Roberto Baia

30 de junho de 2017

Vítimas de queimaduras

vitimas de queimaduras 600x300 c - Vítimas de queimaduras

Vítimas de queimadurasConforme relatório divulgado pelo Núcleo de Processamento de Dados (NPD) do Hospital de Emergência do Agreste, os 11 pacientes receberam atendimentos médicos especializados e todos tiveram alta hospitalar.

No mesmo período do ano passado, o hospital internou 24 pessoas com ferimentos provocados com fogos de artifício.

Desse total, todas receberam atendimento médico e 23 tiveram alta hospitalar, e uma pessoa continuou internada.

De acordo com o assessor diretivo da unidade hospitalar, Paulo Roberto Pereira, houve este ano uma diminuição no total de queimados, com uma redução de mais de 100% em relação ao mesmo período do ano passado.

 

Diminuiu

“Desde a semana passada que os números já apontavam para uma diminuição nos atendimentos a pessoas vítimas de queimaduras com fogos de artifício. É muito bom a gente atestar que a campanha educativa realizada pelo governo, mais precisamente pela Secretaria de Estado da Saúde, está obtendo resultados satisfatórios, e população cada vez mais cuidadosa na prevenção de acidentes, sobretudo com o manuseio de bombinhas e outros de materiais explosivos e que produzem chamas nesta época do ano”, enfatiza o diretor.