minuto é que não foram incluídos Ronaldo Lessa e Heloísa Helena como possíveis candidatos às duas vagas para o Senado em 2018. Lessa e Heloísa disseram ao portal “Diário do Poder” que não autorizaram a exclusão dos seus nomes e que podem concorrer ao Senado.

 

Mais um

Um complicador a mais para Renan Calheiros: está sendo anunciada para hoje uma reunião com lideranças de partidos de oposição ao senador e ao governador Renan Filho, visando a eleição do próximo ano. Participariam, pelo menos, PSDB, PDT, PR, PP, DEM e PROS. Tema principal:  união pelas vagas ao Senado e ao governo.

 

Proposta

Do senador Benedito de Lira (PP/AL), ao sugerir à ANAC o compartilhamento de aeronaves para melhorar a malha aérea do Nordeste, em especial Alagoas: “Está na hora de as empresas áreas oferecerem sua contribuição para o crescimento do nosso turismo. Nós, alagoanos, dependemos, e muito, do nosso turismo”.

Placar

No mais recente cenário do quadro político, da bancada de Alagoas o mais radicais pela saída de Michel Temer são o senador Renan Calheiros e os deputados Paulão e Carimbão. Já o mais ardorosos em favor do presidente são o senador Benedito de Lira e os deputados Maurício Quintella, Arthur Lira e Marx Beltrão.

“Recepção”

Passageiros que desembarcam no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares enfrentam um problema, logo ao pisar em solo alagoano: o assédio dos taxistas e funcionários de locadoras de veículos, à saída da sala de desembarque. A insatisfação é maior com os turistas, que vêm em busca de lazer e sossego.

Articulação

Do portal IG, suspeitando de conspiração de Rodrigo Maia (DEM) para assumir a Presidência da República: “Maia não arquivou a maioria dos pedidos de impeachment contra Temer; e recentemente andou conversando bem com líderes de partidos da oposição, como Orlando Silva (PCdoB-SP) e Carlos Zaratini (PT). Os dois partidos estariam dispostos a apoiar o democrata em prol da cabeça de Temer.”

 

* O Núcleo Alagoano pela Auditoria Cidadã da Dívida Pública encerra hoje o Seminário Internacional Dívida Pública, Crise Capitalista e Questão Social. A Adufal é representada pelo professor José Menezes. Das 9 às 17 horas, no auditório da Reitoria.

*Uma parceria público-privada beneficia seis comunidades rurais de Arapiraca, com a de terraplenagem em trecho de 13 km, ligando o bairro Senador Arnon de Melo à Vila Aparecida. A obra envolve prefeitura, Pedreira Triunfo e Associação da Vila Aparecida.

* O Museu Zezito Guedes, situado na Praça Luiz Pereira Lima, Centro de Arapiraca, que recentemente recebeu a exposição do artista plástico Cícero Dário Vieira, abre hoje, a partir das 19 horas, a “Expoeco”, do também artista plástico Cícero Brito.

*As atividades das comemorações dos 152 anos de fundação da Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos, vinculada à Secult, serão encerradas hoje, com exposição de livros, feira literária e outras atividades. O evento é aberto ao público.

*O Parque Shopping recebe, até 16 de julho, a exposição “Design Alagoano”, idealizada por Aline Rijo e Luciana Amaral. A mostra apresenta peças de 11 artistas da Ilha do Ferro, sertão alagoano, e tem apoio da Living, Conexão, Sertão Encantado. 

*O CSA está vencendo, de novo, um confronto extracampo com o CRB: sua torcida tem sido muito mais presente no Trapichão nos jogos da Série C. O CRB, na Série B, sofre a concorrência direta da transmissão dos seus jogos pela televisão.

 

“O que o Senado está fazendo por Temer nem mãe e pai fazem por seus filhos”

Leonardo Sakamoto

 Jornalista