Edmilson Teixeira

14 de junho de 2017

Atalaia colocando a casa em ordem!

Uma das medidas adotadas agora pelo prefeito Chico Vigário (PMDB) é o de recadastrar todos os imóveis da cidade.  A ação teve início na última semana, cuja  meta é colher frutos desse trabalho já a partir do próximo ano com a arrecadação do IPTU. Isso porque existem somente pouco mais de seis mil imóveis cadastrados na Prefeitura, mas que o órgão acredita que essa contagem deve chegar à casa dos 20 mil imóveis, sobretudo envolvendo os dois recém-criados distritos; Branca e Santo Antônio. Afirma o prefeito que o cadastramento imobiliário está defasado há 12 anos.

Expectativa


“Efeitos positivos desse projeto já poderão ser sentidos em 2018, pois esses imóveis passarão a pagar o IPTU, gerando assim uma melhora significativa na arrecadação municipal, o que permitirá o poder público ter maiores condições de desenvolver trabalhos em prol da população” revela o secretário de Finanças, Júnior Vigário. Ainda  segundo ele,  serão cadastrados não apenas residências que tenham escritura pública, mas também documento particular de compra e venda e terrenos que estejam na área urbana. 

Remédio caseiro

Secretaria de Estado da Agricultura, Emater e Ufal se uniram em torno de um projeto que visa curar a saúde de muita gente, por meio do tradicional remédio caseiro. A ação está se expandindo para os municípios de Piranhas, Mata Grande, Olho D’água do Casado e Água Branca. É que todos eles receberam 500 mudas de plantas medicinais. Na realidade a meta é  estimular a produção de fitoterápicos com o uso de medicinais cultivados por agricultores familiares. 

 

Setores

As mudas reúnem mais de 20 espécies e estão sendo utilizadas para implantação de hortas matrizes em escolas públicas, tendo como base as práticas disseminadas durante palestras promovidas em cada um dos municípios parceiros com o tema: “Plantas Medicinais e Fitoterápicos e Implantação de Hortas”, ministradas pelo engenheiro agrônomo e professor da Ufal, Clemens Fortes. 

 

Variedade

As hortas matrizes funcionam como unidades centrais utilizadas como referência para que as técnicas sejam replicadas nas comunidades. Implantadas nas escolas, as hortas irão receber cuidados dos alunos e, com a atuação de técnicos da Emater, serão levadas para os agricultores familiares, observando fatores como manejo do solo e água e conhecimentos agroecológicos. Entre as doações estão mudas de romã, boldo brasileiro, amora, cidreira, babosa, moringa, capim santo, orégano e hortelã. 

 

Delmiro Gouveia

Projeto cultural foi lançado no último sábado em Delmiro, onde visa proporcionar  a população, acesso a música através das apresentações da banda delmirense Tenente José Nicácio, além da participação de outros artistas locais. Trata-se do projeto “Música na Praça” que entra em ação durante dois sábados do mês, com intervalo de 15 dias, na Praça de Eventos. A realização é da Prefeitura, que almeja também incentivar crianças e adolescentes interessadas em músicas, a participarem da banda.   

 

Piranhas

Prefeita Maristela Sena não tem medido esforços para incrementar o turismo de Piranhas, sobretudo com trabalho de divulgação. A gestora reativou o “Forrogaço” este ano garantindo acima de tudo, grandes atrações musicais. E agora mandou sua equipe até Salvador/BA, a fim de colocar nas vitrines as belezas de Piranhas, num dos mais conceituados eventos turísticos do País; que é o Brazil National Trade Market – Feira de Turismo (BNTM).

Pão de Açúcar

As prainhas do Rio São Francisco estão deixando em alerta a população local e turistas que frequentam a cidade. É que no último sábado, um banhista teve que ser socorrido às pressas depois de ser atacado por piranhas. No ano passado, mais de cinquenta casos desta natureza foram registrados naquela região. A Prefeitura está alertando sobre o perigo, principalmente aos sertanejos mais afoitos, que depois que tomam umas e outras, esquecem de que o peixe piranhas não é um animal traiçoeiro.   


Gado

Termina amanhã o prazo para os pecuaristas alagoanos vacinar seus rebanhos de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa. A informação é da Adeal. Diz o órgão, que o prazo oficial da primeira etapa da campanha de vacinação de 2017, que teve início no dia 1º de maio, foi encerrado no último  dia 31. Mas, em função da grande quantidade de chuvas ocorridas nas últimas semanas do mês em Alagoas, à vacinação foi prorrogada até o dia 15 de junho.


Punição

Na contagem registrada até a última segunda-feira, haviam sido vendidas 1.152.124 doses de vacinas contra a aftosa, sendo que 69 mil foram comercializadas no período da prorrogação de 1º até o momento. De acordo com a Adeal, o criador que deixar de vacinar os animais estará sujeito ao pagamento de multa e demais penalidades previstas em lei, a exemplo do impedimento de comercializar e circular com os animais.

Piaçabuçu

Prefeito Djalma Beltrão (PRB), esteve reunido na última semana com o governador Renan Filho (PMDB), a fim de buscar soluções para problemas de abastecimento na cidade e povoados, além de discutir a salinização da água em algumas comunidades, principalmente nas mais próximas da Foz do São Francisco. Ficou acertado que será investido um montante de R$ 1,5 milhão para captação na nova adutora de abastecimento de água.

Gravidade

Piaçabuçu sofre com o problema de salinização da água devido o avanço do mar no Rio São Francisco e diversas soluções paliativas estão sendo tomadas, mas segundo o prefeito Djalma, um novo ponto de captação e a construção da adutora de abastecimento é a solução mais adequada. “Confesso que estou ansioso para acompanhar o início das obras, pois nosso povo já esperou muito tempo para chegarmos com soluções para esses problemas de salinização e abastecimento” desabafou Djalma Beltrão.