Blog do Dresch

23 de junho de 2017

Soja e milho como alternativas agrícolas

                   Uma caravana de técnicos e pesquisadores, coordenada pelo secretário de Agricultura, Álvaro Vasconcelos e pelo presidente da Comissão de Grãos, Hibernon Cavalcante, visitou esta semana áreas selecionadas para o plantio de soja e de milho. A visita contou ainda com a participação de representantes do Sebrae, Banco do Brasil e Banco do Nordeste. Foram vistoriados os locais de produção de sementes variadas em Coruripe, de soja em Campo Alegre e de milho em Limoeiro de Anadia. Nos últimos dois anos, a produtividade da soja e do milho superou as estimativas, e para a safra 2017 o objetivo é aumentar as áreas de plantio e estabelecer uma alternativa agrícola à cana-de-açúcar.

Apostando na soja e no milho 2

                   Para Hibernon Cavalcante, a produção de milho é importante para Alagoas, principalmente no cultivo de sementes de qualidade, adequadas ao solo alagoano. “Vale ressaltar também o incentivo para a vinda de produtores de outros estados, que investem em tecnologia para obter resultados positivos”. Segundo ele, a cultura da soja também apresenta excelente produtividade. “Algumas variedades possibilitam uma produção de 30 a 40 sacas por hectare, e além disso possibilitam a diversificação da cultura da cana-de-açúcar, além de oferecer vantagens econômicas para o produtor” explicou Hibernon.

 

O corte nos benefícios

                   O governo federal cancelou o pagamento de R$ 9,32 bilhões em benefícios sociais e previdenciários nos últimos 12 meses. De acordo com o Ministério da Transparência e da Controladoria-Geral da União, o cancelamento aconteceu após auditoria, fiscalização e revisão de regras de programas sociais. A economia foi alcançada através do pente-fino em busca de irregularidades no auxílio-doença e na aposentadoria por invalidez que trouxe uma economia de R$ 4,5 bilhões para os cofres do INSS. Também foi reduzido o benefício da prestação continuada (R$ 2,2 bilhões), e ainda no seguro-defeso do pescador artesanal (R$ 1,6 bilhão) e R$ 1,02 bilhão no Bolsa-Família. Para detectar as irregularidades nos programas sociais, a CGU fez um cruzamento das informações declaradas pelos beneficiários em várias bases de dados do governo, como a Relação Anual de Informações Sociais (Rais), o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Sistema de Controle de Óbitos, além do INSS. O órgão previdenciário realizou 125 mil perícias e dessas reduziu 80% dos benefícios.

 

Preferência para octogenários

                   O Senado aprovou projeto de lei que concede prioridade para pessoas com mais de 80 anos em relação aos demais idosos, alterando o Estatuto do Idoso, que estabelece direitos iguais para todas as pessoas acima de 60 anos de idade. Assim, foram criadas duas faixas etárias, porque, a partir dos 80, as pessoas têm mais dificuldade de locomoção e ficam com a saúde mais fragilizada. A preferência valerá para processos judiciais e em atendimentos de saúde que não envolvam situações de emergência. Um dos principais pontos da preferência são os precatórios. O projeto segue agora para sanção presidencial.

Voos extras em Julho

              Alagoas vai ganhar um aumento substancial no número de voos extras no próximo mês de Julho. Uma nova parceria foi firmada entre o Estado e a companhia Azul Viagens, garantindo voos de Belo Horizonte e de Uberlândia (MG). Além destes, Alagoas já possui seis novos voos nacionais fechados para o mês de Julho, destra vez em parceria com a Gol Linhas Aéreas, ligando o estado a São Paulo (Congonhas), Belo Horizonte, Foz do Iguaçu (PR), Cuiabá (MT), Goiânia (GO) e João Pessoa (PB). Também entrará em operação um voo internacional, trazendo de Buenos Ayres 177 visitantes todos os Sábados.

Golpe no contribuinte

           A Receita Federal deu o alerta: Um novo golpe contra o contribuinte está sendo organizado para obter dados junto a Receita Federal. Criminosos utilizam os Correios para encaminhar uma correspondência, em nome da Receita, intimando o contribuinte a atualizar seus dados cadastrais. Na intimação há um endereço eletrônico para o encaminhamento dos dados, que não tem nenhuma relação com o site da Receita. Apesar de conter o logotipo da Receita, a carta é uma tentativa de golpe.

Golpe no contribuinte 2

           Para a devida orientação ao contribuinte, a Receita Federal, informa que para fins de consulta, download de programas ou alterações de informações junto ao Fisco, não devem ser acessados endereços eletrônicos que não o oficial do órgão. Caso o faça, o contribuinte estará sujeito a vírus e malwares, que podem roubar seus dados pessoais, bancários e fiscais. Em relação aos dados bancários de pessoas físicas, o contribuinte só os informa a Receita para fins de débito automático ou depósito de restituição do Imposto de Renda.

 

  • Dentro das comemorações dos 200 anos de Emancipação de Alagoas, o Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura, e em parceria com a Liga dos Cocos Alagoanos, promove a partir de amanhã (24) o I Festival de Coco de Roda de Alagoas.
  • O evento acontecerá no bairro de Jaraguá, e contará com a participação de grupos de Coco de Roda e apresentações de artistas locais. Estão inscritos 18 grupos, somando mais de mil dançarinos, segundo cálculos da própria Liga.
  • Por ser o primeiro Festival do Coco de Roda no estado, a expectativa é a melhor possível, pela alegria dos conjuntos, pela animação dos dançarinos e pela valorização da cultura local, fortalecendo uma tradição popular dos alagoanos.
  • A secretária estadual de Cultura, Melina Freitas, destaca ainda a importância do Festival acontecer dentro das comemorações dos 200 anos de Emancipação Política do Estado, um momento marcante para a cultura alagoana.