Blog do Dresch

4 de julho de 2017

Farol ganha estação de tratamento de esgoto

farol ganha estacao de tratamento de esgoto 600x300 c - Farol ganha estação de tratamento de esgoto

                   Assinado ontem o termo de cessão de uma área no bairro do Farol, pelo Exército Brasileiro, através do 59º Batalhão de Infantaria Motorizado, para que a Casal construa uma Estação de Tratamento de Esgoto. A solenidade contou com a presença do governador Renan Filho, do comandante do 59º BIMTZ, coronel Nilton Rodrigues e do presidente da Casal, Clécio Falcão. A Estação de Tratamento atenderá as necessidades dos moradores do Farol e também do Canaã, Pitanguinha, Pinheiro, Sanatório, Santo Amaro e Gruta de Lourdes. A construção marcará o início da principal etapa das obras de esgotamento sanitário da região do Farol e demais bairros próximos.

 

Propina? Só em espécie

                   E como fazia o frigorífico JBS para garantir a propina que pagava a políticos em geral em dinheiro vivo? Não dá prá sacar no banco, nem tampouco encher o cofre em casa. Na delação premiada, o ex-executivo Ricardo Saud deu o serviço: Eles listavam redes varejistas em todo o país, usavam a venda de seus produtos a supermercados e açougues e pediam para receber os pagamentos em espécie e depois encaminhar os mesmos aos emissários dos políticos. Segundo Saud, foi graças aos supermercados que a JBS pagou R$ 4,3 milhões em propinas para o senador Aécio Neves (PSDB-MG). Também era assim que liberava a propina para Eduardo Cunha (PMDB-RJ) agora preso. Na delação de Saud, foi listado o nome dos supermercados e varejistas (que na verdade nada tinham a ver com a corrupção, nem mesmo sabiam o destino do dinheiro). Por outro lado, só a JBS tem cerca de 100 lojas de carnes em São Paulo. Foi feito o pedido de em vez de depositar, direcionar o dinheiro vivo para o grupo. Simples assim!

 

Despesas de R$ 4 milhões ao mês

                   Réu em 12 processos e já condenado em um deles a 14 anos de cadeia, o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, gastava cerca de R$ 4 milhões por mês, segundo cálculos do Ministério Público Federal. Apenas no pagamento a funcionários, médicos, condomínios e seguros de carros, o gasto atingia R$ 220 mil por mês. Estes pagamentos básicos eram feitos através do dinheiro de propina, que o ex-governador negociou em obras públicas e com recursos públicos desviados.

 

Despesas de R$ 4 milhões ao mês 2

                   No cálculo das despesas mensais de Cabral, o Ministério Público Federal (MPF) incluiu também os custos com manutenção de outros imóveis, escritórios, carros, pagamento de aulas de equitação e sessões de massagem; compra de joias, obras de arte, roupas e móveis com assinatura de renomados designers e estilistas; sustento de parentes, cumplices da organização criminosa. Ainda de acordo com o levantamento do MPF, Cabral tinha um salário fixo de R$ 20 mil, e sustentava a ex-mulher e até a ex-sogra e a ex-cunhada, que recebiam R$ 7,5 mil por mês cada uma. No aluguel de um escritório no Leblon, o custo chegava a R$ 42 mil mensal.

Despesas de R$ 4 milhões ao mês 3

                   Este escândalo dos gastos do ex-governador do Rio de Janeiro, divulgado no Domingo pelo jornal O Dia, traz ainda as despesas de Cabral com a ex-primeira-dama, Adriana Ancelmo, que chegou a ser presa, mas foi absolvida pelo juiz Sérgio Moro. A mulher de Cabral tinha gastos estratosféricos, como torrar R$ 300 mil em um cartão de crédito. Em outra compra, gastou R$ 57 mil em seis vestidos e pagou R$ 31,6 mil em uma espreguiçadeira. Sérgio Cabral também teve gastos de com uma personal stylist para escolher suas roupas de grife e chegou a pagar R$ 86 mil em ternos e cuecas.

Vacina contra colesterol

             Pesquisadores da Universidade Médica de Viena[LD1] , iniciam nos próximos dias os testes em seres humanos, de uma vacina que pode reduzir as taxas de colesterol e prevenir ataques cardíacos. Já foram realizados estudos satisfatórios em camundongos, de acordo com os cientistas. Segundo um estudo publicado na revista científica European Heart Journal, a vacina contribuiria para reduzir os depósitos de gordura que bloqueiam as artérias, e evitaria o consumo diário de remédios par ajudar a reduzir os riscos de ataques cardíacos.

Vacina contra colesterol 2

                Os cientistas da Universidade acreditam que a vacina estará disponível em seis anos, para não servirá como desculpa para deixar de fazer exercícios físicos ou para consumir alimentos com alto teor de gordura. A vacina auxilia o sistema imunológico do organismo a atacar uma proteína, denominada PCSK9, que permite que o colesterol mau (LDL) se acumule no sangue. De acordo com o estudo científico, nos camundongos o tratamento reduziu o colesterol em 50% em um período de 12 meses, além de proteger contra o acúmulo de gordura.

 

  • No próximo dia 12, a Secretaria de Estado da Educação lança o Pacto Alagoano pelas Diversidades (PADIVIS), que é um curso para professores e coordenadores pedagógicos, abordando questões relativas à diversidade na Educação Pública,
  • As inscrições abriram ontem e vão até o dia 10 deste mês e podem ser feitas através de formulário ou então no endereço eletrônico da Secretaria.
  • Segundo Fátima Rebelo, gerente de Diversidades e Modalidades da Seduc, o programa consiste em uma formação continuada e será dividido em ciclos para que os inscritos possam participar de três módulos: Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Especial e Diversidades.
  • Cada módulo oferecerá 50 vagas, totalizando 150 participantes.
  • O curso tem a duração de um mês, sendo que cada módulo tem uma carga horária de 40 horas. E a intenção é que cada educador tenha contato com os três módulos, podendo mudar de categoria ao fim de cada módulo, explicou Fátima Rebelo.
  • O lançamento oficial do Pacto será no mesmo dia 12, no Centro de Formação Ib Gatto, no Cepa ás 9h. A tarde acontece a aula inaugural.