Blog do Dresch

9 de junho de 2017

Joias como instrumento de lavagem

joias como instrumento de lavagem 600x300 c - Joias como instrumento de lavagem

                   O Ministério Público Federal deve apresentar uma nova denúncia contra o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB) e sua esposa Adriana Ancelmo por lavagem de dinheiro através da compra de joias. Uma delação premiada da H. Stern, listou 41 itens adquiridos pelo casal desde 2009. São 30 peças a mais que somam R$ 4 milhões. As denúncias já apresentadas listam 66 peças, que somam R$ 6,9 milhões, a maior parte (55) adquiridas na Antônio Bernardo. Na nova delação aparecem três joias com valor superior a R$ 1 milhão.

Joias milionárias de Cabral 2

                   Entre as peças mais valiosas, está um par de brincos de ouro branco 18 quilates com brilhante solitário no valor de R$ 1,2 milhão. Estes brincos foram trocados pela ex-primeira-dama por outra joia ainda mais valiosa, de R$ 1,8 milhão. A diferença (R$ 600 mil) foi paga em dinheiro, segundo a joalheria. Aliás, praticamente todas compras eram pagas com dinheiro vivo, garante o Ministério Público. Assim, a nova denúncia tem como objetivo detalhar o mecanismo de ocultação do dinheiro sujo e lavagem por meio do setor joalheiro. Cabral e Adriana através de seus advogados, negam o procedimento irregular.

 

União deve bancar projetos

                   O Ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho acenou positivamente com a possibilidade da União bancar os projetos apresentados esta semana pelo governador Renan Filho. Eles detalham a contenção de enchentes nas bacias dos rios Paraíba e Mundaú e os deslizamentos de barreiras em áreas da capital. São obras estruturantes e necessárias, que impedirão novas tragédias. Entre os planos apresentados, está a implantação de barragens reguladoras em pontos crônicos dos municípios de Quebrangulo, Viçosa, Capela, e São José da Laje. Esta ação também vai resguardar as cidades situadas às margens do estuário lagunar, como Pilar e Marechal Deodoro, O objetivo dos projetos é reduzir os impactos causados por enchentes na Região Norte do Estado, da divisa com Pernambuco até a zona metropolitana, com controle do volume das águas dos rios. As quatro barragens estão orçadas em R$ 1,3 bilhão, e depois de concluídas permitirão a implantação de projetos de irrigação e abastecimento humano e animal.

 

A palavra do dono

            Para os bancos e instituições financeiras do Brasil, o mais importante é não deixar a crise política interferir no andamento das reformas. Este foi o tom da palestra do presidente da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Murilo Portugal, na abertura do 27º Congresso e Exposição de Tecnologia da Informação das Instituições Financeiras. “Não podemos deixar que essas incertezas (políticas) paralisem o que estava sendo feito. Tenho certeza que o Brasil vai estar mais forte ao fim deste momento desafiador. Quero deixar esta mensagem de otimismo”, disse Portugal.

A palavra do dono 2

             Para o presidente da Febraban, existe uma recuperação do crédito, mas ainda de maneira lenta. “Há um processo de desalavancagem das empresas e das famílias, mas esperamos um crescimento (do crédito) modesto para este ano, na ordem de 1% a 2%” afirmou Murilo Portugal. Ele citou ainda o aumento do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre – alta de 1% no período, após dois anos de resultado negativo. “Houve um aumento da incerteza, mas ela não está afetando a economia real até o momento” assegurou.

Motéis para namorados

          A equipe de fiscalização do Procon de Alagoas, iniciou esta semana uma visita aos motéis da capital alagoano, para verificar as condições de funcionamento e de higiene dos estabelecimentos. Serão exigidas as regras de funcionamento como tabela de preços na entrada, gratuidade de dois preservativos, produtos dentro da validade estabelecida, Código de Defesa do Consumidor em local visível, formas de pagamento especificadas e condições de higiene adequadas. O trabalho visa proporcionar aos namorados momentos de lazer e de prazer na comemoração pelo seu dia.

O prejuízo da Uber

         O aplicativo Uber registrou um prejuízo de US$ 708 milhões no primeiro trimestre deste ano, um pouco menos que os US$ 991 milhões do mesmo período do ano passado. O faturamento cresceu para US$ 3,4 bilhões no período, um aumento de 18% em relação a 2016. Com sede na cidade americana de San Francisco, a companhia emitiu uma nota otimista dizendo que “a redução de nossas perdas no primeiro trimestre nos coloca numa boa trajetória rumo à lucratividade”.

 

 

  • O Conselho que administra o Fecoep (Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza) decidiu que serão adquiridas 130 ambulâncias para serem distribuídas com os 102 municípios alagoanos.
  • Também foi aprovado o pagamento do aluguel social para as famílias do Vale do Reginaldo, em Maceió, e das famílias que ficaram desabrigadas com as recentes chuvas.
  • Os integrantes do Conselho justificaram a decisão com base da necessidade de transporte seguro, garantindo ainda o acesso a direitos socioassistenciais.
  • O pagamento do aluguel social será destinado ás famílias que serão remanejadas no Vale do Reginaldo, para a realização da obra do “Projeto Integrado do Reginaldo” e às famílias de baixa renda residentes em assentamentos precários, em áreas de risco, moradias insalubres e desabrigados pelas chuvas.
  • As solicitações foram encaminhadas ao Conselho pelas Secretarias de Estado da Saúde e da Infraestrutura.