Roberto Baia

31 de maio de 2017

Enfim, o diálogo

enfim o dialogo 600x300 c - Enfim, o diálogo

Acabou o clima de animosidade entre o prefeito Rogério Teófilo e os vereadores arapiraquenses que, finalmente, abriram um diálogo importantíssimo que será de fundamental importância para os Poderes Executivo e Legislativo.

Segundo a presidente da Câmara Municipal, Professora Graça Lisboa, a reunião aconteceu na terça-feira e marcou um novo momento na política arapiraquense que trará enormes benefícios para a comunidade.

 

Conversa proveitosa

“Sentamos na mesma mesa, tiramos nossas dúvidas e o prefeito se colocou a disposição dos vereadores, pedindo para que acompanhassem o seu governo. Foi uma conversa proveitosa em prol da cidade de Arapiraca”, disse Graça Lisboa.

 

Traipu

O prefeito de Traipu, Eduardo Tavares, por meio do Decreto nº 20, de 29 de maio de 2017, regulamentou, na segunda-feira, 29, a Lei de Acesso à Informação – Lei 12.527, de 18 de Novembro de 2011 –, conforme previsto na Lei Federal 12.527, de 18 de Novembro de 2011, e deliberou pela criação de um Conselho Gestor. Com estes atos, Eduardo Tavares reafirma seu compromisso com a transparência no âmbito da administração do município.

 

 Transparência

“A regulamentação da lei de acesso à transparência, através de decreto, e a criação do Conselho Gestor serão ferramentas importantíssimas que a sociedade passará a dispor para acompanhar o desenvolvimento do serviço público com mais facilidade”, explica Tavares.

Qualquer pessoa poderá ter acesso ao Decreto nº 20. Para isso, basta acessar o site da Prefeitura de Traipu (www.traipu.al.gov.br) em um link referente à Legislação.

 

 

Cópia do Decreto

Os interessados também poderão solicitar uma cópia do Decreto. É só ir ao site e pedir junto ao Sistema Eletrônico de Informação ao Cidadão – e-SIC – uma cópia que será encaminhada para o e-mail em que foi realizado o pedido.

O objetivo é fazer com que nenhuma informação seja negada a qualquer cidadão. “Transparência, eficiência e responsabilidade são algum dos pilares da administração na atual quadra da gestão pública em Traipu”, frisa Eduardo Tavares.

 

Contas bancárias

A partir de agora, a Prefeitura de Traipu tem outro objetivo: irá trabalhar para que todas as contas bancárias pertencentes ao município possam ser acessadas por qualquer pessoa, em tempo real.

O prefeito Eduardo Tavares também deliberou pela criação do Código de Ética do Servidor Público. Através dele, qualquer agente público e/ou político terá noções sobre como respeitar à coisa pública, às pessoas e a municipalidade.

 

Palmeira dos Índios

Com Ascom – A Prefeitura de Palmeira dos Índios continua em alerta máximo e pede a solidariedade de todos para ajudar as famílias desabrigadas. As áreas críticas estão sendo acompanhadas e monitoradas, e as equipes da prefeitura trabalham intensamente na limpeza e desobstrução de rodovias vicinais nas zonas urbana e rural do município. Ontem (29), por volta das 23 h, o tráfego nas vias de acesso ao Povoado Candará foi liberado.

 

Ladeira da Ribeira

O trecho da ladeira da Ribeira, que dá acesso aos povoados Cedro, Mata Verde e Tabacaria também foi desobstruído. Ele estava inacessível, e com muita dificuldade, mas o trânsito no local foi restabelecido. Outro acesso que impõe muito cuidado, e tem tornado o trabalho das equipes difícil, é o da Serra do Muro. A pista está sendo monitorada 24 h por dia, com limpeza e manutenção, por causa dos deslizamentos de terra, caída de árvores e de pedras. 

 

Sangria dos Açudes

 

O prefeito Júlio Cezar pede atenção e cuidado a quem for trafegar por esses locais. “Ontem, também vistoriamos a Serra do Chorador, que só tem acesso agora pela Serra da Mandioca porque as estradas, para quem vem por Paulo Jacinto e Mar Vermelho, estão isoladas desde as suas divisas. A sangria dos açudes também está causando o rompimento dessas estradas.

Compreensão

Pedimos a compreensão de todos, mas estamos trabalhando intensamente para contornar esses transtornos. Pedimos, também, que quem puder ajude às famílias que ficaram desabrigadas, com a doação de mantimentos e agasalhos. A prefeitura também está engajada nesta ação”, disse o prefeito.

 

Plano de Ação

O prazo para gestores municipais preencherem o Plano de Ação do Sistema Único de Assistência Social de 2017 se encerra na próxima sexta-feira (2). Até o momento dos 102 municípios alagoanos, apenas 45 finalizaram o envio das informações eletronicamente. Após o prazo final, o Conselho de Assistência Social do Estado e dos Municípios têm um mês para avaliar as propostas e enviar o parecer.          

 

… O Plano de Ação é um instrumento de gestão, uma vez que nele consta o planejamento anual de como os estados e municípios irão utilizar os recursos repassados pelo Governo Federal, que, por meio dele, tem o controle de como a verba está sendo investida.

 

… O secretário Fernando Pereira explica que as informações contidas nele garantem o repasse do cofinanciamento do governo federal para as ações socioassistenciais dos municípios.

 

… “O Plano é um critério para a transferência de recursos federais aos municípios e deve ser elaborado a partir das demandas locais, deve pautar ainda as necessidades e capacidades do município. Recomenda-se ainda a utilização do Cadastro Único como fonte de informação, uma vez que esse possibilita uma visão geral das demandas sociais da comunidade”, completou.