Edmilson Teixeira

23 de junho de 2017

Arapiraca, descaso na saúde

Deputado Rodrigo Cunha afirma que se deparou com uma cena indigesta em Arapiraca. É que durante uma visita que fez na base da Samu, constatou que seis ambulâncias disponíveis, nenhuma estava funcionando. Por conta disso, foi que ontem, o parlamentar  deu mais um passo para solucionar o problema: entregou ao MPF, ao MPC e a ouvidoria do Tribunal de Contas um requerimento solicitando a abertura de procedimento investigatório com o objetivo de averiguar tamanho descaso na maior cidade do interior alagoano.   

 

Argumento

 

“Não podemos apenas apontar falhas, é preciso buscar soluções. O Samu já foi referência em nosso Estado, e não pode recuar no bom atendimento aos cidadãos. Então, diante do conhecimento de uma série de irregularidades envolvendo a base do Serviço em Arapiraca, fui aos órgãos de controle solicitar que investiguem o que anda acontecendo”, disse o parlamentar. 

 

 

Velho Chico

 

Por determinação da  Agência Nacional de Águas (ANA) está  suspensa a partir desta semana, as captações de água na bacia do rio São Francisco, à exceção de abastecimento humano ou para animais. A decisão está publicada em Diário Oficial da União (DOU) e necessita do apoio dos estados para fiscalização efetiva, a fim de evitar às captações todas as quartas-feiras, até 30 de novembro de 2017. Em Alagoas quem vai fiscalizar é a Semarh.

 

Marechal

Marechal Deodoro se destacou ontem em Brasília ao apresentar uma iniciativa exitosa, no Workshop Experiências Gestão em Atenção Primária do Hospital Israelita Albert Einstein, em Brasília, evento que termina nesta sexta-feira. O trabalho – considerado uma iniciativa pioneira – foi apresentado pelo secretário de Saúde do município, Aerton Lessa, com o tema “Superando desafios de monitoramento e promoção de saúde com tecnologia”. Na realidade, foi o único  trabalho do Norte Nordeste  a ser apresentado com a iniciativa existosa.

 

Marechal II

De acordo com o gestor de Marechal Deodoro, o projeto consiste no monitoramento da saúde da população por mensagem via aparelho celular. “Começamos o monitoramento em Igaci (quando gestor daquela pasta) com o uso de tablets, no qual os agentes de saúde visitavam as casas e com isso multiplicavam a ação deles, mas em uma feira em São Paulo conheci a nova ferramenta que cadastra o telefone das pessoas e a monitora via celular, complementando assim o trabalho com os tablets”, comparou.

 

Modelo

 

Aerton explicou que a nova tecnologia – com o uso do robozinho com inteligência artificial – faz com que os pacientes hipertensos e diabéticos, por exemplo, recebam informações de especialistas sobre doenças, multiplicando o poder de visita dos agentes, já que o monitoramento além de presencial será também de forma virtual. “Se houver um surto epidêmico na região, a população é informada de imediato sobre como tratar e onde se dirigir”, destaca o secretário de Saúde.

 

Igaci

Servidores de todas as áreas de Igaci recebem de forma antecipada o mês de junho nesta sexta-feira. A informação é do prefeito Oliveiro Piancó (PMDB) entendendo ele, que essa é uma forma de aquecer a economia do município durante este final de semana, quando começa pra valer a temporada dos festejos juninos. A medida, além de chegar numa boa hora para a categoria, também animou aos comerciantes da cidade, que sem sombra de dúvidas vão ter a oportunidade de faturar nesse período festivo, onde marca a abertura do São João 2017.

 

Baixo São Francisco

Rizicultores dos municípios de Porto Real do Colégio, Igreja Nova e Penedo serão beneficiados pelo governo de Alagoas, com 200 toneladas de sementes de arroz. A distribuição tem início na sexta-feira passada, por intermédio da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri). Serão doadas 115 toneladas de sementes de arroz para o projeto Boacica, no município de Igreja Nova, 85 toneladas para o projeto Itiúba, em Porto Real do Colégio, bem como para perímetros irrigados em Penedo.

 

Prefeitos

Atenção prefeitos. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta  que está aberto o prazo para a primeira etapa do Censo Escolar 2017. As informações deverão ser enviadas para o sistema educacenso que está disponível no site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A CNM explica que o Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica e o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro na área.

Importância

A Confederação também destaca, que o Censo Escolar é realizado anualmente, e as informações servem de base para a distribuição dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e dos programas federais da educação, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).