Roberto Baia

30 de junho de 2017

Vítimas de queimaduras

Vítimas de queimadurasConforme relatório divulgado pelo Núcleo de Processamento de Dados (NPD) do Hospital de Emergência do Agreste, os 11 pacientes receberam atendimentos médicos especializados e todos tiveram alta hospitalar.

No mesmo período do ano passado, o hospital internou 24 pessoas com ferimentos provocados com fogos de artifício.

Desse total, todas receberam atendimento médico e 23 tiveram alta hospitalar, e uma pessoa continuou internada.

De acordo com o assessor diretivo da unidade hospitalar, Paulo Roberto Pereira, houve este ano uma diminuição no total de queimados, com uma redução de mais de 100% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Diminuiu

“Desde a semana passada que os números já apontavam para uma diminuição nos atendimentos a pessoas vítimas de queimaduras com fogos de artifício. É muito bom a gente atestar que a campanha educativa realizada pelo governo, mais precisamente pela Secretaria de Estado da Saúde, está obtendo resultados satisfatórios, e população cada vez mais cuidadosa na prevenção de acidentes, sobretudo com o manuseio de bombinhas e outros de materiais explosivos e que produzem chamas nesta época do ano”, enfatiza o diretor.